Prédios públicos abandonados! Governo Belivaldo/Eliane começa a “desabar”!

Habacuque, 09 de Setembro, 2019

Reeleitos com uma votação expressiva há menos de um ano, o governador Belivaldo Chagas (PSD) e a vice-governadora Eliane Aquino (PT), definitivamente, não atravessam um bom momento político e, principalmente, administrativo. Por mais que setores da gestão tentem minimizar, a recente decisão do pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), que cassou a chapa por 6x1, impactou negativamente nas expectativas do governo até 2022.

O ambiente é de fim de governo, é de “café frio e água quente”! É evidente que ainda cabem recursos tanto em Sergipe quanto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas a decisão praticamente “unânime” deixou setores governistas desestimulados. Nos bastidores a informação é que no julgamento do TRE esperava uma votação apertada, por 4x3, a favor ou contra a chapa. O resultado de “6x1” ascendeu o “alerta vermelho” no agrupamento.

Belivaldo está certo quando decidiu lutar pelo mandato que conquistou em 2018 e não vai medir esforços para recorrer da decisão. Está exercendo seu direito legítimo. Mas erra quando transmite um “ar arrogante” quando trata do assunto. Passa a impressão que “não se abateu”, como se aquele resultado fosse “insignificante”. Aquilo tanto “doeu” que ele tem acionado seus interlocutores no Estado e em Brasília (DF). A turma está se movimentado, conversando com advogados e magistrados.

Enquanto há toda essa concentração de forças para preservar a chapa Belivaldo/Eliane, do ponto de vista administrativo o governo deixa muito a desejar. Estamos caminhando para o final de mais um ano sem reajustes salariais para o funcionalismo (e sem qualquer perspectiva), não teremos a antecipação do 13º salário, o servidor está desestimulado, a gestão não tem dinheiro para contrapartidas em obras públicas, está devendo a fornecedores e, se “cobrir um santo”, “descobre o outro”...

Na campanha eleitoral Eliane Aquino “vendeu” a ideia de que ao lado do “galeguinho”, somaria muito para o Estado do ponto de vista social. Com todo respeito, mas olhando outras “ações sociais” que já tivemos em Sergipe, sua atuação não é nem de “coadjuvante”! Está para “figurante” nesse cenário, sem “protagonismo” algum. Os prédios públicos dão o tom do que representa o momento do governo: a “casa está ruindo”, as “paredes estão desabando”...

O Comando da Polícia Militar em Aracaju sofreu interdições da Defesa Civil; no presídio militar o “abandono” é praticamente o mesmo; delegacias e escolas da rede estadual precisam de reformas urgentes; recentemente o “teto” da Procuradoria-Geral do Estado desabou! Agora o “teto” da gerência de jornalismo da TV Aperipê! Como perguntar não ofende nunca, o que mais falta “cair” nesta gestão? É ou não é um clima de fim de governo? Os fatos sinalizam que sim...

 

Veja essa!

Não é verdade que o processo envolvendo o retorno do Conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Flávio Conceição, foi suspenso pelo conselheiro Carlos Alberto Sobral. O conselheiro Carlos Pinna, por decisão de foro íntimo, em 2015, se julgou impedido de julgar o processo.

 

E essa!

Só que o Direito é claro: casos de foro íntimo não geram impedimentos no caso de futuros julgamentos da mesma matéria ou de matérias semelhantes. É uma decisão “de momento” do conselheiro, que tanto pode decidir quanto pode se colocar como impedido de votar. O processo sobre a volta de Flávio segue em tramitação normal.

 

Terão prazos

Tanto o conselheiro Carlos Pinna quanto o conselheiro aposentado Flávio Conceição terão prazos concedidos pelo Tribunal de Contas para se manifestarem sobre o caso. A outra parte interessada, o conselheiro Clóvis Barbosa, que está de saída do TCE, já se manifestou dentro do prazo estipulado.

 

Bomba!

A verdade é que dentro dessa história em torno da volta de Flávio Conceição, algumas “peças” estão atuando “nas sombras” para pressionar as pessoas, para tentar forçar uma situação que não existe. Há um “movimento” para tentar desgastar o presidente Ulices Andrade, a conselheira Angélica Guimarães e agora Carlos Pinna.

 

Exclusiva!

O que existe em Sergipe é um verdadeiro “jogo de intimidações”, onde alguns setores estão buscando meios para pressionar as pessoas, forçar as autoridades a tomarem determinadas decisões. Ainda bem que o bom Direito preserva os “justos” e certamente não contempla ou tolera a “ingratidão dos homens”. As “conspirações” não têm força sob o “peso da lei”...

