Edvaldo acerta com “reajuste zero” e Setransp tem que reformar os terminais!

Habacuque, 03 de Março, 2020 - Atualizado em 03 de Março, 2020

Este colunista costuma cobrar do prefeito de Aracaju, mas o anúncio feito por Edvaldo Nogueira (sem partido) de não reajustar o valor da tarifa do transporte coletivo foi bastante positivo, sobretudo para os usuários deste serviço. Dizer que a medida é “eleitoreira” não é a melhor alternativa, até porque estamos acostumados a ver o povão ser sempre a “última opção” e, se vai ter algum benefício eleitoral, o prefeito pelo menos está “suavizando” o bolso dos trabalhadores e isso não tem como ser negado.

Nos últimos anos o Setransp (sindicato que representa as empresas de ônibus) acostumou-se a fazer uma espécie de “moeda de troca”: diante das dificuldades financeiras que a gestão de Edvaldo Nogueira alegava ter, o Sindicato praticamente “assumiu” a responsabilidade financeira para custear o réveillon na Orla de Atalaia. É evidente que toda aquela estrutura, que todo aquele investimento tem um custo e alguém iria pagar a conta. Meses depois ao evento sempre vinha o reajuste da passagem.

Era mais ou menos assim: o Setransp “tocava” financeiramente, o prefeito “cantava” aos quatro cantos e a população usuária do transporte coletivo sempre “dançava” no final. Para ser justo, algumas empresas investiram na renovação da frota, que é necessária, mas deveria ser obrigatória. Agora o que não se pode esconder é a baixa mobilidade urbana que ainda prejudica – e muito – o setor, como também uma cobrança antiga, em especial dos rodoviários: mesmo com reajustes anuais, nem a Prefeitura de Aracaju e muito menos o Setransp promoveram a reforma dos terminais de integração.

Estamos ainda no verão, mas nos meses chuvosos alguns terminais ficam praticamente impraticáveis, onde rodoviários, comerciantes e usuários sofrem com goteiras e infiltrações, sem contar a falta de segurança e assentos de qualidade. Tanto a PMA quanto o Setransp, nesse aspecto (terminais) não se preocuparam com os mais pobres, com quem precisava de um serviço de qualidade. Falar agora em “investimentos previstos comprometidos” é algo que não cola!

Este colunista respeita todos os empreendedores sergipanos, e também não está preocupado em escrever aqui para “ganhar prêmios” ou “afagar egos”! O papel social deste espaço é informar, é defender os interesses da coletividade, sobretudo do “povão” que raramente tem vez e voz! Uma dica para o Setransp: além de renovar a frota, tenha uma atenção maior aos terminais de integração e respeite os rodoviários, pagando em dia e oferecendo melhores condições de trabalho. Feito isso, em 2021, a gente “celebra” no próximo réveillon e ajuda a cobrar um reajuste justo na tarifa...

 

Outro lado

Em nota pública, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) lamenta o posicionamento da Prefeitura de Aracaju através das redes sociais, de que não haverá reajuste tarifário para o serviço de transporte público coletivo.

 

Setransp I

“Como todos os anos, a planilha tarifária, que informa os custos do serviço, foi enviada ao órgão gestor conforme diretrizes da Lei Municipal de Aracaju 1.761/91, que regulamenta a tarifa de ônibus. São considerados na planilha todos os itens que implicam na tarifa – como combustível, mão-de-obra, peças, impostos, etc – e seus respectivos reajustes anuais”, lamenta o sindicato em nota.

 

Setransp II

“Em contrapartida, também é destacada a queda de 31% do número de passageiros pagantes, nos últimos cinco anos, e o acréscimo em 80% do número de gratuidades no mesmo período. Ou seja, para que haja sustentação do sistema de transporte é necessário o equilíbrio entre o número de passageiros pagantes e o custo para prestação do serviço, isso equiparado com uma tarifa que seja acessível à população, mas também garanta a sustentabilidade do setor do transporte”, acrescenta a nota.

