Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar policial em Areia Branca

Ele está custodiado no Hospital de Urgência de Sergipe até receber alta médica.

Redação, 28 de Agosto, 2019 - Atualizado em 28 de Agosto, 2019

 

A Justiça de Sergipe decretou a prisão preventiva do suspeito de matar a tiros um policial militar no município de Areia Branca no último domingo (25).

O homem foi encontrado ferido, está internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e custodiado pela Secretaria da Segurança Pública. Ele deve ser encaminhado a um dos presídios do estado assim que receber alta médica.

De acordo com assessoria de comunicação da Polícia Militar (PM), a vítima trabalhava em uma cavalgada quando a guarnição percebeu um homem armado e, na aproximação para realizar a abordagem, o suspeito efetuou disparos de arma de fogo contra as equipes, atingindo o militar no rosto. Ele foi levado ao Hospital Regional de Itabaiana, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O corpo do policial foi enterrado nesta terça-feira (27) no cemitério municipal de Lagarto.

O soldado, de 30 anos, ingressou na corporação em 2014 e estava lotado na Força Tática do 11º Batalhão de Polícia Militar (11º BPM), localizado na cidade de Tobias Barreto. Ele deixa esposa e dois filhos.

O que você está buscando?