Empresário chama governador de mentiroso e comete suicídio em evento

Marcos Nunes, 04 de Julho, 2019 - Atualizado em 06 de Julho, 2019

Em ato de total desespero pelo momento de crise que passava sua indústria de cerâmica, o empresário dono da Escurial, Sadi Gitz, comete suicídio após discurso do governador Belivaldo Chagas na abertura do Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário do Gás Natural em Sergipe na manhã desta quinta-feira, 4. ‘Governador, o senhor é um grande mentiroso’, disse sacando o revolver da cintura para atirar na própria boca.

O simpósio era realizado no auditório do Hotel Radisson, na Orla de Atalaia, contando com a presença do Ministro de Minas e Energias, Bento Alburqueque, além de várias autoridades do executivo, legislativo e judiciário.

Em nota, o Governo de Sergipe lamentou a morte do empresário e informou o cancelamento do evento.

O que você está buscando?