 

Consequências

Por fim, o Setransp coloca em nota que “com todos os custos sofrendo aumentos anuais e a tarifa congelada, o sistema de transporte público coletivo corre o risco de sofrer as consequências de um desequilíbrio financeiro, impossibilitando investimentos necessários no serviço”. Feito o registro!

 

Veja essa!

Há algum tempo este colunista vem alertando sobre “fatos estranhos” que ocorrem na Fundação Renascer. A mais nova informação é que setores do Ministério Público e do DEOTAP estão de olhos bem abertos para a diretora administrativo-financeira da Fundação. Os desmandos são contínuos e Wellington Mangueira, um homem com uma grande história de vida, pode ser penalizado por confiar demais. Uma pena...

 

E essa!

O “desmantelo” da moça é tão grande que ninguém da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho a quer por perto. Já se fala até na saída de Wellington Mangueira por causa disso. Quando é para ela representar o presidente da Fundação é um “deus nos acuda” porque nem as mais prestigiadas autoridades se sentem confortáveis com sua presença, Que coisa!

 

Escolas cívico-militares I

A opção feita pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) de não aderir ao projeto do governo Jair Bolsonaro (sem partido) para implementar escolas cívico-militares em Sergipe foi criticada pelo deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania). Na sexta-feira (28), o presidente da República propagou em suas redes sociais os Estados e municípios que aderiram à iniciativa. Sergipe é uma das seis unidades da Federação que não contarão com nenhuma dessas escolas.

 

Escolas cívico-militares II

Para Georgeo Passos o governador deveria pensar em todos os sergipanos, e não apenas nos que possuem um direcionamento político mais para a “Esquerda”. O deputado avalia que Belivaldo “foi eleito para ser o governador de todos e não apenas do seu eleitorado”. Após a publicação de Bolsonaro, alguns sergipanos questionaram ao presidente da República nas redes sociais, demonstrando desconhecimento sobre a decisão do governador de não aderir ao projeto.

 

Entenda

Chamadas de escolas cívico-militares pelo Ministério da Educação (MEC), o modelo prevê a atuação de militares da reserva (policias, bombeiros ou membros das Forças Armadas) na administração dessas unidades. A previsão inicial era de um investimento da ordem de R$ 54 milhões em 2020 para a implementação do projeto-piloto em 54 escolas. Cada unidade receberá R$ 1 milhão para adequações de infraestrutura e pagamento de pessoal.

 

Georgeo Passos I

Em conversa com o portal Aju News, Georgeo Passos entende que existem sergipanos que gostariam de ver seus filhos matriculados nessas escolas e que o governador poderia ter, ao menos, expandindo essa consulta junto à população. “Foi uma decisão política! Na minha avaliação os sergipanos perderam sim uma boa oportunidade! Temos que respeitar as opiniões, inclusive divergindo. Não ter uma escola cívico-militar em Sergipe é uma oportunidade pedida apenas por capricho do governador e de sua equipe”, lamenta.

 

Georgeo Passos II

O parlamentar insiste na tese de que vivemos em um “País democrático”, que ninguém seria obrigado a se matricular nessas escolas e que a decisão se adere ou não ao projeto não deveria ficar restrita à vontade do governador ou prefeito “de plantão”. “Quem critica essas escolas, fala em orientação pedagógica para a direita, mas será que não temos isso em nossas universidades? Acho que na escola podemos discutir tudo, mas não apenas de um lado, nas apenas para a esquerda!”.

 

Georgeo Passos III

Por fim, Georgeo questionou se o presidente da República fosse Fernando Haddad (PT), qual seria o comportamento do governador sergipano. “E se (Fernando) Haddad propusesse um modelo de educação ao País, será que Belivaldo também não aderiria? Infelizmente o governador que deveria ser de todos os sergipanos agiu politicamente e não olhou para os cidadãos como um todo! Logo ele que tem projetos de mudar a educação sergipana? Veja os recentes conflitos com o Sintese! Agiu politicamente sim e uma parcela do Estado hoje lamenta e se sente prejudicada”.

