O OFICIAL E O ESPIÃO (J'accuse) Por Gabriel Gomes

Redação, 16 de Maio, 2020 - Atualizado em 16 de Maio, 2020


Há um tempo não via um filme francês, no caso, franco-italiano, tão bem feito e com um roteiro tão preciso como esse. A riqueza de detalhes retratados é impressionante, os arquivos mostrados, o cenário, os costumes, as falas, o figurino perfeito, os personagens muito bem trabalhados, mas principalmente os fatos ocorridos numa França do final do século XIX.

Roman Polanski foi muito feliz mostrando detalhadamente o famoso caso Dreyfus, um dos poucos judeus oficias do exército francês condenado com provas fracas de traição por ter fornecido informações secretas para a Alemanha e mandado pro exílio, pra Ilha do Diabo.

Logo após o famoso coronel Georges Picquart assumir o serviço de inteligência do exército, ele começa a perceber a quantidade de provas fracas ou que favorecia ao próprio Capitão Dreyfus. Ele então sabe que sua carreira corre perigo e se junta com um dos mais polêmicos jornalistas da época, Èmile Zola, que faz uma acusação aberta ao presidente francês em favor da inocência do capitão Dreyfus. Filme fantástico!

 O OFICIAL E O ESPIÃO (J'accuse) / 2020

O que você está buscando?