Bolsonaro acerta sobre Macron e PT erra com chapa “puro sangue” para 22

Habacuque, 03 de Janeiro, 2020 - Atualizado em 03 de Janeiro, 2020

Os críticos do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) que me perdoem, mas ele está certíssimo em cobrar uma posição pública do presidente francês, Emmnauel Macron sobre as queimadas que estão ocorrendo na Austrália. Aquele País do outro lado do globo vem sofrendo com fortes e contínuos incêndios florestais, assim como o Brasil sofreu ao longo de 2019, sobretudo na região Amazônica. O “mimimi” de crise diplomática à época ganhou todos os noticiários do País, da América Latina e de outras partes do mundo.

Havia toda uma preocupação com os “pulmões do Mundo”, fazendo o presidente francês a cometer uma “gafe” histórica, ao postar nas redes sociais uma foto antiga de focos de incêndio na Amazônia para desgastar o governo brasileiro atual. Meses depois, diante de tanto sofrimento na Austrália, o francês sequer emitiu um “sopro” para convocar os países do G7 para discutirem o assunto. Por que? Macron estava realmente preocupado com o meio ambiente ou em criar um fato político contra o presidente brasileiro?

Bolsonaro, diga-se de passagem, pode ser um “cavalo batizado” para muitos e alguém sem “papas na língua”, mas justiça seja feita, ele acertou quando em uma live transmitidas nas redes sociais, na noite dessa quinta-feira (2), ele provocou Macron, questionando um posicionamento público do francês, também preocupado com o Meio Ambiente diante dos incêndios “devastadores” da Austrália. É sim uma provocação de Bolsonaro, mas de quem começa a reverter um quadro desfavorável na economia, que já tem indicativos que vai reagir positivamente em 2020.

O presidente brasileiro resistiu a todas as críticas e agora cobra publicamente o mesmo “envolvimento” do francês com a Austrália. Não custa lembrar que Macron tentou jogá-lo contra o Mercosul e a União Europeia, e findou sem sucesso, sem encontrar ressonância com os demais líderes do G7. Em um momento favorável, Bolsonaro inicia 2020 olhando para frente e diante de uma oposição que continua errando sucessivamente. Também nessa quinta-feira o vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira, confirmou uma chapa “puro sangue” para 2022.

O dirigente petista citou os nomes do ex-presidente Lula (condenado e inelegível), do presidenciável Fernando Haddad e confirmou o governador do Maranhão, Flávio Dino, na chapa majoritária (para presidente ou vice). Ou seja, neste contesto, ou Haddad disputará novamente a presidência com Dino ao seu lado (tese mais provável) ou o governador nordestino será a alternativa antes o paulista que comporia a chapa. Um erro gritante do PT que vem perdendo militância nos últimos anos e, com essa antecipação, praticamente afasta outros partidos que têm projetos nacionais.

Com uma chapa “puro sangue”, o PT já afasta de imediato o PDT do “eterno” presidenciável Ciro Gomes que, se for para a disputa mais uma vez, diante de um cenário “polarizado”, corre o risco de continuar fora de um provável 2º turno. Outros partidos de oposição também não apresentam grandes alternativas. O único nome de projeção nacional propagado é o do apresentador Luciano Huck, que ainda não se decidiu neste sentido. Bom para Bolsonaro, que controlou o “incêndio” na Amazônia e agora “toca fogo” na oposição, que parece não saber combatê-lo...

 

Veja essa!

Não é segredo para ninguém que o nome mais forte na atualidade para confrontar o prefeito Edvaldo Nogueira (ainda PCdoB), que buscará a reeleição em Aracaju, é o deputado e radialista Gilmar Carvalho (ainda PSC). O “Cancão” ainda é o nome “mais popular” entre os que fazem oposição ao gestor e que realmente possui “votos” nas periferias da capital.

 

E essa!

Também é verdade que, diante do crescimento e da força de Gilmar Carvalho, “forças ocultas” em Sergipe há algum tempo estão “operando” para ele não crescer junto ao eleitorado. Nos bastidores alguns políticos confessam que não confiam em Gilmar. Resta saber qual a opinião do povão...