 

Bomba!

Uma empresa sergipana, cuja razão social é J&C SANDES CONSTRUÇÃO E SERVIÇOS LTDA está na mira de um grupo de investigadores que costuma aparecer cedo nas residências do povo para “tomar um bom café da manhã”. Anotem este nome! Em breve novos “capítulos” de uma “novela” envolvendo órgãos públicos e servidores em cargos de comissão. Aguardem...

 

Traição em Siriri?

A “bomba” do interior sergipano é o rompimento político do ex-prefeito de Siriri, Valdomiro Santos, com o prefeito Zé Rosa. Valdomiro mandou sua filha (Daiane Santos) entregar o cargo de secretária de Saúde que vinha ocupando há três anos e anunciou que, além de não apoiar a reeleição do prefeito, confirmou a pré-candidatura de Daiane Santos para a prefeitura. Detalhe: a atual vice-prefeita, Zelina Santos, é esposa de Valdomiro e mãe da ex-secretária. Será que estão pensando no povo de Siriri ou em projetos pessoais? Vá entender...

 

Ibrain Monteiro

O deputado estadual Ibrain Monteiro (PSC) protocolou na Assembleia Legislativa uma indicação ao Governo do Estado no sentido que providencie estudos para elaboração e execução de projeto de reforma do prédio em que funciona o Comando do Corpo de Bombeiros de Sergipe, no município de Lagarto. “Esses bravos guerreiros merecem a estrutura necessária para desenvolverem suas atividades. Nosso apelo foi aprovado na Alese por unanimidade”, agradeceu o parlamentar.

 

Caos na Euclides

Moradores da região da Avenida Euclides Figueiredo, na zona Norte de Aracaju, reclamam que estão vivendo um verdadeiro “caos” e sem qualquer perspectiva de melhoria definitiva. A reclamação é que falta ao prefeito e à prefeitura mais clareza quanto às obras que estão sendo realizadas e que, diga-se de passagem, vêm se “arrastando” por muito tempo.

 

Recapeamento

Segundo os moradores da região o que vem acontecendo é o recapeamento de pouco mais de 1 km (rótula do Lamarão até a entrada da Soledade) e a reclamação se dá por conta das constantes interrupções das obras ou “operação tartaruga”.

 

Exclusiva!

Segundo um morador dos loteamentos do bairro Soledade “foram prometidas obras de calçamento, mas o que vem sendo feito é a utilização de resto de asfalto, fruto da fresagem de avenidas como Augusto Franco, Ivo do Prado e outras. A prefeitura não se pronuncia se irá, ao menos, colocar meio-fio pra delimitar a avenida. A gente não sabe se vai haver algum projeto urbanístico que possa valorizar a comunidade que sofre a tanto tempo”, reclama.

 

Perimetral Oeste

Outra reclamação dos moradores é que o prefeito anunciou um empréstimo de R$ 300 milhões junto ao BID para, dentre outras coisas, a construção da avenida perimetral Oeste. “Pelo jeito não passará de promessa, pois depois da liberação do dinheiro, a prefeitura se calou, atestando assim que obra bonita somente em bairros nobres da cidade”, completa o morador da região, que este colunista não tem autorização para identifica-lo.

 

Caso de Polícia I

Já passou do limite de bom senso a polêmica em torno das feiras livres de Aracaju. Uma licitação foi feita e anulada; outra licitação foi feita, uma empresa venceu cinco lotes e, até agora, a Emsurb só fala em iniciar os trabalhos no primeiro lote. Além de manter as demais na “clandestinidade”, há um nítido descumprimento do que está estabelecido no contrato e alguém terá que ser responsabilizado.