 

O brilho de Marlene I

Ainda sobre a solenidade que marcou oficialmente a entrega da obra de reforma da fachada do prédio Construtor João Alves, que sedia a Assembleia Legislativa de Sergipe, a professora Marlene Calumby, falou em nome da família e agradeceu a iniciativa do presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo (MDB).

 

O brilho de Marlene II

“Fico imaginando Construtor João Alves olhando lá do alto as modernidades; vendo a Ponte Construtor João Alves (que liga Aracaju a Barra dos Coqueiros) feita com uma ousadia por seu filho...Que beleza! Passaram mais de 30 anos, modificaram as fachadas, colocaram linda iluminação a led. Sinônimo de alta modernidade. Que beleza! Não foi do meu tempo, mas eu estou aqui”, discursou Marlene.

 

O brilho de Marlene III

Marlene deu ênfase ao gesto de Luciano Bispo que, por força da lei, trocou o nome do prédio da Alese de João Alves Filho para Construtor João Alves. “Um homem humilde, que veio para Aracaju, lutou e cresceu. Quantos hoje devem suas casas ao velho João Alves? Gratidão é palavra de ordem neste momento! Gratidão é o segredo pelas coisas boas que aconteceram. Essa Casa lembra essa história tão bonita! Um grande gesto do presidente Luciano”.

 

Fala Machado!

Presidente da Executiva Provisória do DEM em Sergipe, José Carlos Machado segue bastante animado com as conversas que vem mantendo para atrair novos quadros para a legenda. “Nossa meta é transformar o DEM num partido tão forte politicamente quanto foi o PFL. Estamos elaborando um planejamento paras as eleições municipais do próximo ano”.

 

Forró Caju I

Atendendo a uma representação do Sindicato dos Guardas Municipais de Aracaju (Sigma), o Ministério Público Estadual, para defender o Patrimônio Público, está apurando a denúncia sobre as dispensas de licitação feitas pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), em 2018 e 2019, para a contratação de empresas terceirizadas para a realização do Forró Caju. O sindicato denuncia que as dispensas de licitação foram indevidas.  

 

Forró Caju II

Através de uma ação do promotor de Justiça, Bruno Melo, o Ministério Público Estadual estabeleceu um prazo de 10 dias úteis para que a Prefeitura de Aracaju encaminhe cópia do contrato e dispensa/inexibilidade de licitação referente à prestação do serviço de segurança para o Forró Caju firmado com a empresa Barretos Eventos Produções e Turismo (2018) e com a empresa DEA Segurança Privada LTDA (2019).

 

Alô Cabo Amintas!

Como sugestão da coluna, seria interessante que o vereador de Aracaju, Cabo Amintas (PTB), que está recolhendo assinaturas para tentar deflagrar na Câmara Municipal a CPI dos Shows, promova um debate com os representantes do SIGMA, da Prefeitura de Aracaju e até com o promotor Burno Melo, no sentido que possa aprofundar as investigações e até detalhar melhor essas dispensas de licitação para a opinião pública.

 

Trânsito na OAB I

A Comissão de Direito de Trânsito e Mobilidade Urbana da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Sergipe (OAB/SE), vai promover o Ciclo de Debates “Direito de Trânsito e Mobilidade Urbana”, no próximo dia 25, a partir das 17 horas, na CAASE. O evento é gratuito, mas para direito de certificação será cobrada uma taxa de R$ 10, com carga horária de cinco horas. As inscrições podem ser feitas pelo endereço www.esasergipe.org.br.  

 

Trânsito na OAB II

Entre os debatedores estarão presentes o presidente do Focotran (Fórum Nacional dos Conselhos de Trânsito), Horário Mello; Marcius D’Avila do Observatório Nacional de Segurança Viária; Walderson Costa, diretor de pesquisa da ONG Ciclo Urbano; Maria Emília Bôto, que vai tratar de Capacitação como Psicóloga e perita em Trânsito da UNB (Universidade de Brasília); e César Henriques Matos e Silva, que faz estágio e é Pós-Doutor na Tu Berlin (Universidade Técnica), da Alemanha.

 

Alô Capela!

