Aparecida: chove candidatos à sucessão de Vera....mas sem o aval da prefeita

Eleições 2020.

Aparecido Santana, 08 de Otubro, 2019 - Atualizado em 08 de Otubro, 2019

Pela movimentação interna no grupo comandado pela prefeita de Nossa Senhora Aparecida, Verônica Santos (MDB), há aliados da gestora querendo ocupar a cadeira do Executivo Municipal a partir de 2021. Nem que para isso, os interesses de cada um entre em rota de coalizão com autoridade política da mulher que 2004 vem obtendo sucessivas vitórias na política local.

Explica-se. Hoje há diversos postulantes que querem a “ajuda” de Vera para ser prefeito. Embora reconheçam que sem o apoio da gestora a eleição de qualquer aliado seja inviável, os aspirantes a prefeito deixam transparecer que preferem o “fogo amigo”, para pressioná-la.

De todos, há os que já declararam publicamente que almejam ser prefeito: o ex-padre Douglas; Clarinaldo Andrade, que vem a ser cunhado da emedebista. Nas últimas semanas há comentários de que o presidente da câmara de Vereadores, Marquinhos Pereira, tem sido o preferido de Vera. Por outro lado, o vereador e ex-vice-prefeito Erinaldo da Cruz, tem demonstrado contentamento em voltar a ser vice, enquanto Totô recuou da candidatura. 

A semana começa com novidades. A atual vice-prefeita, Adriana de Zé Cutia, lançou pré-candidatura: ela encabeçando a chapa e tendo como vice a esposa de um vereador do município.

Resta saber se Vera vai ceder a tantas pressões. Pelo histórico da gestora ela não trabalha com a faca no pescoço e deve-se aguardar como vai encarar as “sutis infidelidades”.

 

O que você está buscando?