 

Caso de Polícia II

Não é de agora que este colunista vem alertando que tanto o Ministério Público Estadual quanto os demais órgãos fiscalizadores estão sendo manipulados (ou seria ludibriados) em uma situação que é um verdadeiro “caso de polícia”. Como Sergipe “é terra sem lei”, pelo visto aqui tudo pode, mas até onde se sabe, teve uma turma “independente” que levou o “lixo de Aracaju” para as instâncias criminais. Alguém duvida do que pode acontecer com as feiras? Cenas dos próximos capítulos...

 

Capitão Samuel I

O deputado estadual Capitão Samuel (PSC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde dessa segunda-feira (2), para comentar o acordo firmado no Estado do Ceará que encerrou a greve dos policiais miliares cearenses, que ficaram amotinados em cinco Batalhões da PM para reivindicar maiores salários e melhores condições de trabalho.

 

Capitão Samuel II

Sobre as divergências dos PMs sergipanos com o governo de Belivaldo Chagas (PSD), Capitão Samuel foi duro, dizendo que “vamos esperar outro Ceará para que aconteça alguma melhoria? Vamos deixar novamente pela vontade do gestor? Logo teremos soldados trabalhando por uma cesta básica!  Às vezes vejo críticas aos militares que, na folga fazem outras atividades. Tem que ainda diz que eles recebem extras!”.

 

Capitão Samuel III

O parlamentar disse que já passou a época do lema “marcha soldado, cabeça de papel” e enfatizou que em algum momento o militar se revolta com tanto descaso. “Esse soldado criticado, sai da sua casa, deixa a sua família, para proteger a família sergipana. No Ceará, por falta de diálogo, de negociação, eles chegaram àquela manifestação, tomando cinco quartéis! Finalizaram a greve com 250 processos abertos para expulsão”.

 

Na bronca

Capitão Samuel estendeu suas críticas aos deputados federais e senadores brasileiros. Disse que há um movimento no Congresso para proibir qualquer tipo de anistia administrativa para crimes militares. “Agora não aparece um parlamentar para defender um piso nacional para esses trabalhadores! O Judiciário e o Ministério Público também não podem fazer greve, mas eles têm quem cuide de suas remunerações. Precisou chegar o Capitão Jair Bolsonaro para dar um pouco de dignidade aqueles militares do Exército!”.

 

Valorização

“Um general ganha a metade do que ganha um juiz, mas a grande imprensa propaga que os militares do Ceará são bandidos! Agora não lembro de ter visto esta mesma mídia dizer que lá os soldados ganham dois salários mínimos para combater o crime organizado, arriscando a vida numa escala de 12 por 36, enfrentando os bandidos!”, completou o deputado, lembrando que em Sergipe houve redução de homicídios e assaltos à ônibus em 2019, mas não houve qualquer valorização salarial de quem ajudou a mudar o cenário. “Vi ministro do STF se metendo na greve do Ceará, mas não deu uma alternativa para o impasse”, concluiu.

 

Rodrigo Valadares I

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde dessa segunda-feira (2), para criticar a gestão do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (sem partido). Para o parlamentar, o chefe do Executivo Municipal não encontrou soluções eficientes para problemas crônicos na cidade, com a questão dos constantes alagamentos.

 

Rodrigo Valadares II

Durante seu discurso, Rodrigo fez a exposição de um vídeo que gravou no canal da Avenida Anízio Azevedo e Praça da Imprensa, no bairro 13 de Julho, no início do ano passado. “Quem me acompanha nas redes sociais, sabe que este vídeo não foi gravado agora. Foi o tema de um dos meus primeiros discursos aqui na Alese e, até agora, Edvaldo não encontrou uma solução para as enchentes”, criticou.

