A RESPOSTA DA JUVENTUDE

Antonio Samarone, 19 de Maio, 2019

A resposta da juventude... (Por Antônio Samarone)

Recebi a pouco um vídeo da formatura de medicina da UFS, ontem à noite. Para tudo! Foi demais para um velho professor de Saúde Pública, meio descrente.

Logo que assisti, fiquei em dúvida: onde foi essa formatura? Com as vistas fracas, não reconheci ninguém. Liguei para uns, liguei para outros, só perguntando: gente quem é essa menina, essa abençoada?

Mandei o vídeo para os amigos, e tive logo retorno. Você viu a filha de Alvino, me perguntou um ceboleiro orgulhoso? Eu respondi: sério? Claro, é Nathália, filha de Alvino e Claudia. Eita porra, e foi minha aluna e eu não reconheci pelo vídeo. A idade chegou!

Uma menina de 24 anos, (passou no vestibular aos 17), olhos vivos, fronte erguida, levantou as bandeiras dos setores subalternizados da sociedade. A bandeira dos negros, LGBT, movimentos populares, e a grande bandeira da Universidade Pública.

A solenidade de formatura em medicina da UFS, virou um protesto unanime contra a destruição da escola pública. Nathalia deu vida a solenidade!

Essa pequena da foto é ela, Nathália de Mattos Santos, uma esperança de uma nova medicina, humanizada, voltada para os pacientes.

Nathália não brotou por geração espontânea. Ela é filha da enfermeira Claudia, cidadã que luta pela saúde pública desde estudante; e do doutor Alvino, esse mesmo, o Dr. Alvino de Itabaiana, professor de direito e advogado estabelecido em toda a Província. A quem a fama não distorceu os princípios. Nathália teve a quem puxar, como se dizia...

Nathália tem o sangue do povo de Simão Dias e de Itabaiana e fez parte, enquanto estudante, do Levante Popular da Juventude e da Consulta Popular.

Viva a juventude, parabéns Nathália!

Antônio Samarone.

O que você está buscando?