Cerca de 24 mil sergipanos estão com a CNH suspensa

Transitar em alta velocidade está entre as principais infrações.

Redação, 18 de Agosto, 2019

Em Sergipe, 23.566 mil pessoas estão com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa, sem direito a dirigir. Do total, 18.474 mil cumpriram o prazo de suspensão, no entanto, ainda não realizaram o curso de reciclagem obrigatório para voltar a conduzir veículos. Outras 5.092 estão, atualmente, cumprindo o prazo de suspensão.


De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Sergipe, as principais causas de suspensão de CNH dos condutores são infrações como transitar em velocidade superior à máxima permitida na via em 50%, e conduzir motocicleta sem capacete. Somente no primeiro semestre desse ano, de janeiro a junho, o Detran registrou 1.159 infrações por conduzir motocicleta sem usar o capacete de segurança, infração considerada gravíssima, resultando em multa e aplicação de pontuação máxima na CNH (7 pontos).


Para chegar a ter a CNH suspensa, o condutor deve ter ultrapassado 20 pontos na habilitação por conta de infrações de trânsito, ou que cometeram infrações que por si só demandam suspensão. Segundo o Detran, quando o condutor é flagrado dirigindo o veículo durante o período de suspensão da CNH, e não entrou com recurso para defesa dentro do prazo estipulado, poderá ter a habilitação cassada, perdendo o direito de dirigir por dois anos, além de começar do zero um novo pedido de habilitação.


O órgão abriu recentemente uma nova turma para o curso de reciclagem de condutores, realizado pela Escola Pública de Trânsito (EPTran). Quem tiver interesse de participar, deve se inscrever para a turma que iniciará em setembro. As inscrições estão sendo realizadas na sede do Detran, localizada na avenida Tancredo Neves, em Aracaju. As aulas ocorrerão nos dias 2, 3 e 4 de setembro das 7h30 às 12h e das 13h30 às 18h. Durante esses dias, os participantes assistirão a 30 horas de aula, divididas entre as disciplinas Legislação de Trânsito, Primeiros Socorros, Direção Defensiva e Relacionamento Interpessoal. Além de se inscrever, o condutor também deve pagar uma taxa pelo curso no valor de R$ 124,19.

Por Laís de Melo/JC

O que você está buscando?