Governador Belivaldo afirma que reabertura de escolas só após 15 de outubro

Shows em bares e restaurantes continuam proibidos. Governador disse que houve "exagero", se referindo a estabelecimentos que geraram aglomeração e descumpriram normas

Redação, 10 de Setembro, 2020 - Atualizado em 10 de Setembro, 2020

Após reunião com o Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae), o governador Belivaldo Chagas (PSD) anunciou à imprensa agora há pouco que a reabertura das escolas só deverá acontecer após o dia 15 de outubro.

Eventos esportivos, teatros, museus e cinemas permanecem suspensos. Igrejas, templos religiosos e shoppings centers passam a funcionar com até 75% da capacidade (no caso dos shoppings, de segunda a domingo, das 10 as 22h).

“Vamos continuar discutindo, para ver a possibilidade de retomada a partir do dia 15 de outubro. Antes do dia 15 de outubro não vamos fazer isso em hipótese alguma”, afirmou o governador, em relação aos estabelecimentos de ensino.

Belivaldo disse ainda que os protocolos para a retomada das aulas estão sendo discutidos e estudados pelos técnicos da Secretaria de Saúde.

O governador informou também que segundo os estudos técnicos e científicos, se até o dia 15 de outubro não for registrado um novo pico de crescimento, é quase uma garantia de que não haverá possibilidade de uma segunda onda.

“Não é o momento ainda de abertura das escolas. Se chegarmos em outubro com esses números decrescentes, é quase uma garantia de não ter segunda onda, aí efetivamente vamos discutir volta às aulas”, falou.

O governo liberou a partir de hoje a realização de cursos técnicos específicos, desde que obedecidas as regras sanitárias e de distanciamento.

Sem shows
Foi anunciado também que continuam proibidos os shows em bares e restaurantes. Belivaldo Chagas disse que estava muito preocupado com o comportamento de determinados estabelecimentos, que não estariam cumprindo as determinações. Ele sinalizou que caso não haja aumento dos casos de covid-19, os shows em formato voz e violão poderão ser retomados no dia 25.

“Tem casos que foram verdadeiros exageros. E por conta deste exagero é que não estamos autorizando a partir de hoje pequeno shows, tipo voz e violão. Vamos esperar mais 15 dias”, explicou.

O comitê

O Ctcae foi instituído pelo Decreto Nº 40.661, publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (08), em substituição ao Comitê Gestor da Retomada Econômica (Cogere).

O comitê foi criado levando em consideração a necessidade de apoio específico para deliberação das atividades especiais, em razão do caráter de risco sanitário elevado, potencial de aglomeração de pessoas, impacto econômico e financeiro e proteção de grupos vulneráveis. Técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES) se reuniram durante a semana para definir os protocolos desses setores que exigem mais rigor.

Por: Blog do Max

 

O que você está buscando?