Estudantes lotam áreas temáticas da V Bienal do Livro de Itabaiana

Redação, 13 de Setembro, 2019

Nesta quinta-feira, 12, segundo dia da V Bienal do Livro de Itabaiana, foi marcado pelo grande volume de estudantes que circularam pelas áreas temáticas da feira literária. Por todos os cantos, olhares curiosos e sedentos pelo conhecimento de crianças e adolescentes se encantavam com as atrações do evento que se estende até o próximo domingo, 15.

O Corredor Geek/Kpop está sendo um dos setores mais procurados pelos jovens que se aglomeram para comprar revistas em quadrinhos, canecas, camisetas e muitas outras opções. Além disto, jogos eletrônicos interativos e cosplays estão fazendo a alegria da juventude. A Praça dos Escritores também é outra área bastante disputadas pelas pessoas que buscam conhecimento.

Durante a programação do dia, o cantor Bob Lelis, junto com a Rural do Forró, animou o público tocando muito forró pé de serra. Também se apresentaram no espaço, o cantor Lucas Campelo e Nanã Trio. Na Tenda Cultural, o espetáculo se alongou durante todo o dia com apresentações coral, shows musical, música eletrônica, teatro, dança, ballet e encerrando com a Filarmônica Renascer Aquidabã.

O auditório foi destinado para debates, palestras, bate-papo, roda de conversa e lançamento de livros. Dentro da programação do local, o vereador de Aracaju, Lucas Aribé, conversou com estudantes sobre os desafios da Comunicação Acessível. “As rádios e TVs precisam veicular conteúdo de forma acessível para qualquer cidadão, com audiodescrição e Libras. Entretanto, isso ainda não acontece. Placas de trânsito, semáforos, até transporte público, também precisa estar acessível, pois a pessoa com deficiência precisa ter acesso em condições iguais a tudo isso”.

A empresária Luciana Monteiro, do Shopping do Estudante, afirmou que os estudantes procuram muitos livros clássicos. “Confesso que estou surpresa com o gosto pela leitura dos jovens que vão no estande do Shopping do Estudante. A grande maioria procura clássicos da literatura como Shakespeare, além dos livros da literatura popular brasileira, comprovando que a juventude está envolvida com a leitura”.

O que você está buscando?