O caos na Saúde do município é uma constatação. Para se ter uma ideia do descaso com a Pasta, os últimos equipamentos odontológicos que foram adquiridos pelo município foram feitos ainda na gestão do ex-prefeito Ezequiel Leite. É grande a reclamação sobre as dificuldades para se marcar um exame em Capela, mas se brincar o município está entre os que mais gastam em todo Sergipe com diárias para o transporte de passageiros para a capital. Prioridades às avessas...  

 

Alô São Francisco!

No próximo dia 17 vamos completar três meses da gestão do presidente da Câmara Municipal de São Francisco, após a cassação da chapa eleita na eleição de 2016. Há na cidade grande expectativa para o julgamento de um recurso ainda esta semana. Há uma movimentação dos que fazem oposição para que seja confirmada uma eleição suplementar em no município, nos mesmos moldes que ocorreu recentemente em Riachão do Dantas.

 

Alô Itabi!

Em áudio propagado pelas redes sociais, o radialista Márcio Jota anunciou seu desligamento do grupo político do prefeito de Itabi, Mané do Povo (PSD). Ele confirma que mantém a amizade e a proximidade do ex-prefeito Rubens Feitosa, mas que atuará politicamente fazendo oposição a atual gestão. “2020 está chegando e se o atual prefeito for para a reeleição, eu estarei no palanque da oposição fazendo campanha contra”.

 

Alô Simão Dias!

O presidente da Câmara Municipal de Simão Dias, Jorgeval Silva Santana, no uso de suas atribuições administrativas, fez a aquisição de aparelhos de ar condicionado para aquele Poder Legislativo. O radialista Rogério Amaral, também dentro de suas prerrogativas enquanto cidadão questionou os valores apresentados, a marca e a potência dos equipamentos.

 

Ação Judicial!

Insatisfeito, o vereador acionou o comunicador judicialmente. Até que se prove o contrário não há nenhuma irregularidade na aquisição, mas o gestor público tem a obrigação de prestar contas de seus atos. Cabe a Rogério Amaral protocolar e requerer as informações oficialmente; e não cabe ao vereador a decisão de mover ações judiciais contra quem simplesmente questiona seus atos administrativos.

 

Bosco Costa I

A coluna não registrou, semana passada, mas ainda em tempo: após ação do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral), o Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE-SE) cassou por unanimidade o mandato do deputado federal João Bosco Costa. O julgamento também declarou Costa inelegível por oito anos.

 

Bosco Costa II

A ação contra o deputado federal se baseia no suposto volume de gastos abusivos com locação de veículos durante a campanha e nas supostas fraudes na aplicação de recursos. De acordo sua prestação de contas, o candidato gastou R$ 485.350 mil com locação de veículos, do montante total de R$ 2,09 milhões de gastos.

 

Eunice Dantas

A procuradora Regional Eleitoral Eunice Dantas explica que a maioria dos veículos não foi contratada com locadoras e sim, junto a pessoas físicas. Todas as locações tiveram o valor de R$ 4 mil, independentemente do período contratado e do ano e modelo do veículo. Para o MP, a locação dos veículos foi um artifício usado para desvio de recursos do fundo partidário e compra de apoio político.

 

AMESE

A Associação dos Militares do Estado de Sergipe (AMESE) oficiou o Ministério Público Federal (MPF) para que sejam tomadas as medidas urgentes e necessárias para prevenir e evitar a deterioração da antiga estação da RFFSA (Estação da Leste do Brasil), no bairro Siqueira Campos. O presidente da AMESE, Sargento Jorge Vieira, esteve na antiga estação da Leste e flagrou, naquela localidade, pessoas consumindo drogas, furtando objetos e material de construção e focos de eventual reprodução de insetos danosos à saúde pública.

 

Fala Vieira!

“A situação deste patrimônio público federal é lastimável. Vários criminosos estão se escondendo aqui nessas instalações ou se utilizando das mesmas para ocultarem seus delitos. A cada dia alguém vem aqui e retira telhas, fiação elétrica. Há usuários de drogas frequentando o local. Isso tudo prejudica a segurança pública e, também, é caso de saúde pública. Esperamos que o Ministério Público aponte uma solução viável para o caso”, pontou o presidente da AMESE.

 

FHS

O presidente da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Jorge Kleber, marcou uma reunião no Auditório da SES para esclarecimentos sobre redução de horas-extras e composição das equipes para prestar o atendimento à população. Compareceram todas as categorias de profissionais que integram o serviço do SAMU (Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem e Condutores). A informação é que o presidente fez um comunicado e, em seguida, levantou-se e não permitiu nenhum questionamento dos servidores que prestam uma assistência diferenciada de Saúde a população.

