Protetor Solar no inverno? Sim! Saiba como proteger sua pele em dias mais frios

Você sabia que no inverno muitas pessoas acreditam que não é necessário utilizar protetor solar? Por mais que, em dias nublados, ele pareça estar mais fraco, a incidência do sol se mantém praticamente a mesma do verão

Redação, 21 de Julho, 2019

Você sabia que no inverno muitas pessoas acreditam que não é necessário utilizar protetor solar? Por mais que, em dias nublados, ele pareça estar mais fraco, a incidência do sol se mantém praticamente a mesma do verão. Ou seja, mesmo em épocas mais frias, a intensidade dos raios ultravioletas A e B continua alta e exige proteção.

O que acontece é que, no inverno, o ângulo do sol muda, o que dá a impressão de ter “menos sol”. Mas os raios UV atravessam as nuvens e penetram profundamente na pele, sem falar que seus efeitos são cumulativos. Ou seja, imagina ficar sem proteção durante todos os meses do outono e inverno?

A flacidez, o envelhecimento precoce, sardas, rugas e manchas são alguns dos efeitos mais comuns. Mas radiação solar também é responsável por melasma e, em casos mais graves, falamos de queimaduras e câncer de pele. Você sabia que a maioria dos casos está relacionada à exposição solar? Por isso, todo cuidado é pouco.

Mas e qual a diferença entre raios UVA E UVB?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a radiação UVA tem comprimento de onda mais longo e sua intensidade pouco varia ao longo do dia. Ela penetra profundamente na pele, e é a principal responsável pelo envelhecimento precoce, manchas e pelo câncer da pele.

Já a radiação UVB tem comprimento de onda mais curto e é mais intensa entre as 10 e 16 horas (sabe aquele horário que podemos sentir os raios solares mais fortes?), sendo a principal responsável pelas queimaduras solares e pela vermelhidão na pele.

E como posso proteger a minha pele?

O principal é o uso do protetor solar. Ele deve ser utilizado diariamente e a reaplicação a cada duas horas também é indispensável, já que o suor, a poluição e a luz artificial reduzem o tempo de ação dos produtos.

Mas mesmo no inverno? E se eu trabalhar dentro do escritório o dia todo?

Sim, mesmo no inverno e mesmo se você trabalhar dentro de lugares fechados. Realmente a intensidade em ambientes externos é maior, mas o que muitos não sabem é que, os raios podem penetrar através dos vidros das janelas, por exemplo.

Sem falar que a luz visível também pode ser prejudicial e responsável por diversos daqueles efeitos indesejados, principalmente se combinadas com os raios UVA. Elas correspondem a 40% da radiação total que chega ao planeta, acredita?

Entre seus efeitos estão o aumento da produção de radicais livres, deixa a pele sem brilho, menos viçosa, mais opaca e ainda favorece o aumento das rugas.

Já as luzes fluorescentes ou chamadas de luz frias emitem uma luminosidade produzida artificialmente, compatível com a luz natural diária. Ou seja, elas também podem emitir raios UVA e UVB, mesmo que de intensidade mais baixa.

Está vendo a importância de utilizar protetor solar?

Sua pele precisa estar blindada contra a radiação solar e a poluição digital. Por isso, te apresentamos a linha Soleil. Ela foi desenvolvida com ativos de eficácia comprovada, que conseguem proteger a pele, reparando o DNA das células, excelentes contra os raios UVA-UVB, infravermelho e luz visível.

Conheça os produtos:
* Protetor Solar Facial FPS 30 Soleil Racco

* Protetor Solar Facial FPS 70 Soleil Racco

* Protetor Solar Corporal FPS 30 Soleil Racco

* Protetor Solar Corporal Spray FPS 50 Soleil Racco

* Óleo Bronzeador Corporal Spray FPS 8 Soleil Racco

Já te explicamos vários motivos para utilizar protetor solar todos os dias, de janeiro a janeiro. E também já te mostramos os produtos para você fazer isso, então, agora é com você!

Consulte um consultor Racco. Afinal, cuidar de você faz bem.

O que você está buscando?