Saúde mental: Aracaju terá primeiro debate sobre jogos patológicos

Evento beneficente que faz parte da Campanha Janeiro Branco arrecadará alimentos para Creche Almir do Picolé.

Redação, 07 de Janeiro, 2020

Aracaju sedia o I Debate sobre Jogos Patológicos, a ação faz parte do Janeiro Branco, campanha voltada para a prevenção em saúde mental. A programação conta com palestras do psiquiatra Dr. Alexandre Agacir, da terapeuta de família e casal e educadora parental Caroline Campos e do terapeuta, professor de yoga e meditação Ruhan Victor Oliveira. O evento beneficente arrecadará alimentos para a Creche Ação Solidária Almir do Picolé. Para se inscrever os interessados podem levar 2 kg de alimentos não perecíveis até a sede da Equilíbrio Clínica Dia que fica localizada na Rua José Pacheco, 491, Bairro Jabotiana, local onde acontecerá o evento no dia 22 de janeiro das 19h00 às 22h00, as inscrições também podem ser feitas através do whatsapp (079) 99677-5577.   
 

 
O vício em jogo é uma doença comportamental semelhante à dependência química, mas há tratamento. A tendência ao jogo patológico não significa falta de caráter ou fraqueza moral, qualquer pessoa pode estar suscetível a esse tipo de problema.  
 
Como diferenciar o jogador patológico daquele que só joga para se distrair? O que pode levar a pessoa ao vício? Quais os fatores de risco para a doença? Como é o comportamento dos homens e mulheres que jogam? O que acontece com o cérebro nesse intervalo de tempo em que a pessoa joga e recebe a recompensa? Esses e diversos outros pontos serão abordados na palestra.   

Fonte: Jornalista Rodrigo Alves. Foto: divulgação. 

O que você está buscando?