QUERIDOS PROFESSORES

UMA SINGELA HOMENAGEM

Jerônimo Nunes Peixoto, 15 de Otubro, 2019 - Atualizado em 15 de Otubro, 2019

QUERIDOS PROFESSORES, UMA SINGELA HOMENAGEM

Quando tuas mãos se abrem, são destinadas ao abraço ao saber, despertando nas consciências pueris o gosto pelo aprendizado. Quando teus lábios pronunciam textos magníficos, é para que viajemos pelas veredas do saber, da poesia, do realidade touca, da aspereza e do esfolamento que a novidade traz consigo. Quando na lousa vão aparecendo inúmeros sinais saídos de tua mão, num piscar de olhos, vejo placas indicativas de que, nessa direção, a vida vai se transformar... Quando proferes alguns conselhos, sob a fórmula de oráculos, anuncias um novo mundo, carregado de riqueza segura, que é o saber. Ninguém no-lo rouba! Quando o teu lápis borra minhas respostas, sinto que vou aprender, da próxima vez, e vou-me refazer, prometendo acertar , não simplesmente para te agradar, mas para que eu me torne gente e profissional do bem. Quando me chamas á atenção, tenho presente que meu pai ou minha mãe estão fortemente impregnados em tuas ásperas e acertadas palavras... O tempo o dirá! Quando tens diante de ti toda uma classe, sabes que dali sairão mulheres e homens aptos a viver bem, porque não lhes ensinas apenas teorias e conceitos. Ensinas para o engrandecimento humano, para a transformação da sociedade, para que todos deixem a barbárie e mergulhem num mundo novo, onde a violência cede espaço ao diálogo fraterno e respeitoso. Assim, destituído o preconceito e assunto o respeito pleno, podemos de te dizer: OBRIGADO, PROFESSORA! OBRIGADO, PROFESSOR! TU ESTÁS NA BASE DE MINHA VIDA. A TI TODA A REVERÊNCIA E TODO O NOSSO RESPEITO. Parabéns a todos, pelo seu dia festivo!

O que você está buscando?