 

Alagamentos em Aracaju

Rodrigo lamentou que o vídeo continue “atual” e enfatizou sua linha de cobranças por mais saneamento básico, contra a taxa de esgoto e por soluções para os alagamentos e enchentes na capital em dias chuvosos. “A gente mostra o problema e nada muda! Edvaldo pegou um caminhão de dinheiro emprestado do governo federal, mas ele não escolheu obras verdadeiramente estruturantes. A prova é que os problemas persistem!”, pontuou.  

 

Maré de Março

Por fim, o parlamentar enfatizou que o prefeito foca em “obras visíveis” e deixa de fazer o básico, o saneamento, que geralmente poucas pessoas percebem. “Já vem aí a maré de Março! Depois chegam as chuvas de junho, julho e agosto e mais uma vez teremos uma cidade cheia de alagamentos. Edvaldo está em sua terceira passagem pela prefeitura. Infelizmente temos um prefeito preguiçoso e mentiroso”.

 

Alô São Lucas!

Chega a informação que a direção do Hospital São Lucas estaria orientando seus funcionários de usarem máscaras nas recepções para atendimento. A preocupação é de não assustar os pacientes que passam pela triagem. Agora os profissionais não podem usar os equipamentos de EPI? E se chegar ao hospital um paciente sob suspeita de infecção com o Corona Vírus? Com a palavra a direção da unidade...

 

Carcinicultura

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde dessa segunda-feira (2), questionou a exploração da carcinicultura na região do Baixo São Francisco. O petista citou uma audiência pública promovida pela manhã, no município de Propriá, pela 9ª Vara da Justiça Federal, com a participação do Ibama, Adema, Ministério Público Federal e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), além das pessoas que sobrevivem dessa prática.

 

Iran Barbosa I

Iran defende que os órgãos fiscalizadores “deem um freio” na exploração de camarão em todo o Estado e que só não quem não quer esse controle são aqueles que se beneficiam deste tipo de atividade. O petista também ressaltou que se trata de uma região bastante carente, cheia de bolsões de pobreza. “Não podemos permitir que os grandes grupos empresariais, vindos de fora, com o discurso de modernização e de empregabilidade, ocupem espaços de comunidades tradicionais”.

 

Iran Barbosa II

O deputado apresentou dois vídeos com militantes da causa e confessou que, em conversa com o Secretário de Agricultura, se mostrou surpreso com a liberação de determinadas atividades na região, mas que para o pequeno produtor há uma série de empecilhos e dificuldades. “Precisamos tomar cuidado porque queremos que a atividade de carcinicultura possa ajudar sim no desenvolvimento, mas não podemos entrar a exploração dessa forma”.

 

Zezinho Sobral I

Por sua vez, o líder do governo na Alese, deputado estadual Zezinho Sobral (Podemos), também abordou o tema e disse que Iran Barbosa tem razão quando se preocupa com o assunto e a região. Ele reconheceu que tem algumas dúvidas também, mas enfatizou que a exploração vem sendo feita em perímetros irrigados já utilizados, em áreas já existentes, sem que se avance para outras áreas.

 

Zezinho Sobral II

“Estive com o diretor e técnicos da Adema fazendo o licenciamento e eu defendi que o Estado dê essa assessoria aquelas pessoas, para que todos tivessem acesso às licenças. Essas pessoas não vêm para fazer a exploração, diretamente, mas para comercializar. Ali há a necessidade de uma fábrica de gelo e de um entreposto. São empreendedores quer estão buscando a construção desses equipamentos devido a necessidade com o desenvolvimento da região”, respondeu o governista.

 

Divergência

Por fim, Zezinho Sobral divergiu de Iran Barbosa explicando que conhece a região e que os empreendedores são todos de lá. “São moradores e parceleiros da região. As empresas que vêm de fora trazem os insumos. Vejo resultados bastante efetivos para o meio ambiente e eu não acredito que a Adema tenha licenciado viveiros em área de mangue. Também achei muito positiva a participação da UFS neta discussão, questionando o relatório”.

