Se encontra em Santa Catarina o bebê que nasceu em Sergipe e mãe morreu no parto

Redação, 29 de Maio, 2020 - Atualizado em 29 de Maio, 2020

A bebê, de menos três meses, que perdeu a mãe 42 dias após nascer, em Aracaju (SE), já está um hospital da cidade de Itajaí (SC), onde mora a família. Segundo o Serviço Móvel de Urgência (Samu), a viagem foi tranquila e ela chegou com quadro de saúde estável. Após o desembarque, no aeroporto da cidade de Navegantes (SC), uma ambulância do Samu a aguardava para fazer o transporte em uma incubadora até um hospital na cidade de Itajaí.

No início de março, quando passava por Sergipe durante uma viagem com o marido, que é caminhoneiro, a mãe sentiu as dores do parto. Ela foi levada à maternidade e submetida a uma cesariana. Nascida prematura, às 32 semanas e dois dias, a bebê foi direto para a unidade de terapia intensiva neonatal (Utin), onde ficou recebendo os cuidados médicos e maternos, enquanto o pai voltou ao trabalho. Mas, dias após dar à luz, a mãe teve problemas cardíacos e foi levada em estado grave para a Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), também na capital sergipana, onde morreu no dia 17 de março aos 25 anos.

Em Aracaju, a despedida dos funcionários da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), onde ela estava internada foi cercada de muita emoção entre os profissionais, que escreveram uma carta relatando os momentos da chegada de mãe e filha a unidade de saúde.

Por: G1/SE

 

O que você está buscando?