Cuide destes 5 fatores para manter a vida saudável no isolamento

Jose Costa, 01 de Junho, 2020

Se prevenir contra a COVID-19 não deve ser motivo para descuidar de outros pilares.

 

Diante do isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, muita gente tem partido para o bom humor com memes que brincam com o fato de que ficar em casa em quarentena aumenta nossa ansiedade, e consequentemente, a fome. Além disso, é fácil notar que a prática de atividades físicas, como caminhada e academia, está mais difícil.

 

Neste momento, descuidar da saúde fará com que a COVID-19 não seja o único problema que vai gerar preocupação. A mudança brusca no estilo de vida pode trazer doenças oportunistas e crônicas, por isso é importante o alerta sobre os cinco pilares do bem-estar para uma vida saudável: hábito alimentar, atividade física, controle do estresse, sono e espiritualidade.

 

Uma vida saudável não se resume apenas à ausência de doenças, mas um sentido mais global que envolve o bem-estar do ser humano. Neste momento crítico, a sobrecarga de informações, junto ao medo e à sensação de impotência, impossibilita que consigamos tomar o devido cuidado com a mente, e isto afeta todo o resto.

 

Entenda a importância de cada um destes pilares:

 

Hábito alimentar

Fortalecer o sistema imunológico em um período como este é mais do que necessário, e uma alimentação saudável é capaz de prevenir e até mesmo reverter doenças. Tenha uma dieta variada e rica em alimentos como frutas, legumes, verduras e grãos, evitando alimentos processados, com muita gordura e açúcar.

Além de reforçar o sistema imunológico, isso impede a ingestão de calorias em excesso enquanto a pessoa está impossibilitada de voltar a sua rotina normal.

 

Atividade física

É possível manter o corpo ativo durante um período de quarentena. Embora a carga e intensidade sejam amplamente reduzidas, isso não é prejudicial e nem fará o seu corpo se desacostumar com o que vem executando até agora nas academias. Faça flexões, agachamentos, abdominais e improvise halteres com objetos em casa.

A internet possui diversos tutoriais sobre como se exercitar sem ir a uma academia. Isso ajuda a manter o peso e libera substâncias benéficas ao cérebro que comprovadamente diminuem os efeitos da ansiedade.

 

Controle do estresse

Há quem diga que é impossível viver uma vida sem o estresse. Em partes, é verdade. No entanto, o importante é ter essa consciência e tentar controlá-lo. Quando o estresse se torna crônico, ou seja, quando a pessoa estressada se torna incapaz de retornar a sua estabilidade emocional inicial, ela acaba chegando esgotamento (burnout).

Isso desencadeia diversas doenças psicossomáticas como gastrite, colite, síndrome do pânico, diarreia, dores musculares e uma lista enorme de outras manifestações físicas.

 

Sono

A privação do sono também é um dos fatores responsáveis pela mudança brusca de estilo de vida, acarretando em problemas que afetam os hormônios responsáveis por regular a fome, fazendo com que ela surja de forma mais exagerada do que o comum.

É durante o sono que refazemos toda a bioquímica celular do nosso corpo. Por isso, é importante priorizar a hora de dormir, buscando alcançar um tempo de aproximadamente 7h30 de sono para o corpo conseguir completar todos os processos durante as 6 fases.

 

Espiritualidade

A espiritualidade também deve ser priorizada. Isso nada tem a ver com crenças pessoais ou religião, mas com uma ligação do indivíduo para consigo mesmo, com seus familiares, amigos e com o universo. Meditação, ioga e mindfulness são algumas das práticas que oferecem essa ligação íntima ao indivíduo

 

Fonte: https://www.minhavida.com.br/alimentacao/materias/36332-cuide-destes-5-fatores-para-manter-a-vida-saudavel-no-isolamento - Escrito por Filippo Pedrinola - Por Olga Strelnikova/Shutterstock

O que você está buscando?