 

Anúncios

O presidente da FHS comunicou que todos os profissionais  do serviço  aptos  a fazer horas-extras podem fazer até o limite de  96 horas/mês; também anunciou o PSS (Processo Seletivo Simplificado) para o serviço, o qual será separado do PSS da rede hospitalar; não haverá PSS para os condutores em resposta ao Presidente do Sindiconam (Sindicato dos Condutores).

 

E o concurso?

Como perguntar não ofende nunca, para um serviço diferenciado e especializado como é o atendimento do SAMU, ao invés do PSS, não seria mais interessante a realização de um concurso público? Se os condutores não vão entrar nesse PSS, eles vão continuar tendo o direito às horas-extras? E por que não estender o debate com as categorias se todas foram convidadas para a reunião? É a “lei da mordaça”?

 

Ibrain Monteiro I

Os parlamentares estaduais apreciaram e aprovaram, na Assembleia Legislativa, o projeto de lei do deputado estadual Ibrain Monteiro (PSC) que transforma o município de Lagarto na “Capital Estadual da Vaquejada”. Ibrain lembra que a Vaquejada é a maior manifestação cultural, desportiva e tipicamente brasileira, considerada uma tradição que passa de geração para geração há anos. Essa prática esportiva surgiu no século XIX, quando vaqueiros e criadores se reuniam para separar seus rebanhos da mata.

 

Ibrain Monteiro II

O deputado justifica que em Lagarto acontece um dos mais tradicionais eventos de vaquejada do Brasil, realizado no Parque de Vaquejada Zezé Rocha, um dos maiores do País, que recebe vaqueiros de todo o País durante o evento, que sempre atrai multidões com suas atrações, dentre elas, as apresentações artísticas.

 

Vaquejada I

“Em Lagarto também temos o Parque das Palmeiras, conhecido como a ‘Disneylândia da Vaquejada, que tem como objetivo de desenvolver ainda mais o esporte equestre e o mercado de cavalo quarto de milha. A Vaquejada desempenha um papel importante no comércio local, porque são atividades que movimentam a economia do município, gerando empregos, garantindo o sustento de milhares de famílias”, pontuou.

 

Vaquejada II

Por fim, Ibrain justificou para os colegas deputados com números da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), que o esporte movimenta em torno de R$ 600 milhões por ano no Brasil, gerando em torno de 120 mil empregos diretos e 600 mil indiretos. “Quero registrar ainda que o Rodeio, a Vaquejada e suas respectivas expressões artísticas culturais, foram elevados à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial brasileiro”, disse, lembrando que o dia 25 de outubro ficou marcado na luta pela legalização da vaquejada no Brasil.

 

Luto I

O prefeito Valmir Monteiro e o deputado estadual Ibrain Monteiro registram enorme pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Lagarto e ex-deputado estadual Rosendo Ribeiro Filho, o “Ribeirinho”, que nasceu no município em 31 de janeiro de 1928. Ribeirinho ingressou na política em 1954 como vereador e exerceu cinco mandatos de deputado estadual. Também foi prefeito de sua terra. Deixa esposa, filhos, irmãos, sobrinhos, netos e bisnetos. Valmir e Ibrain Monteiro externam seus sentimentos de consternação pelo falecimento e se solidarizam com familiares e amigos neste momento de dor e sofrimento.

 

Luto II

O corpo de Ribeirinho foi velado ao longo do domingo (8) no hall da Assembleia Legislativa de Sergipe e, no final do dia, foi transferido para Lagarto, onde foi sepultado na manhã dessa segunda-feira (9).

 

Adriano Taxista I

O ex-vereador de Aracaju e defensor da categoria dos rodoviários, Adriano Taxista, informa de mais uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) sobre os antigos trabalhadores do Grupo Bomfim, quando ficou estabelecido um plano de trabalho definido, com a previsão de um leilão extraordinário ainda para 2019, além de se buscar conciliações na medida em que houver disponibilidade financeira, objetivando dar mais celeridade e, sobretudo, assegurar maior número de processos quitados.

 

Adriano Taxista II

A reunião foi dirigida pela Desembargadora presidente do TRT da 20ª Região, Vilma Leite Machado Amorim, e pelo juiz auxiliar de execução Carlos João de Gois Júnior. No que se refere à Empresa Progresso, persiste a intenção no aumento do valor destinado à Justiça do Trabalho para pagamento de ações trabalhistas, atualmente gerando um montante de R$ 120.000,00 por mês, insuficiente para quitação dos processos em andamento. O acordo a ser costurado com aumento deste valor passa pelo compromisso da empresa de evitar recursos.

