Por que engordamos mais em uma parte específica do corpo?

Jose Costa, 26 de Setembro, 2021

Os motivos são vários e estão interligados. Então, a solução é adotar um conjunto de cuidados

 

Embora existam alguns padrões de tipos físicos, cada organismo tem suas particularidades. Mas, por que é tão comum, em homens e mulheres, engordar mais em uma parte do corpo do que em outra? Essa pergunta não tem uma só resposta.

 

A parte do corpo que parece engordar com mais facilidade é a região da barriga. Também é a mais difícil de eliminar gordura. Mas, não é só essa parte que traz preocupação para as pessoas. Então, é importante saber: o formato que o seu corpo vai ganhar com o aumento da quantidade de gordura acumulada vai depender de fatores como:

 

Predisposição genética

É o que faz o seu corpo ter um formato parecido com da sua mãe, seu pai ou outro parente próximo. Você já nasce com os genes para ter esse formato de corpo. É por isso, por exemplo, que tantas mulheres ficam com quadris bem largos depois de terem filhos, já que com suas mães foi a mesma coisa. Também é por isso que umas pessoas ficam com mais gordura acumulada nos braços (e com flacidez) do que outras.

Mas, a boa notícia é que esses acúmulos podem ser lapidados com alguns cuidados na sua rotina, como adotar uma alimentação saudável e praticar exercícios regularmente, com suporte de um profissional.

 

Hormônios

Principalmente as mulheres podem sofrer com o acúmulo de gordura na região da cintura quando o organismo produz uma quantidade desequilibrada do hormônio estrogênio. Alimentos como soja e derivados de leite aumentam a produção desse hormônio, então, fica a dica para evitar o excesso desses alimentos se quiser solucionar o problema.

Já nos homens que têm o corpo em formato maçã, com a barriga bem redonda e desproporcional ao restante do corpo, ocorre por causa da testosterona. Claro, vai acontecer com quem não cuida da alimentação, é sedentário, deixa acumular muita gordura visceral e se estressa demais.

 

Idade

Principalmente quando se chega na idade da pré-menopausa e pré-andropausa (a partir dos 41 anos), é quando ocorre uma queda do metabolismo, que fica mais lento e com mais dificuldade em queimar gordura de todo o corpo.

 

Nível de estresse

Pessoas que vivem muito estressadas liberam uma maior quantidade do hormônio cortisol, chamado de “hormônio do estresse”. Esse hormônio, em excesso, favorece o acúmulo de gordura corporal, principalmente na região da barriga.

 

Qualidade do sono

Dormir mal ou de menos também é um fator que aumenta o acúmulo de gordura na região abdominal, pois o metabolismo fica desequilibrado.

 

Alimentação

É claro que a forma como você se alimenta tem muita influência no aumento e peso e também na facilidade ou dificuldade em eliminar gordura de certas partes do corpo. A parte do corpo que mais sofre é a região da barriga, mais especificamente por causa do acúmulo de gordura visceral, que é a mais difícil de eliminar. Os alimentos que mais provocam o acúmulo de gordura visceral são os processados, embutidos gordurosos, tudo que é feito com farinha branca e com açúcares refinados.

 

Condições que provocam inchaço

Nesse caso, não é a gordura que fica acumulada, mas sim, os líquidos retidos. Isso pode acontecer em diferentes partes do corpo, até mesmo nas canelas e no rosto, dando a impressão de que é gordura.

Esse inchaço é mais comum em pessoas obesas, com varizes e com problemas cardíacos, embora seja bastante comum na gravidez, em pessoas com certos problemas hormonais e nas pessoas que consomem muito sal ou bebidas alcoólicas, porque esses alimentos e bebidas desidratam o corpo e provocam o inchaço.

 

Como resolver do jeito certo?

Não faça dietas por conta própria, pois o corpo pode sofrer com deficiência hormonal e nutricional. A melhor forma de eliminar a gordura acumulada com sucesso e segurança é consultar seu médico para descobrir a causa do acúmulo de gordura em seu corpo e começar o tratamento mais adequado para o seu caso.

O tratamento vai envolver uma alimentação mais equilibrada, prática de atividades físicas e mais algum tratamento específico, caso tenha um desequilíbrio hormonal ou doença que seja a raiz do problema. Pode consultar um endocrinologista (para causas hormonais), o ginecologista (para mulheres) ou um nutricionista.

 

Fonte: https://www.dicasonline.com/por-que-engordamos-mais-em-uma-parte-especifica-do-corpo/ - por Priscilla Riscarolli

O que você está buscando?