 

Edvaldo & Fábio

Tudo estaria sendo “costurado” pelo deputado federal Fábio Mitidieri para que o prefeito Edvaldo Nogueira se filie ao PDT em entendimento com o também deputado Fábio Henrique, que confirmou para este colunista no semanário CINFORM que sua pré-candidatura a prefeito de Socorro está 70% confirmada. Vem uma “dobradinha” na Grande Aracaju?

 

Maria da Taiçoca

Fábio Henrique não confirma, mas a informação é que via Fábio Mitidieri, a vereadora Maria da Taiçoca seria o nome para compor a chapa de prefeito em Socorro como pré-candidata à vice em 2020. Há quem diga que as conversas neste sentido estão bem avançadas e a aliança está praticamente consolidada.

 

Zé Franco

O ex-prefeito Zé Franco está muito animado com os recentes levantamentos divulgados em Socorro. Seu nome continua “vivíssimo” no município, mas cauteloso ele não anuncia nada, por enquanto. Há quem aposte que seu filho, Manelito Franco, será candidato a vice na chapa encabeçada pelo prefeito Padre Inaldo (PP). Nesse caso a “costura” seria do deputado Laércio Oliveira...

 

Doutor Samuel

Eleito deputado estadual criou-se muita expectativa sobre o nome de Doutor Samuel (Cidadania) para a eleição em Socorro. Ele já foi bem votado em outra eleição anterior e tem dedicado muito de seu mandato ao município da Grande Aracaju. Mas o estilo político “isolado” do senador Alessandro Vieira pode comprometer seu projeto para Socorro. Política se vence somando...

 

Almeida na fita

Este colunista colocou aqui neste espaço, recentemente, sobre a pré-candidatura de Almeida Lima (PV) para prefeito de Aracaju em 2020 e não foi bem compreendido. E explica: em recente almoço que ofereceu para um grupo de jornalistas em sua casa, Almeida mais do que confirmou seu projeto e disse que vai disputar a PMA, com ou sem alianças políticas. Vai transmitir sua mensagem para o povo.

 

Bomba!

Chega a informação que, a qualquer momento, pode estourar um “fato suspeito” envolvendo o Banco do Estado de Sergipe (Banese), que tem o dever de auditar o Clube do Banese, já que tem verba do Banco no Clube, mas durante toda a sua gestão, até o fechamento desta coluna, o presidente Fernando Mota não fez uma auditoria se quer no Clube. Soubemos que o caso já foi denunciado e por isso foi aberta uma sindicância interna. 

 

Exclusiva!

Estranhamente o chefe da inspetoria do Banese recebeu título de  cidadão Aracajuano sugerido por quem deveria passar pela tal auditoria, o vereador Américo de Deus, presidente do Clube na época. O governador Belivaldo Chagas (PSD) precisa “abrir do olho” porque essa “premiação” concedida pela Câmara Municipal de Aracaju ainda pode render “capítulos emocionantes”...

 

Entenda

Apesar de legal a iniciativa do vereador em conceder a Cidadania Aracajuana, essa relação pessoal entre o auditor e o auditável é algo proibido pelas normas internacionais e tudo isso bem embaixo dos olhos do presidente do Banese! Não custa lembrar que Américo foi presidente do Clube e deveria ter sido auditado ou não? E se foi auditado, o parlamentar possui a documentação sobre a auditoria do Banco?

 

Alô Banese!

Como perguntar não ofende, existe alguma auditoria feita pelo Banese nos últimos 8 anos? Outra informação é que já existe uma auditoria externa em pleno vapor e “coisas estranhas” estariam sendo detectadas. Alguns desses “dados” já estariam sendo encaminhadas para a análise do Banco Central, Ministério Público Federal e da própria Polícia Federal. Sei não...

 

Feiras Livres

O ex-vereador de Aracaju Bertulino Menezes denuncia, nas redes sociais, a qualidade das bancas e lonas que estavam armadas, nessa quinta-feira (2), para a tradicional feira livre do CARRO QUEBRADO, que acontece às sextas-feiras no bairro Suissa. “Houve licitação, a empresa vencedora já foi anunciada e até agora não deram a Ordem de Serviço. A ‘bagaçada’ continua na Cidade”.

