Ex-governador João Alves será transferido para tratamento domiciliar

Por ANJ1

Redação, 06 de Agosto, 2019

O ex-governador de Sergipe, João Alves Filho, será transferido do Hospital Santa Luzia, em Brasília (DF), onde está internado na UTI, para receber tratamento domiciliar ainda nesta semana. Uma home care está sendo montada em sua residência na capital federal, onde mora com a esposa, a senadora Maria do Carmo. O seu quadro clínico continua delicado.


A previsão médica, conforme informou a jornalista Ana Alves, filha do ex-governador, é de que João Alves seja levado para a sua residência até esta quarta-feira (7). À imprensa, Ana Alves explicou que, segundo os médicos, a permanência dele na unidade hospitalar aumenta os riscos de uma nova infecção. A família obteve autorização para preparar a estrutura na residência.


A home care é uma forma de atendimento tanto ao paciente quanto à família e associada à noção de conforto, compaixão e segurança, além de proporcionar maior proximidade e convívio com a família. Em casa, o ex-governador terá a estrutura de UTI, com médicos, enfermeiros e cuidadores durante 24 horas.


Com 78 anos e diagnosticado com Alzheimer, o ex-governador foi internado na unidade de saúde desde o dia 15 de julho, após sofrer um mal súbito em casa. O seu quadro de saúde começou a apresentar melhora, mas dias depois voltou a ser sedado quando foi submetido a traqueostomia para auxiliar na respiração. Após o procedimento, João Alves precisou tomar antibióticos para combater uma infecção.


Recentemente, o político também foi submetido a outra intervenção cirúrgica, a gastrostomia (GTT), realizada conforme avaliação médica para que ele se alimente por meio de sonda. Atualmente, João Alves se alimenta por meio de sonda e respira com a ajuda de aparelhos.

O que você está buscando?