Mais de mil vítimas de violência sexual foram atendidas na MNSL em 2019

Redação, 07 de Janeiro, 2020

De janeiro a dezembro de 2019, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerida pela Secretaria do Estado da Saúde (SES), contabilizou 1.035 atendimentos às vítimas de violência sexual, destes, 766 consultas médicas de retorno, 210 atendimentos a menor de idade e 59 a maior de idade.

De janeiro a dezembro de 2019 foram contabilizados 269 novos casos a vítimas de violência sexual para 253 em 2018, o que indica um aumento no registro de atendimentos. O relatório gerencial da Unidade aponta que a maior incidência dos casos de abuso sexual ocorreu entre jovens menores de 18 anos, em sua maioria do sexo feminino. O serviço de atendimento funciona por 24h e atende pessoas de ambos os sexos.

De acordo com relatório gerencial da MNSL, a maior incidência dos casos de abuso sexual em 2019 ocorreu entre menores de 18 anos, em sua maioria do sexo feminino. Já contra maiores, foram registradas 59 ocorrências. As Estatísticas da MNSL apontam o abuso e o estupro como os tipos de violências mais comuns praticado contra crianças podem ocorrer na família, através do pai, padrasto, irmão ou outro parente qualquer.

Orientação

É primordial que a vítima procure atendimento nas primeiras 72h, após ter sofrido a agressão para utilizar os medicamentos prescritos pelo médico de serviço. Assim que o paciente recebe alta, passa a ser acompanhado por um profissional, no caso, um psicólogo, alertou a gerente de Admissão da MNSL , Adhara Shuamme Bento Fraga.

“Nesse prazo conseguimos realizar todas as medidas preventivas para evitar as doenças sexualmente transmissíveis, aqui na MNSL, damos a pílula do dia seguinte, o coquetel retroviral do HIV e das hepatites”, esclarece a gerente.

A MNSL é reconhecida por ser porta abeta, referência para as vítimas de violência sexual, tanto na capital quanto no resto do Estado, conta com uma equipe multiprofissional e qualificada, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais membros de apoio assistencial, que trabalham porta aberta, durante 24h, de domingo a domingo. A Unidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves, 5.700. O telefone de contato para o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL é (79) 3225-8679.

O que você está buscando?