 

Alô MPE!

Em artigo publicado, Bertulino que é empresário do ramo e também é jornalista, questiona: “Onde está o respeito ao acordo firmado com o Ministério Público dessa cidade? Como ficam os prazos dados para o resfriamento das carnes e produtos perecíveis nas feiras livres?”, questiona.

 

Bertulino Menezes

“Ordem de serviço é pra ser cumprida, caramba! Não era assim comigo? Ou agora prevalecem a conveniência e as condições da firma ganhadora da concorrência? Fica evidente, agora, o esquema corrupto que tinha a intenção única de afastar a Eco Feiras Empreendimentos desse setor do comércio em nossa cidade”, desabafa Bertulino, que atuou durante 22 anos no ramo e foi afastado, pouco a pouco, pela Emsurb, que fez a licitação e, por enquanto, “terceiriza” a prestação do serviço, mantendo muitas feiras na condição de clandestinidade. 

 

IPTU reajustado

O vereador Elber Batalha (PSB) lamenta que o ano de 2020 tenha iniciado com uma “péssima” notícia para o contribuinte aracajuano: o prefeito Edvaldo Nogueira empurrou mais um reajuste do IPTU para a população! “Se você ainda não recebeu o seu carnê de IPTU fique preparado para um aumento em torno 8% no valor do imposto”, anuncia.

 

Elber Batalha

“Conseguimos derrubar na justiça em Sergipe essa cobrança abusiva, mas Edvaldo Nogueira recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender essa decisão. Com isso, ele vai cobrar por mais um ano um IPTU extremamente abusivo em Aracaju”, reclama o vereador de Aracaju.

 

Redutores

O empresário Joaquim Nascimento cobra da Prefeitura de Aracaju a colocação de redutores de velocidade no Conjunto Augusto Franco, mais precisamente na Avendia Caçula Barreto (Canal 3). “A canal foi coberta e isso trouxe mais qualidade de vida à região, mas alguns condutores de veículos não aproveitam esse benefício e se excedem na velocidade. A gente apela à PMA pela colocação de redutores para diminuir os registros de acidentes e colisões de veículos”.

 

Max de Zé Toinho

Em entrevista ao jornalista Aparecido Santana, do Portal 93 Notícias, o engenheiro José Carlos Machado não poupou elogios ao vereador Max de Zé de Toinho (DEM) de Ribeirópolis. “É um dos excelentes quadros que o partido conta. Eu até brinco com ele, ouse mais, trabalhe mais o nome do partido. É por que a responsabilidade que eu coloquei sobre seus ombros, ele fica um pouco assustado”.

 

Odson Monteiro

Pré-candidato a vereador de Lagarto, Ódson Monteiro, condenou a aposentadoria do deputado federal lagartense, Gustinho Ribeiro (SD). “É, no mínimo, contraditório! No momento em que o País está discutindo a Reforma da Previdência, quando as pessoas vão trabalhar ainda mais tempo, o deputado sergipano requereu sua aposentadoria aos 37 anos por ter exercido dois mandatos de deputado estadual. A população precisa acordar e reagir. Vamos dar a resposta a ele em 2020”.

 

Edvaldo Nogueira I

Este colunista ainda não verificou o levantamento feito pelo portal G1, mas não vai omitir a informação: o prefeito Edvaldo Nogueira – segundo o Portal da Rede Globo – dos 55 compromissos assumidos em 2016, o gestor da capital teria honrado 41% deles, após três anos de mandato. A média nacional foi de 39% e a PMA anuncia que Edvaldo é o primeiro entre os gestores municipais do Nordeste.

 

Edvaldo Nogueira II

 “É motivo de grande satisfação ver que mantivemos a primeira colocação neste ranking do G1. Desde o primeiro ano do governo, trabalhamos incansavelmente a partir daquilo que nos comprometemos com os aracajuanos. Elaboramos um Planejamento Estratégico extremamente coerente com o que falamos na campanha e temos atuado a partir disso. O resultado está colocado neste levantamento do portal da Rede Globo, mas, principalmente, na vida da nossa cidade”, afirmou Edvaldo.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

O que você está buscando?