Polícia Federal investiga aplicação de recursos na gestão de Dilson de Agripino

Redação, 28 de Janeiro, 2020

A Polícia Federal esteve na manhã desta terça-feira (28) no município de Tobias Barreto para investigar indícios de irregularidades durante a gestão do ex-prefeito Dilson de Agripino. Os documentos e relatórios de fiscalização comprovam que a aplicação de recursos federais destinados à construção de três creches foi feita de forma inadequada. As obras das creches foram abandonadas, para desgosto da população, que aguardava ansiosamente por elas.

O secretário de Controle Interno do município, Raimundo Martins Júnior, prestou depoimento à Polícia Federal acerca das irregularidades encontradas quando a atual gestão assumiu a Prefeitura. Em entrevista à rádio, ele ressaltou sua preocupação. “Não é grave somente o pagamento de serviços não executados. Em setembro de 2014, às vésperas da eleição, foram feitos dois saques no valor de R$ 495.000 cada. Esse montante foi distribuído em mais de 10 contas e depois sumiu. Isso sem contar as pessoas que trabalharam na campanha do ex-prefeito e receberam pela Prefeitura. Entregamos todas as informações ao Tribunal de Contas e à Polícia Federal”, disse o secretário.

O que você está buscando?