Jackson Barreto diz que Danile Garcia “Brigava por CC” e que “Essa moça precisa se mancar”

Redação, 05 de Fevereiro, 2020 - Atualizado em 05 de Fevereiro, 2020


Ex-governador Jackson Barreto (MDB) fez duras críticas na manhã desta quarta-feira (05) à pré-candidata a prefeita de Aracaju, delegada Daniele Garcia (Cidadania), afirmando que “ela brigava pelo CC e não pediu para sair como ela diz. Ela foi exonerada pelo secretário João Eloy”, afirmou Jackson.

Durante entrevista concedida ao jornal da Fan, Jackson Barreto demonstrou muita irritação ao falar sobre a delegada e pré-candidata, Daniele Garcia, que recentemente disse que a administração do ex-governador foi desastrosa.

Jackson fez questão de frisar que foi ele que a nomeou. “Fui eu que nomeei ela, fui eu quem equipou a Deotap, que ela conduziu sem qualquer interferência minha nas investigações. Eu desafio alguém dizer onde foi que interferi. Portanto o povo precisa estar atento ao que ela fala e o que realmente acontece”, orientou o ex-governador.

Jackson Barreto disse que “essa moça precisa se mancar e assumir que é apoiadora do Governo Bolsonaro. O que é que ela conhece sobre o funcionamento da cidade? Ainda vem dizer que meu governo foi desastroso. Porque ela não saiu dele? Ela tinha um cargo em comissão e brigava por ele, inclusive para que aumentasse seu valor. Falar todo mundo fala, mas de um carguinho, todo mundo também gosta”, afirmou.

Sobre o apoio à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira, embora tenha defendido a candidatura, Jackson disse que ainda não tem nada definido. O ex-governador disse que recentemente se reuniu com o prefeito e que espera novo encontro para poder definir, isso claro, longe do PSC de André Moura.

Foto redes sociais

O que você está buscando?