 

Dirceu em Aju

O ex-ministro José Dirceu, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT), está em Sergipe para fazer o lançamento do livro “Memórias - Volume I” e participar de uma plenária com a militância e dirigentes de movimentos sindicais e populares. Hoje (3) a agenda será em Aracaju, onde o ex-ministro participa de uma plenária para conversar sobre a conjuntura nacional com a militância do partido e dirigentes dos movimentos sindicais e populares do estado, às 16 horas, no auditório da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

 

Gás natural

Começou a valer a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o Gás Natural Veicular (GNV) de 18% para 12%. O decreto assinado pelo Governo de Sergipe visa estimular o aumento do consumo de GNV no estado e contribuir para redução de poluentes no ar. Diante na notícia, os taxistas passaram a comemorar e agradecer a mesa diretora da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), em especial ao deputado Adailton Martins (PSD), que apresentou a Indicação nº184/2019 solicitando a redução.

 

Adaílton Martins

De acordo com Adailton Martins, a medida beneficiará, além dos taxistas, todos os cidadãos por conta da diminuição da poluição. “O maior benefício do GNV é a economia e a proteção ao meio ambiente. Por apresentar grande economia, é considerado um combustível popular, em especial a profissionais que utilizam veículo como ferramenta de trabalho, o que é o caso dos taxistas”, justificou o parlamentar.

 

Maria Mendonça I

Projeto de Lei, de autoria da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) sugere a instituição do Prêmio Jovens Escritores nas Escolas Públicas do Estado de Sergipe. O objetivo, de acordo com a parlamentar, é fomentar o estímulo ao campo literário, bem como incentivar a formação acadêmica e cultural, priorizando sempre os temas de que tratem da cultura e da paz.

 

Maria Mendonça II

Maria justificou que o tema pode ser proposto pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, em todo o início do mês de abril. A premiação, explicou a deputada, pode ser em duas categorias: uma destinada aos alunos dos últimos anos do Ensino Fundamental; a segunda, voltada para estudantes do Ensino Médio. Após receber os temas, as instituições de ensino e os alunos, em parceria com os professores terão 60 dias para elaborar as suas dissertações, sem prejuízo do andamento normal dos dias letivos.

 

Janier Mota I

Na próxima terça-feira (10), às 9h, o Hospital São Luiz Gonzaga, em Itabaianinha, receberá novos equipamentos. A notícia foi dada pela Secretaria de Estado da Saúde, através da deputada estadual Janier Mota, que esteve presente em todas as etapas dessa aquisição, inclusive, também, através de emendas impositivas. Segundo a superintendente executiva da secretaria, Adriana Menezes, não será levado somente o aparelho de raio-x.

 

Janier Mota II

“Vamos conseguir levar também alguns monitores cardíacos e desfibriladores. Em breve, esperamos conseguir ainda mais equipamentos para a unidade”, pontuou Adriana. Para a deputada Janier Mota, é uma conquista mais do que necessária. “Nosso trabalho, enquanto representantes do povo, é justamente ouvir as demandas e lutar para que sejam conquistadas. Então, estou muito satisfeita em saber que esses aparelhos logo mais estarão à disposição do povo de Itabaianinha”, concluiu. 

 

Alô Malhada!

No final de semana foi realizada a Convenção do Diretório Municipal do PSB em Malhada dos Bois. Eleita para presidir o partido, a líder municipal e pré-candidata a prefeita Verônica Sena. “É o PSB apoiando a mulher em seus projetos de participação política”, propaga o ex-senador Valadares.

 

PSB I

Em nota pública, o Diretório do PSB em Aracaju reafirma a decisão de lançar candidatura própria à Prefeitura da capital nas eleições de outubro próximo. “Valadares Filho é o nosso pré-candidato que, publicamente, tem se manifestado disposto a enfrentar mais uma luta em favor dos aracajuanos”.

