INICIAR A PRÁTICA DOS EXERCÍCIOS

Carlos Eloy, 05 de Setembro, 2018 - Atualizado em 05 de Setembro, 2018

 

 

 

PARA INICIAR A PRÁTICA DOS EXERCÍCIOS SEJA AVALIADO E TENHA TREINOS ESPECÍFICOS

Vai começar a treinar, o que fazer? Você já iniciou alguma atividade física sem realizar a avaliação física? Você sabia que na avaliação física você pode ser impedido de realizar exercícios físicos? A avaliação física é o processo da coleta de dados no treinamento do corpo aplicado no aluno, onde baseados nos resultados o professor de Educação Física, identificará possíveis fatores de riscos para doenças cardiovasculares, atrofias nos músculos, limitações nos exercícios, proibições e angulações.Nesta avaliação podem ser obtidas metas que devem ser reavaliadas num período aproximado de três meses para identificação de admissíveis falhas como também mostrar a evolução do indivíduo em questão. A avaliação serve também para o profissional definir intensidade, quantidade e tempo dos exercícios no conjunto fundamentado nos subsídios avaliativos e no objetivo do aluno. Para uma maior eficiência da prescrição dos exercícios o correto é coletar o maior número de informações referentes ao cliente e deixá-lo seguro na execução dos treinos.

O QUE SE COLETA?

Além de aferir pressão arterial, verificar o peso e a altura do indivíduo outros componentes não podem faltar em uma avaliação física como: ANAMNESE: A anamnese é um questionário com o resumo detalhado do histórico de vida do aluno e dos familiares como: cirurgias, doenças, vícios, medicamentos que este ingere, nível de atividade dentre outros importantes para a prescrição da prática do exercício físico.PERIMETRIA: Serão mensuradas as circunferências principais como: braços, antebraços, cintura, abdômen, quadril, coxas e pernas. DOBRAS CUTÂNEAS: São aferições que o professor utiliza um compasso que mede a quantidade de gordura corporal.

Para uma prescrição mais específica pode-se incluir: Aferir a capacidade cardiorrespiratória, este consiste em andar e correr na esteira num esforço crescente, sendo monitorada a frequência cardíaca para determinação da intensidade do treinamento.  Nível de flexibilidade (será aferido o grau de amplitude do movimento da articulação no acessório denominado como banco de wells. Avaliação postural para detectar possíveis deformações na coluna vertebral.Avaliação neuromuscular que consiste no teste de força e resistência muscular.

É de grande valia estes questionamentos e aferições no aluno, pois irão descrever a real condição do indivíduo e o profissional responsável terá subsídios fidedignos para prescrever o treinamento de acordo o objetivo do aluno, mais à frente em média 90 dias reavaliar com os mesmos protocolos utilizados e fazer o comparativo. Essa comparação irá servir para diagnosticar os avanços e porquanto estabelecer novos desafios. Enfim ao se matricular na academia exigir a avaliação física é primordial, lembre-se de que o treino será aplicado em você e o professor com dados do aluno o resultado será mais eficiente.

 

 

 

 

 

O que você está buscando?