iPhone 11 Pro de ouro custa o mesmo que dois carros zero

Com ouro 24 quilates e detalhes ressaltados com diamantes, aparelho ostentação está disponível na Rússia

Redação, 12 de Otubro, 2019 - Atualizado em 12 de Otubro, 2019

O iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max de ouro, produzidos pela Caviar, já existem, e os preços estão nas alturas. Interessados pelo celular revestido em ouro e com detalhes em diamante deverão desembocar uma bagatela de US$ 30.820 (ou R$ 124.468,00, numa conversão direta), suficiente para comprar dois Chevrolet Ônix Plus 0 km a R$ 58.790 cada, restando ainda quantias perto de R$ 7 mil.

O valor estratosférico do smartphone ostentação é alto até mesmo para os padrões da marca, que cria versões luxuosas do celular da Apple todo ano: em 2018, o iPhone X de ouro apareceu a muito mais acessíveis R$ 14,7 mil.


O iPhone 11 Pro da Caviar usa ouro de 24 quilates no revestimento externo do smartphone, além de um design retrabalhado, com direito a detalhes que tornam o telefone ainda mais exclusivo: a superfície traseira do celular ganhou um design que mostra uma forma de “V”, que, na descrição da fabricante, significa “Vitória”, uma forma de sublinhar as condições privilegiadas do comprador. No modelo de ouro, essa forma é contornada com 25 pedras, detalhe que pode explicar o preço bem mais caro da versão dourada do telefone personalizado neste ano.

Informações G1

O que você está buscando?