Governo entrega 120 equipamentos médico-hospitalares e moderniza Rede Hospitalar Estadual

Redação, 12 de Agosto, 2019

Aconteceu na última sexta-feira (09), no Centro Administrativo da Saúde (CAS), a cerimônia de entrega de 120 equipamentos médico-hospitalares cedidos pelo Ministério da Saúde (MS), através do projeto Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), destinados à Rede Hospitalar Estadual de Sergipe. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) fará a distribuição dos 70 monitores multiparamétricos e dos 50 desfibriladores cardioversores para as Unidades Hospitalares e de pronto atendimento, totalizando R$ 3.828.201,90 em investimentos na área da saúde.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, essa é uma conquista muito grande porque vai oportunizar a renovação do parque tecnológico no que diz respeito a monitores e desfibriladores, proporcionando a ampliação e a melhoria dos serviços assistenciais das Unidades Hospitalares. Os equipamentos auxiliarão no monitoramento do paciente nas salas de estabilização, nos centros cirúrgicos e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), dentre outras áreas de assistência a pacientes graves.

“Esse lote é de equipamentos modernos, de ponta, portanto vai trazer um grande benefício para toda a nossa rede. Eu tenho certeza que a gente vai conseguir fazer a renovação do nosso parque com todo o empenho da equipe para modernizar e é isso que o Governo pretende, ofertar o melhor para quem necessita da rede. Esperamos que todos os equipamentos sejam utilizados da melhor forma possível porque quem sai beneficiada é a população”, disse Valberto.

A doação dos equipamentos ocorreu a partir de uma articulação entre a Secretaria de Estado da Saúde, através da Diretoria de Atenção Integral à Saúde (Dais) e Diretoria de Planejamento (Diplan), junto à Coordenação Geral Hospitalar do Ministério da Saúde, que, além de trazer segurança para a equipe de profissionais e para os pacientes, garantirá a redução significativa de custos.

“Como estamos falando de equipamentos de monitorização, eles são muito importantes para pacientes, principalmente, com criticidade na sua condição de saúde, pacientes com necessidade de serem monitorados ininterruptamente, 24h por dia. É muito importante ressaltar que são equipamentos de qualidade que trazem segurança para a equipe de profissionais, para o paciente e, além disso, gera para a gente uma economia, uma vez que temos equipamentos locados, uma economia que poderá ser redirecionada para outros seguimentos em prol da assistência ao paciente”, reforçou a coordenadora da Atenção Pré-Hospitalar e Hospitalar da SES, Jurema Viana.

Para o superintendente Estadual do Ministério da Saúde em Sergipe, Dielson Tadeu Barreto Leite, é uma alegria ver esses equipamentos sendo entregues. “A gente fica contente porque tem muito a contribuir para a população mais carente aqui em nosso estado. Gostaria de agradecer o convite que recebi do Dr. Valberto e saber que estamos contribuindo, também, para a boa gestão que ele vem fazendo aqui no nosso estado”.

O gerente de projetos da Universidade Estadual da Paraíba, Paulo Barbosa, comentou que a ideia do projeto Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo é que as tecnologias sejam cada vez mais difundidas, através do poder do Sistema Único de Saúde (SUS). “Já estivemos em vários estados e agora Sergipe foi o contemplado com essa doação do Ministério da Saúde, através do projeto, com um montante dos mais significativos, o que é muito bom para o estado. Agradeço a receptividade, estou realmente impressionado com o ambiente que vocês têm, essa integração, acredito que é muito boa para a otimização dos serviços e para o povo de Sergipe que pode usufruir de melhor produtividade e eficiência”.

O Hospital Regional de Propriá será um dos contemplados. “Equipamentos sempre são falta nas unidades então essa doação é de suma importância. Agradecemos esse olhar da Secretaria que o gestor estadual tem com a parte assistencial”, disse a superintendente Patrícia de Britto.

Já para o superintendente do Hospital Regional de Itabaiana, Waltenis Junior, a Secretaria foi no ponto certo. “As Unidades vem passando por uma fragilidade com relação a esse tipo de equipamento que está sendo entregue hoje, então Dr. Valberto agiu no ponto certo, numa deficiência da Rede, e vai ajudar por demais a assistência aos pacientes”, concluiu.

Fonte: ASN

Foto: Flávia Pacheco 

O que você está buscando?