 

Laércio Oliveira

O deputado federal Laércio Oliveira conseguiu liberar para Aracaju, R$ 5 milhões para investimentos na saúde do município. Os recursos serão utilizados para a compra de equipamentos para ajudar no diagnóstico e prevenção de doenças, na realização de consultas e exames, na ampliação da vacinação, radiografias e em outros procedimentos, proporcionando um melhor atendimento aos aracajuanos. O parlamentar liberou ainda R$ 450 mil para os municípios de Tobias Barreto, Socorro, Estancia, Boquim e Campo do Brito.

 

Transamérica Notícias I

A coluna registra com satisfação os dois anos de audiência na Rádio Transamérica FM de Boquim, do amigo radialista Rômulo Daltro, que a cada dia acumula uma legião de ouvintes. Superado esse “estágio” de dois anos, o programa está consolidado como um dos mais ouvido das regiões Sul e Centro-Sul do Estado. Rômulo tem se esforçado para ser um dos comunicadores mais respeitados na região. O programa demonstra sua força pelas diversas vezes em que as solicitações dos ouvintes são atendidas pelos poderes públicos.

 

Transamérica Notícias II

Além de levar notícias para a população, o programa sempre trás ao público, entrevista com alguma personalidade importante e de relevância para o povo. Já passaram por lá candidatos à presidência da República, governador, senadores, deputados, além de já ter entrevistado a maioria dos prefeitos, vereadores, secretários, músicos e outros nomes importantes das duas regiões. O programa vai ao ar de segunda a sexta, das 16 às 18 horas, na Rádio Transamérica FM 95.5 Mhz.

 

Iran Barbosa I

Por iniciativa do deputado estadual Iran Barbosa (PT) foi protocolada na Assembleia Legislativa, uma indicação sugerindo ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), e ao secretário Municipal de Meio Ambiente, Alan Alexander Mendes Lemos, no sentido que se promova o quanto antes a efetivação do Parque Natural do Poxim, contemplando suas áreas verdes e águas no seu trecho estuarino (manguezais, brejos, Mata Atlântica, Lagoas e Areais), e ampliando sua abrangência até o bairro Jabotiana.

 

Iran Barbosa II

Iran Barbosa reforçou que a proposta é do Movimento “Jabotiana Viva” e foi colocada em discussão no último dia 26, em audiência pública realizada no plenário da Assembleia Legislativa, sob o tema “As causas e os impactos das enchentes no bairro Jabotiana e em São Cristóvão”.

 

Iran Barbosa III

“Essa proposta chegou a ser elogiada pelo representante do governo do Estado no evento, Ailton Rocha, superintendente especial de Recursos hídricos e Meio Ambiente. O objetivo é garantir a efetividade do decreto, estendendo sua abrangência ao bairro Jabotiana, como desejam os representantes dos moradores”, explicou Iran Barbosa.

 

Cidadania Sergipana

A Assembleia Legislativa concederá o Título de Cidadão Sergipano ao senador da República, Alessandro Vieira (Cidadania), e ao ex-vereador de Aracaju, Emerson Ferreira da Costa (Cidadania), em sessão especial a ser realizada no plenário da Alese, nesta segunda-feira (9), a partir das 17 horas. A medida atende a dois projetos de Resolução de autoria da deputada estadual Kitty Lima (Cidadania).

 

Falando nele

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), relator da Reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, incluiu em seu parecer da PEC Paralela emenda do senador Alessandro Vieira (Cidadania) que garante na Constituição a seguridade para as crianças brasileiras vivendo em situação de pobreza. A emenda foi construída em conjunto com os parlamentares do Movimento Acredito, os deputados federais Tabata Amaral e Felipe Rigoni.

 

Entenda                                           

Alessandro Vieira propõe a previsão na Seguridade Social constitucional de benefício mensal destinado à criança vivendo em situação de pobreza, bem como complemento para aquelas em idade de frequentar creches. “Há claro mérito em proteger da inflação os benefícios voltados à criança pobre. Não é suficiente que nos contentemos no âmbito da Reforma apenas em argumentar que a Reforma possibilita a liberação de recursos para políticas mais bem focalizadas: podemos desde já semear ações voltadas ao combate à pobreza”, escreveu Tasso Jereissati.

