GOL passa de 700 para 50 voos por dia, sem operar a tradicional ponte-aérea

Redação, 24 de Março, 2020 - Atualizado em 24 de Março, 2020

A GOL Linhas Aéreas está com um novo planejamento de voo a partir desta semana, com cerca de 50 operações diárias entre vários destinos domésticos.

Anteriormente a companhia operava cerca de 720 voos diários, antes da crise de baixa demanda devido ao COVID-19. Na semana passada a GOL anunciou o cancelamento dos seus voos internacionais, e depois declarou que estaria reduzindo a sua malha de voos.

A companhia ainda declarou à equipe de funcionários que concentrará em São Paulo as suas operações em Guarulhos, cancelando todos os voos a partir de Viracopos e Congonhas.

Desta forma, a companhia automaticamente cancela a tradicional ponte-aérea entre Congonhas e o Aeroporto Santos Dumont, este último no Rio de Janeiro. No entanto, a companhia terá voos para o Rio de Janeiro a partir de Guarulhos.

A GOL ainda declarou que planeja reduzir em 50% o salário dos seus funcionários, para ultrapassar esse complicado momento na aviação, e lançou também um programa de licença não remunerada (LNR).

Informações Aeroflat 

O que você está buscando?