Aracaju, o paraíso do concreto. (por Antônio Samarone)

Antonio Samarone, 26 de Janeiro, 2020

Me disseram que 73% dos aracajuanos é contra o plantio de árvores próximo as suas residências. A primeira providência de quem mora em casa por aqui é mandar cimentar o quintal.

Alegam a queda das folhas, a danificação das calçadas e a atração de formigas e abelhas.

Herdamos uma tradição colonial de horror as árvores, a quem chamamos de pé de pau.

O Prefeito de Aracaju quando privilegia o asfalto e o concreto em detrimento do verde, agrada a maioria, e ele sabe.

Esta semana, uma árvore centenária (foto) ao lado da Unidade de Saúde do Sinhazinha foi decepada pela prefeitura. Sem maiores justificativas.

O assunto foi debate na feira do Sinhazinha. Uns contras outros a favor. Dona Josefa do pastel foi enfática: “por mim derrubava tudo, mato só serve para criar cobra.”

Antônio Samarone.

O que você está buscando?