Cuidados com a decoração natalina são essenciais para evitar acidentes elétricos

Redação, 04 de Dezembro, 2019


É tempo de reunir a família e decorar a casa para as festas de fim de ano. Tradicionalmente, pinheiros, enfeites, papais-noéis e muitas luzes conferem graciosidade ao lar. No entanto, é preciso ter cautela, especialmente com os pisca-piscas e demais adereços que sejam ligados à rede elétrica.

Instalações indevidas, erro na escolha do material, fios desencapados e uso de benjamim ou T são os principais fatores que oferecem risco à segurança das pessoas, podendo ocasionar choques, apagões e, até mesmo, incêndios. 

Tanto na decoração interna como na externa, a fiação é um fator de risco. Ainda que com as novas lâmpadas em LED não exista perigo em relação à situação de chuva, já que vêm em cápsulas fechadas, fios desencapados representam uma forte ameaça para acidentes, especialmente em contato com a água. Vale ressaltar que, dentro da residência, a fiação exposta também compromete a segurança de todos que convivem no local. 

Por fim, outro cuidado importante refere-se à procedência e qualidade dos materiais. Na hora das compras, o consumidor deve buscar lojas especializadas, que ofereçam produtos aptos para uso.

No Brasil, as luminárias natalinas são regulamentadas pela Portaria do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) nº 335/11 (dispositivos elétricos de baixa tensão) e não apresentam o selo. Porém, só podem ser comercializadas contendo as informações obrigatórias e em português como: tensão em Volt (V), Potência máxima do conjunto em watt (W) e o nome, a marca ou o logotipo do fabricante ou importador.

Fique atento

O Coordenador de Segurança e Saúde da Energisa, engenheiro Robson Jezller, alerta para alguns cuidados necessários para evitar acidentes elétricos:

Acenda a iluminação decorativa apenas quando tiver pessoas em casa e, quando for dormir, desligue os pisca-piscas e demais enfeites que estejam ligados à rede elétrica;

Não utilize benjamim ou T (adaptadores elétricos) e não ligar muitos piscas em uma única tomada. O superaquecimento pode gerar curto-circuito. O ideal é conectar um pisca-pisca por tomada;

Não faça emendas em fios;

Antes de adquirir um produto, verifique as informações técnicas e o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia,

Qualidade e Tecnologia) na embalagem.

Pisca-pisca, cordão de luz e mangueiras de iluminação não são certificados, mas todos os plugues de luminárias devem apresentar o selo de conformidade do Inmetro e ter gravados a indicação da tensão nominal em volt (V), potência em watt (W) ou a corrente nominal em ampere (A);

Obedeça às orientações do fabricante a respeito da instalação do produto e suas indicações para uso em ambiente interno ou externo;

Se planeja decorar a casa com uma iluminação mais generosa e extensa, contrate um profissional eletricista.

Informações Energisa 

O que você está buscando?