COMBATE À OSTEOPOROSE

Carlos Eloy, 18 de Julho, 2018

MUSCULAÇÃO NO COMBATE À OSTEOPOROSE

 

A MUSCULAÇÃO É O MELHOR REMÉDIO PARA OS IDOSOS! A busca pela prática do treino neuromuscular é crescente na população, além de ser procurado por jovens que querem adquirir corpos musculosos, este exercício tornou-se cientificamente fundamental para a terceira idade, pois pode se tornar a substituição da ingesta de alguns medicamentos.

Para resultados mais satisfatórios é interessante iniciar o quanto antes os exercícios de musculação devido às mudanças que nosso corpo sofre com o decorrer dos anos, tais mudanças podem ser observadas na estatura, desvios na coluna vertebral, diminuição do equilíbrio, acúmulo de gordura, além do aparecimento de possíveis doenças como: osteoporose, hipertensão arterial, diabetes, dentre outras que podem ser combatidas com o treinamento de força. Mesmo sendo iniciado na terceira idade, este treinamento oferece benefícios como: aumento da independência motora, eliminação de medicamentos, prevenção de enfermidades e melhora da autoestima.

Ao iniciar a prática da musculação, o ideal é realizar exames prévios, buscar um cardiologista e após liberação deste, outro profissional é acionado: o de Educação física que realizará a avaliação física para adequar os exercícios de acordo as necessidades do cliente em questão. Nesta periodização, o professor menciona as diferenças e os riscos dos exercícios aeróbios comparados aos neuromusculares, embora mostre o seu efeito significativo do aeróbio no organismo na diminuição do percentual de gordura e no aumento da capacidade cardiorrespiratória.

Na realização do exercício aeróbio o controle da frequência cardíaca deve ser monitorado, o professor explicará a zona de treinamento mais segura, pois se trata de um tipo de exercício constante (sem intervalo) e o aumento da frequência cardíaca é normal, desde que permaneça dentro da zona prescrita. Já os treinos na musculação são prescritos exercícios curtos, que possuem intervalos e dessa forma a frequência atinge com mais dificuldades zonas elevadas, porém as cargas não devem ser altas. O ideal é obter a junção dos dois tipos de treinamento, porquanto com a supervisão do professor capacitado o exercício não correrá riscos.

A musculação e a caminhada estimulam a formação óssea e minimizam o processo de sarco penia; estimulam a produção do líquido sinovial que tem a função de lubrificar as articulações; facilita o funcionamento locomotor e melhora o equilíbrio diminuindo os riscos de queda, tão presente na terceira idade. Então Vovô e Vovó o que estão esperando para retomar ou iniciar a prática da musculação?

 

 

 

O que você está buscando?