NUNES PEIXOTO, 40 ANOS

Por Jerônimo Peixoto

Jerônimo Nunes Peixoto, 17 de Outubro, 2020 - Atualizado em 17 de Outubro, 2020

NUNES PEIXOTO, QUARENTA ANOS

 

 Aos dezoito de outubro de 1980, na esquina da Ivo de Carvalho com Quintino de Lacerda, abria-se à clientela, até então imaginária, uma modesta mercearia, movida a coragem, atendimento, simpatia e consideração. Eram tempos difíceis, de inflação galopante, com muitas deficiências no campo varejista, com faltas de produtos de qualidade. Pois bem, foi enxergando essas lacunas que uma nova mercearia surgia, disposta a vencer os ventos contrários.

Um jovem, de apenas vinte anos, audacioso, extremamente atenciosos, pôs-se a atender seus primeiros clientes, com metodologia nova, distribuindo simpatia, cativando as crianças com o agrado de um doce, levando as compras à casa dos clientes, trazendo novidades em gêneros que só se encontravam nas grandes cidades. A mercearia foi crescendo, os espaços encurtando, com um sortimento invejável, a ponto de quase não caber mais clientes. Com um ano, já era sucesso total, carecendo de esticar o espaço, a fim de acomodar produtos, clientes e amigos.

Amigos! Este tema foi o mote do empreendimento. Os clientes perceberam, com certa rapidez que, mais do que simplesmente fazer compras, naquele modesto estabelecimento, fazia-se amizade, regada a consideração, a atenção especial. Pela primeira vez na história do alvissareiro comércio itabaianense, uma mercearia distribuía cartões de aniversários, natalinos. Também, nos momentos cruciais da vida, quando se perde um ente querido, lá está o Escovado, o jovem proprietário que despertou autêntica revolução no comércio local.

Outro grande mote era o sortimento. A variedade da mercearia era tamanha que se passou a usar a expressão; “se não tiver em Escovado, não tem em mais ninguém, aqui na cidade”. Dizem as más línguas que até pedra de amolar pincel, pente para careca e “rebimboca da parafuseta” lá existiam e sempre em promoção. Havia certa dificuldade de se enxergar o proprietário e seu único colaborador, Gildo (in memoriam), devido à quantidade de brinquedos e utilidades domésticas dependurados no telhado, nas colunas, nas portas e até no toldo de proteção contra o sol. A mercearia, antes agonizante pelo decurso do tempo, reacendeu, como a fênix das cinzas.

Em poucos anos, transmutou-se para a Rua Manoel Garangau, quando ganhou forma de supermercado que, aos poucos, ganhou seção de hortifrutigranjeiros e padaria. Cresceu o número de funcionários, atingindo a casa dos setenta. Estava estabelecido o SUPERMERCADO NUNES PEIXOTO, filho legítimo da coragem, da determinação e da acolhida de JOSIAS PEIXOTO aos clientes, fornecedores e colaboradores. Três reformas posteriores encarregaram-se de ampliar o estabelecimento, possibilitando a venda de eletrodomésticos, no passe de inovação no quesito supermercado, na Cidade Serrana.

O espírito visionário do jovem comerciante o impeliu a visitar algumas cidades de Sergipe, desde o Litoral ao Sertão. Seus olhos espertos contemplaram a Boca da Mata, a Capital do Sertão, para sediar uma nova unidade do NUNES PEIXOTO. Era o ano de 2001, quando as portas de uma loja bem surtida e acolhedora se abriam aos sertanejos, estabelecendo entre estes e o Nunes Peixoto uma parceria imorredoura.

Cinco anos depois, Itabaiana recebia a mais arejada e moderna loja de supermercado do interior sergipano, na Praça João Pessoa, no coração da Serrana Bela, para melhor acolher o público que já era, àquela altura, de todo o estado de Sergipe. O tempo passou, com suas surpresas e, entre tristezas e alegrias, o NUNES PEIXOTO construiu uma super, loja em Nossa Senhora da Glória, inaugurando-a aos 18 de outubro de 2016. Glória nunca mais foi a mesma. Ganhou ares de cidade desenvolvida, pois a mais novel tecnologia em supermercado lhe chegou pela nova loja do Nunes Peixoto.

Agora, Itabaiana está presenciando uma reforma ampliativa de sua unidade que vai fazer a diferença. Uma superloja, climatizada, com generosidade de espaço e de sortimento, oportunizando aos amigos clientes comodidade e bem-estar, na arte de fazer suas compras.

É um breve relato de uma longa história de muitos desafios, de inúmeras barreiras, mas sobretudo de muita fé em Deus. Se grandes foram os obstáculos, maiores a disposição, a garra e a Graça de Deus, que se fizeram presentes todo o tempo.

É hora de agradecer a Deus, aos clientes, fornecedores e colaboradores, pela amizade urdida no cadinho das relações comerciais, solidificadas na boa-fé, na transparência e no atendimento de primeira grandeza. Um pleito de gratidão ao empresário JOSIAS PEIXOTO, timoneiro desse enorme sucesso que faz do NUNES PEIXOTO O LUGAR ONDE OS AMIGOS SE ENCONTRAM, para a festa da economia e do desenvolvimento social.

Além disso, frise-se, o Nunes Peixoto direciona parte de seus lucros para as instituições sociais, como asilos, casas de acolhida, creches, etc. Comprar no Nunes Peixoto é sinônimo de investimento social, de transformação da vida para melhor e mais agradável. Parabéns, NUNES PEIXOTO, PELOS QUARENTA ANOS DE MAGNÂNIMO SUCESSO. Que venham outros quarenta!

O que você está buscando?

google.com, pub-6631948018904522, DIRECT, f08c47fec0942fa0