André Moura: “Valdevan Noventa, aproveitando a minha fragilidade, queria me tirar o partido”

Marcos Nunes, 13 de Julho, 2019

O clima parece não estar bom dentro do PSC e muito menos entre o ex-deputado André Moura e o deputado Valdevan Noventa

Uma fala atribuída ao deputado federal Valdevan Noventa (PSC/SE) que teria afirmado que o ex-deputado federal André Moura (PSC), atual representante do Rio de Janeiro, terminou por criar uma “saia justa” entre os dois. Valdevan reclama que, segundo ele, “André até hoje não me cumprimentou pela minha vitória nas urnas”, disse o deputado em entrevista ao JL.

Nesta sexta-feira (12) André Moura concedeu entrevista aos radialistas Priscila Andrade e André Barros, e ao comentar sobre o assunto, André acabou fazendo um desabafo, afirmando que Valdevan Noventa teria agilizado para assumir o comando do PSC em Sergipe.

Durante a entrevista, André afirmou que logo após a eleição e ter tomado posse na Câmara Federal, Valdevan Noventa teria ido a Brasília para tentar tomar o comando do partido. “Eu li a matéria em que o deputado Valdevan 90 me chama de gelado, mas a verdade dos fatos é que ele ao ganhar as eleições foi tentar tomar o controle do PSC, aproveitando-se da minha fragilidade política naquele momento ao perder as eleições.”, desabafou André Moura.

André Moura também comentou as supostas declarações do ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita, que se encontra preso e que teria acusado o ex-parlamentar de ser um dos responsáveis por uma suposta traição familiar. “Sukita disse que ia me derrotar e em Japaratuba eu venci ele. Não tenho nada a ver com isso, sou amigo da prefeita Silvany que aliás, vaio assinar ficha do PSC. Portanto, não devo levar em conta o que ele fala”, ironizou André.

Munir Darrage

O que você está buscando?