Dia Nacional de Combate ao Câncer: Onco Hematos alerta formas de prevenção da doença

Dia Nacional de Combate ao Câncer: Onco Hematos alerta formas de prevenção da doença

Redação, 28 de Novembro, 2019


No Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado em 27 de novembro, a Clínica Onco Hematos alerta a população sobre os riscos da doença e conscientiza para a prevenção do surgimento da neoplasia maligna. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 30% das mortes provocadas pelo câncer poderiam ter sido evitadas caso o paciente tivesse feito o diagnóstico prematuramente ou com ações preventivas para garantir hábitos de vida mais saudáveis.

No Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) é o órgão responsável pela coordenação e desenvolvimento de campanhas e estudos relacionados à doença, em parceria com o Ministério da Saúde. A saúde do homem é o tema de 2019 do Dia Nacional de Combate ao Câncer.

Segundo pesquisas do INCA, os tipos de câncer que mais afetam os brasileiros são: câncer de pele; de próstata; de mama; de cólon e reto; de pulmão e de estômago. Já os tipos da doença mais frequentes no homem brasileiro são: próstata, colorretal e pulmão. A Estimativa de Incidência de Câncer no Brasil em 2018/2019 é de 600 mil novos casos da doença.

De acordo com o oncologista da Onco Hematos, Thiago Menezes, as causas do câncer são diversas e vão desde fatores genéticos, passando por distúrbios no organismo, até fatores externos, tanto os relacionados ao modo de vida do indivíduo quanto ao ambiente onde a pessoa habita ou trabalha. “São diversos fatores que podem aumentar o risco de desenvolvimento da neoplasia, como tabagismo, obesidade, sedentarismo, idade avançada, exposição ao sol e agentes tóxicos por período prolongado de tempo”, afirma.

Segundo o oncologista, hábitos de vida saudáveis são importantes formas de prevenção. “É essencial manter uma alimentação saudável, equilibrada, rica em verduras, legumes, frutas, grãos e cereais. Evitar o tabaco, pois o cigarro é o responsável por diversos tipos de câncer, como de pulmão, boca, laringe, faringe e esôfago. Evitar o álcool, principalmente se consumido em conjunto com o tabaco, pois aumenta o risco para o desenvolvimento da doença. Realizar exercícios físicos auxiliam na manutenção do peso corporal, além de fortalecer o corpo e evitar os males do sedentarismo e a obesidade. E também usar filtro solar, evitando exposição aos raios solares entre 10h e 16h. Também é importante fazer um acompanhamento regular com um médico, seja um clínico geral ou algum especialista, como geriatra, por exemplo”, explica Thiago.


Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil

Além do Dia Nacional de Combate ao Câncer, a Onco Hematos chama a atenção também para o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, celebrado em 23 de novembro. A data é uma forma de chamar atenção para um grupo de doenças oncológicas que, apesar de raras, representam a primeira causa de óbitos entre as crianças e adolescentes.

A oncologista pediátrica Rosana Cipolloti, que integra a equipe multidisciplinar da clínica Onco Hematos, alerta para o diagnóstico precoce, que pode ser a chave para reverter esse quadro. “Os pais devem sempre estar atentos a quaisquer mudanças na saúde dos filhos, prestando atenção em alguns sintomas que podem estar associados ao câncer. Alguns deles são palidez, manchas roxas sem relação com machucados, febre, dor abdominal, urina com sangue, vômitos e dores de cabeça persistentes, ínguas, aumento do volume dos olhos, entre outros”, enfatiza.
 

Ascom/OncoHematos

 

O que você está buscando?