6 Dicas para organizar a sua vida

Por Regiane Ivanski

Redação, 28 de Agosto, 2019 - Atualizado em 28 de Agosto, 2019

Viver em meio ao caos generalizado não é apenas desagradável, mas também impede a visão das soluções para os problemas mais corriqueiros.

Documentos perdidos, contas esquecidas e recibos descartados são sinônimos de pequenas dores de cabeça que poderiam ser evitadas se essas funções fossem agrupadas e armazenadas de maneira ordenada. Ja dei dicas para organizar documentos pessoais aqui e aqui.

6 dicas para a organizar a sua vida

1- Escolha a ferramenta certa para sua organização

Se você preferir usar um dispositivo eletrônico ou um livro de papel desatualizado. O truque é centralizar a organização geral da sua vida em um só lugar. Gosto muito de usar o Evernote, como expliquei neste post.

Existem várias ferramentas tecnológicas, feitas especialmente para ajudar na rotina da organização. Escolha a que melhor se adapta ao seu estilo de vida e hábitos. Depois escreva seus compromissos e suas tarefas pendentes ou incompletas.

2- Estabeleça metas

É importante incluir sonhos em sua lista de tarefas. Portanto, fazer um curso, viajar ou comprar o apartamento não são mais apenas sonhos e projetos.

Tenho o hábito de escrever minhas metas no início do ano, como contei aqui. Definir metas é uma maneira de organizar e motivar ao mesmo tempo. Sempre revise seu planejamento, tente alinhar suas metas com seus valores pessoais para orientar suas decisões.

3- Anote os passos das suas tarefas

Revise a lista com tudo o que você precisa para realizar tarefas separadas e classificá-las em pessoal, profissional, familiar e social, por exemplo. É possível ajustar as categorias para melhorar a visualização do que precisa ser feito em relação ao tempo disponível.

Em seguida, escreva as tarefas secundárias que compõem a conclusão de uma tarefa específica.
Ao escrever todas as fases para completar seu objetivo, você pode aprender mais exatamente o tempo necessário para cada atividade, o que diminui a sensação de que você não conseguiria alcançar tudo o que precisava.

Responder e-mail, fazer uma ligação e colocar as roupas no lugar depois de experimentar são as pequenas tarefas. Mas o problema é que, se deixarmos essas tarefas para depois, elas podem exigir mais tempo. Uma peça de roupa, por exemplo, pode amassar e sujar, o que gera mais trabalho do que se ela tivesse sido armazenada no momento certo. 


4- Deixe espaço na sua agenda

É tentador preencher todas os espaços da agenda, quando tentamos resolver a maioria dos problemas no menor número possível de tempo. Mas devemos deixar espaço para as tarefas porque devemos estar cientes de que os imprevistos podem acontecer. E seja realista: não assuma mais compromissos do que você pode dar conta.

Certifique-se de incluir momentos de descanso e relaxamento em seu planejamento. Participar de happy hour com os amigos, ir ao cinema, fazer atividades físicas ou caminhar no parque são atividades que nos ajudam a recarregar e devem fazer parte da nossa rotina.

5- Não desista nos primeiros dias

Pequenos deslizes são absolutamente normais na criação de novos hábitos! Portanto, não desista se algumas tarefas atrasarem ou se o processo da organização ficar um pouco confuso.

Segundo pesquisas, normalmente levamos de 21 a 30 dias para criar um novo hábito em nossa rotina.
Você pode determinar metas modestas e tentar manter esse hábito por um mês, vendo como ele é incorporado à sua rotina.

6- Verifique sua organização constantemente

Pense na sua organização como um processo contínuo. Em nossa rotina, usamos objetos que precisam ser armazenados, limpos ou descartados. Nós também temos que decidir o que fazer com as novas tarefas que surgem o tempo todo.


Isso significa que tornar a vida mais organizada, exige o compromisso de manter o processo e revisar o que precisa ser modificado. 

O que você está buscando?