Marcos Aurélio filia-se ao PDT, de Edvaldo e Ciro Gomes

Marcos Aurélio informou que sua decisão foi tomada pelo alinhamento político com Ciro Gomes.

Aparecido Santana, 06 de Abril, 2020 - Atualizado em 06 de Abril, 2020

Após 10 anos de filiação ao PPS, quando acompanhou o ex-secretário da fazenda, Nilson Lima, o atual diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, Marcos Aurélio, definiu sua filiação ao PDT. “Definimos após muitas conversas com meus apoiadores e em especial com o deputado estadual Luciano Bispo".

Marcos Aurélio informou que sua decisão foi tomada pelo alinhamento político com Ciro Gomes. “Há mais de um ano, conversei com Fábio Henrique, presidente estadual e expressei minha vontade de integrar os quadros do partido, para ajudar a fortalecer o projeto de Ciro Gomes, que sem dúvida é o mais preparado para governar o Brasil. E agora mais ainda, diante da pandemia que deixará fortes sequelas e somente quem tem a capacidade administrativa já comprovada, vai conseguir reconstruir a Nação”.

Ele também ressalta a importância da filiação do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, que tem realizado um excelente trabalho na reconstrução da capital sergipana; “assim como o Brasil está sendo atingido e precisará ser reconstruído, Aracaju também passou por um período de estrangulamento e vem sendo recuperada. Agora com essa pandemia do coronavírus, precisará mais ainda de um excelente gestor, e Edvaldo já deu grandes exemplos de que tem essa capacidade”, informou o radialista, que tem formação em Administração, com especialização em Desenvolvimento de Pessoas.

Além de Marcos Aurélio, também confirmou filiação ao PDT, o líder popular, Enezio dos Santos Dumonnt que disputou a eleição passada e obteve 1,7 mil votos. Enezio faz parte do grupo de apoio ao deputado estadual Luciano Bispo na capital sergipana.

O que você está buscando?