 

Nutricionistas

Atendendo a um requerimento do deputado estadual Iran Barbosa, a Assembleia Legislativa de Sergipe promoveu uma palestra sobre o exercício da profissão do Nutricionista nas diferentes áreas de atuação. Como palestrantes foram convidadas a representante do Sindicato dos Nutricionistas e Técnicos em Nutrição do Estado, Micheline Ferreira Guerreiro, e a representante do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região, Adriana Maria Figueiredo Batista.

 

Excesso de peso

Durante sua exposição, Adriana fez um alerta para o excesso de peso de boa parte da população e que isso é fruto dos alimentos não saudáveis que as pessoas estão consumindo e que frequentemente geram problemas de saúde. Ela apresentou dados internacionais a respeito do aumento do número de pessoas acima do peso e que alguns problemas estão passando de mulheres grávidas para as crianças. “Isso acaba se tornando uma bola de nesse que pode se agravar prejudicando a saúde daquela família de uma forma geral”.

 

Agrotóxicos

Ela falou que existem novos produtos de agrotóxicos nas nossas lavouras que estariam comprometendo a qualidade da alimentação mais ainda. “O Conselho Federal de Nutricionistas participou, recentemente, de um Seminário sobre Alimentação Saudável e Redução de Agrotóxicos em BSB e se posiciona contra. Todos os profissionais de Nutrição estão juntos. No Brasil enquanto temos muita gente passando fome, também temos muito desperdício!”.

 

Micheline Ferreira I

Por sua vez, Micheline Ferreira fez uma exposição sobre o papel do Nutricionista no PAE (programa de Alimentação Escolar). Segundo ela é importante fortalecer as políticas públicoas voltadas para a alimentação e nutrição, em especial, no ambiente escolar. “É o mais antigo programa, é referência mundial e ainda carece de muita atenção”.

 

Micheline Ferreira II

Ela também discutiu dados da FAO e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) sobre segurança ambiental e pontuou que nas últimas décadas o processamento dos alimentos tem modificado a forma de alimentação das pessoas, o que tem aumentado a incidência de doenças crônicas no seio da família brasileira. “É preciso neutralizar o problema, Resolver tudo é pensar grande demais, mas temos que neutralizá-lo, enfrentando todos os problemas que encontramos pela frente, criando ambientes alimentares mais saudáveis”, disse, valorizando a Agricultura Familiar e o programa de Alimentação Escolar do Estado.

 

Alertas

Ela defendeu que a escola é um grande espaço para se promover a mudança de hábitos. “Infelizmente o direito da alimentação está sendo negado”, alertando para o perigo dos “lanches rápidos”, e defendeu ainda que existem portarias que precisam ser lembradas e cumpridas pelo Estado de Sergipe, que precisa criar o cargo de Nutricionsita na SEED, regulamentar a carreira e fazer concurso público.

 

Goretti Reis

Em aparte, a deputada Goretti Reis (PSD) parabenizou a luta das nutricionistas, destacou alguns avanços e destacou a necessidade de se ter um olhar diferenciado com bons hábitos na alimentação. “Assim a gente consegue reduzir o custo do sistema de saúde. Por isso a importância também de se alimentar bem. Quero parabenizar o trabalho, a luta para cobrar políticas públicas voltadas para a qualidade na alimentação e aqui na Alese vamos continuar buscando caminhos para viabilizar a inclusão”.

 

Georgeo Passos

Já o deputado Georgeo Passos disse que já vem dialogando com o sindicado, ouvindo as angústias da categoria. “A gente percebe o quanto é importante a missão do nutricionista na segurança alimentar. Temos apenas quatro profissionais na rede pública para assistir mais de 150 mil alunos! Veja o risco que nossos estudantes estão passivos? Como garantir qualidade de vida? Em Ribeirópolis, não temos o suficiente, mas só lá nós já temos mais profissionais que todo o Estado”.

 

Maria Mendonça

Por sua vez, a deputada Maria Mendonça (PSDB) lamentou que os governantes não tenham a preocupação contínua com a qualidade da alimentação dos alunos. “A palestra nos chama a atenção para a responsabilidade e compromisso que esta causa requer. Se os governantes se preocupassem em trabalhar a prevenção, com planejamento e compromisso, é muito mais econômico do que cuidar da doença. Esse tipo de palestra deve se repetir sempre e se propagar mais para levar ainda mais informação à população”.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

O que você está buscando?