Ministro Celso de Mello pede à PGR apreensão de celular de Bolsonaro e do filho Carlos

Redação, 22 de Maio, 2020


Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, pediu à Procuraoria Geral da República que apreenda os celulares do Presidente Jair Bolsonaro e de seu filho Carlos, segundo a grande a imprensa, comandante do “gabinete do ódio” no Palácio do Planalto.

Notícias-crimes foram protocoladas no STF por partidos e parlamentares, que buscam desdobramentos das investigações sobre a possível interferência do presidente da República na Polícia Federal.

Os despachos do ministro foram feitos nesta quinta-feira, 21.

O ministro pediu também, atendendo a partidos políticos, perícia nos telefones celulares do ex-ministro Sergio Moro e do delegado Maurício Valeixo, ex-diretor-geral da Polícia Federal.

Também foi pedida perícia no celular da deputada Federal Carla Zambelli.

Juridicamente, cabe à PGR analisar os pedidos do decano do STF.

Pode atendê-los ou não.

Depois da manifestação da PGR, segundo portal UOL, a decisão caberá ao ministro.

O que você está buscando?