 

PSB II

“O seu preparo e conhecimento da realidade de nossa capital, a sua densidade eleitoral revelada nas várias eleições, seja para deputado federal, seja para cargos majoritários (prefeito e governador), quando obteve mais de 47% dos votos válidos em Aracaju, conquista naturalmente o direito de ser o nosso candidato, reunindo em torno de si todas as condições para vencer o pleito e executar a mudança que queremos para a nossa capital”, completa a nota o Diretório. 

 

Chapa competitiva

“No intuito de fortalecer esse projeto, inclusive apresentando uma chapa bastante competitiva de candidatos a vereador, estamos e continuaremos dialogando com vários partidos, lideranças e segmentos sociais, comprometidos com a mudança da nossa capital e do nosso estado, e que fazem oposição ao governo do Estado e ao governo do município de Aracaju”, completa a nota o Diretório do PSB. 

 

Eleições 2020

No sábado (29) houve uma reunião com o presidente estadual do DEM, José Carlos Machado; o ex-vereador Jaílton Santana; Adriano Cabral do Avante; e o presidente do Patriota, Uezer Marquez. No encontro discutiu-se muito sobre as próximas eleições, sobre as possíveis alianças para a majoritária (prefeito e vice) e alternativas para as chapas de candidatos a vereador.

 

Adriano para vice

Na oportunidade, o DEM, que tem a delegada Georgelize Teles como pré-candidata a prefeita de Aracaju, convidou o Avante para indicar o pré-candidato a vice, que pode ser Adriano Cabral, que é um jovem empresário que tem serviços prestados no setor de Transporte Público e que defende como “bandeira” a manutenção do Transporte Metropolitano de Aracaju.

 

Mulher na Política I

A OAB/SE, o TRE/SE e a ALESE promoverão no próximo dia 09, no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral, o evento “Mulheres na  Política: viabilizando candidaturas”, que visa fortalecer candidaturas femininas na campanha eleitoral de 2020 e, assim, diminuir a discrepância no número de mulheres que atuam nas Câmaras de Vereadores, frente a quantidade de homens.

 

Mulher na Política II

Várias palestras serão ministradas com foco na legislação eleitoral. São palestrantes a magistrada Dauquíria de Melo Ferreira (Pré-campanha e propaganda eleitoral), a advogada e membro titular da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/SE, Ana Maria de Menezes (processo de Registro de Candidatura e seus desdobramentos); a servidora do TRE/SE, Glória Graziele (Partidos Políticos e Sufragismo Feminino); e a procuradora do MPF, Eunice Dantas (Prestação de Contas e Candidaturas Laranjas).

 

Ana Maria de Menezes

Representando a Comissão de Direito Eleitoral da OAB e palestrando sobre processo de Registro de Candidatura e seus desdobramentos, Ana Maria de Menezes possui pós-graduação em Direito Constitucional pela Escola Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (Ejuse) e faz especialização em Direito Eleitoral no Instituto de Direito Público de Brasília/DF (IDP). Em sua experiência profissional acumulou grande expertise em prestação de contas eleitoral e partidária com 20 anos de atuação, coordenando campanha de Partidos e de todos os cargos políticos. Foi Técnica legislativa do Senado Federal de 1998-2018.

 

Consulta Pública na UFS

Discutindo o presente e o futuro da Universidade Federal de Sergipe, por meio de um processo democrático, as entidades representativas de docentes (ADUFS), técnico-administrativos (SINTUFS), estudantes (DCE e AAU) e aposentados (ASAP) estão organizando, desde o final do ano passado, a Consulta Pública para a Reitoria e Vice da UFS. Quatro chapas participam do pleito.

