SERMÃO DO ENCONTRO

Jerônimo Nunes Peixoto, 08 de Abril, 2020

SERMÃO DO ENCONTRO 

                     

Minhas Irmãs e meus irmãos,
Estamos no Calvário.
Jesus, sob o santo lenho,
Sendo o próprio santuário.
Maria lhe vem encontrar
Para suas dores minorar
Ela, que se fez Sacrário.

Esta montado o cenário,
Pintado com violência.
Levam um condenado
Imerso na Inocência.
Leva a pesada Cruz
O Nosso Mestre Jesus,
Com piedosa paciência.

Maria, Mãe de Clemência,
Vem-lhe para confortar.
Suavizar-lhe as dores,
Com ternura no olhar.
A mãe sempre acalenta,
E, com amor, sustenta
A sua arte de consolar.

O madeiro a pesar
E as forças exauridas...
A cruz das tormentas
Abre-lhe tantas feridas.
Com um sorriso de alento,
Maria minora o sofrimento,
Porque é a Mãe da Vida.

As mulheres queridas
Dão forças a Maria.
Ela vai ao encontro,
Disfarçada em alegria.
Seu coração sem brilho,
Solidário a seu Filho
Que sofre a martiria.

Agora, já bem próximos,
Mãe e Filho se olham.
As lágrimas de sangue
Pela santa face rolam.
Maria, firme na fé,
Vê tudo aquilo, de pé,
Os dois ali se consolam!

Jesus dá um passo,
Intencionando tocar
Na face santa materna,
Mas não pode andar.
Maria, com esperança,
Aumenta-lhe a confiança:
"Tudo isso aqui passará!"

Um sorriso a disfarçar
As fortíssimas agruras.
Dores e maus tratos
Provocam a desventura.
Jesus não se entrega.
Tampouco Ele se nega
A salvar as criaturas.

Já, à essa altura,
O quadro fica horrível:
A Mãe do Consolo
De uma forma incrível,
Vai tentar beijá-lo
Ou, ao menos, alentá-lo
Tornando a dor sofrível.

Jesus sente o brilho
De um grande coração.
Por ser o maternal
E repleto de afeição,
É coração que ama
E mantém acesa a chama
E suaviza a desolação.

Amados, meus irmãos,
Amadas, minhas irmãs,
O caminho do Calvário
Dispensa palavra vã.
É itinerário de uma fé
Que nos faz fincar os pés
Na alegria de cada manhã.

Deixemos nosso olhar
Fixo nesta cena de dor.
Peçamos a Deus do Céu
Que nos cubra de Amor,
Para sermos solidários
E, em nosso itinerário,
Seja Ele o Consolador.

Este Encontro de Amor,
Que passa pela Cruz,
Inspire-nos atitudes
Repletas de muita luz.
Quando vier o tormento
Voltemos nosso sentimento
Para a Pessoa de Jesus.

Hoje em dia há encontros
Para tramarem a morte
De seres inocentes,
Que têm infeliz sorte.
Convém ao bom cristão
Encontro só de irmãos
Que a todos reconforte!
Jerônimo Peixoto

O que você está buscando?