 

Chapas

Chapa 1 “Uma UFS Diferente: Gestão Integrada com Tecnologia” (David Soares e Lucas Gonçalves); Chapa 2 “Renasce UFS: Plural, Segura e de Qualidade” (Denise Leal e José Aderval); Chapa 3 “Universidade Necessária com Autonomia e Participação” (Vera Núbia e Silvana Bretas); Chapa 4 “Por uma UFS inovadora, Democrática e mais Humana”. (André Maurício e Rozana Rivas)

 

Debates

Com o objetivo de fortalecer a autonomia universitária e promover a participação dos diferentes segmentos que integram a UFS, a Consulta Pública, regida por um regulamento aprovado e consolidado em Assembleias Gerais Universitárias, prioriza a discussão de ideias e propostas. Nesse sentido, dois debates entre as chapas já foram realizados, ambos no dia 19 de fevereiro, sendo um no Campus de Laranjeiras e outro no Campus de Itabaiana, com ampla participação de professoras/es, técnico-administrativos e estudantes dos dois campi.

 

Fábio Mitidieri

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) destinou emenda parlamentar para o município de Boquim, no valor de R$ 300 mil. A cidade receberá o projeto Espaço 4.0, do Governo Federal, para melhorar a vida da juventude da cidade. Esses são espaços que promovem o protagonismo da juventude por meio de capacitação profissional, acesso ao conhecimento e desenvolvimento de habilidades. “Nossa juventude precisa de cuidados e, mais do que tudo, de incentivos”, destaca Mitidieri. 

 

“Hakuna Matata”

Após inúmeras montagens de grande sucesso, a Cia. de Teatro Carlos Moreira retoma os clássicos e vai apresentar ao público sergipano “Hakuna Matata – O Musical”, sua mais nova superprodução, uma adaptação teatral baseada na fábula de Shakespeare. O espetáculo será levado ao palco do Teatro Tobias Barreto no dia 14 de março, às 17 horas. Serão 13 atores em cena, com 12 cenários, figurinos e coreografia impecáveis para encher os olhos dos espectadores nessa produção que vai abordar temas importantes, como a superação de desafios e a importância de não deixar que a culpa e o medo nos dominem.

 

Ingressos

Os ingressos serão vendidos, a partir do dia 4 de março, na bilheteria do teatro (apenas em espécie) e no Cabelo Club (também aceita cartão), ao valor de R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira). Mas quem garantir a compra antecipada, até o dia 13 de março, pode adquirir o combo família por R$ 60 (três ingressos). Crianças até dois anos de idade não pagam ingresso. Estudantes, idosos (acima de 60 anos), professores, pessoas com deficiência e jovens inscritos no E-social, desde que comprovado, e artistas sindicalizados têm direito à meia-entrada.

 

Encontro Estadual

No dia 10 de março acontecerá no auditório da Reitoria da UFS o “Encontro Estadual ODS”, que tem como objetivo geral implementar os “ODS” (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) nas organizações, socializar, preparar e municipalizar os ODS no Estado de Sergipe, materializando o sonho de uma sociedade mais sustentável.

O evento é organizado pelo Movimento Nacional ODS/Sergipe, em parceria com a UFS e outros. Além de discutir a Agenda 2030 e seus objetivos, o evento premiará, por meio do Selo Social ODS, aqueles que já estão inseridos em Sergipe.

 

Ordem DeMolay

O Capítulo Sergipe Del Rey da Ordem DeMolay em Sergipe, da Grande Loja Maçônica do Estado de Sergipe, vai promover uma atividade filantrópica, no dia 21 de março, no Colégio Estadual Ivo do Prado, na Visconde de Maracaju. A ação será das 8 às 13 horas e pretende reunir cerca de 2 mil pessoas.

 

Serviços

Estarão sendo oferecidos, nesta segunda edição, diversos serviços gratuitos à população, a exemplo de exames clínicos, oftalmológicos, consulta jurídica, dentre outros, além de muita recreação. O Dia D é nada mais do que a comemoração pelo Dia Nacional da Ordem DeMolay. O Capítulo Sergipe D’el Rey é patrocinado pela Loja Maçônica Frank Sherman Land, da Grande Loja Maçônica do Estado de Sergipe (GLMES).

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 

O que você está buscando?