Danielle acredita que Emília negociará apoios na CMA e se omite sobre Alessandro

Habacuque, 28 de Maio, 2024

Entrevistada pelo radialista Narcizo Machado, na FAN FM, a secretária de Estado de Políticas para as Mulheres, Danielle Garcia (MDB), confirmou que estará se afastando do cargo no próximo dia 5 para se concentrar para sua pré-candidatura a prefeita de Aracaju. Em 2020, a delegada de Polícia Civil disputou a eleição majoritária e foi muito bem votada, chegando ao 2º turno. Dois anos depois, Danielle também surpreendeu com excelente votação para o Senado Federal, mas também sem conseguir êxito nas urnas. Agora, oficialmente, ela pretende disputar novamente a PMA.

Na conversa com Narcizo Machado Danielle falou de muitos temas, entrou e saiu de algumas polêmicas, e praticamente descartou qualquer possibilidade de unidade dentro do agrupamento governista, pontuando que o seu MDB e o PP sempre foram defensores de uma pré-candidatura única do bloco, mas que o PDT (Luís Roberto) e o União Brasil (Yandra Moura) não adotaram, na prática, a mesma linha de raciocínio. E, por entender que sempre é muito bem lembrada pelos aracajuanos, entendeu que também deveria entrar na disputa.

Mas alguns pontos também chamaram a atenção, como a informação que sua substituta no comando da secretaria será uma amiga muito próxima, ligada ao senador Alessandro Vieira e que atuou como uma das coordenadoras de suas campanhas eleitorais de 2020 e 2022. Outro fato “curioso” foi a fala da secretária de Estado condenando qualquer tipo de agressão durante a campanha eleitoral contra as demais pré-candidaturas femininas, como a de Yandra Moura, por exemplo, que recentemente foi atacada com uma fala descabida e agressiva do líder político de Danielle, senador Alessandro Vieira.

Como secretária de Estado de Políticas para as Mulheres, Danielle apenas “lavou as mãos” quando questionada sobre os ataques recentes do senador, dizendo que ele pode falar o que quiser, ficando à mercê de alguma ação judicial ou do julgamento popular. A agora pré-candidata a prefeita de Aracaju perdeu a oportunidade de sair em defesa de uma aliada de agrupamento sim, mas, principalmente, de outra mulher. Danielle ainda pontuou que “pode concordar com algumas falas e discordar de outras” manifestações de Alessandro.

Questionada se havia “escondido” o já senador Alessandro Vieira de suas campanhas políticas, Danielle negou categoricamente, pontuando que ele sempre esteve à frente, auxiliando seus projetos, mas foi novamente indelicada com Yandra, quando respondeu com um certo “deboche” e provocação que o pai da também pré-candidata é André (Moura), que ele não deve ser escondido e que “infelizmente, eu não tenho pai famoso e articulador”. Uma postura deselegante, sobretudo para quem tanto foi agredida pelo “marketing do mal” em 2020...

Mas a “cereja do bolo” foi com a também pré-candidata Emília Corrêa (PL). Na mesma entrevista Danielle fez uma projeção que o PL (partido de Emília) elegerá dois vereadores, assim como a Federação Cidadania/PSDB. Supondo que Emília fosse eleita prefeita de Aracaju, ela teria quatro parlamentares eleitos pelo seu grupo e outros 22 pela oposição. “Emília terá que sentar e negociar apoios políticos na CMA”, cravou Danielle, sinalizando que sua adversária precisará do “sistema” para governar. E haja polêmica para uma pré-campanha que só está começando...

 

Veja essa!

Em uma entrevista ao radialista Narcizo Machado, na FAN FM, a secretária de Estado Danielle Garcia (MDB) confirmou sua pré-candidatura a prefeita de Aracaju, mas apesar de defender o debate de ideias, sobretudo entre os projetos femininos para a cidade, sobrou ironia para Yandra Moura (União) e uma revelação sobre Emília Corrêa (PL)

 

E essa!

Ao tentar justificar que mesmo tendo sido adversária do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) em 2020, e hoje ambos fazem parte do mesmo agrupamento, “a política é a arte do diálogo” e que Emília Corrêa, se eleita para a PMA, com no máximo quatro vereadores em sua bancada, terá que negociar para ter, possivelmente, maioria numa Câmara Municipal que passará a ter 26 cadeiras a partir do próximo ano.

 

Mais do mesmo?

A pré-candidata Emília Corrêa vê atrasos na gestão de Aracaju e defende um governo completamente diferente e participativo. Pela fala de Danielle Garcia, Emília se “renderia” ao “sistema” em busca da governabilidade na Câmara Municipal? Seria mais do mesmo? Só faltou a secretária dizer quem seria o articulador político deste projeto do PL. Com a palavra a vereadora Emília...

 

Olha a OAB/SE!

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe (OAB/SE), Danniel Costa, apresentou ao Conselho Federal da OAB (CFOAB), o protocolo Unificado de Combate e Prevenção à Violência de Gênero e de Acolhimento às Pessoas em Situação de Violência. A OAB/SE é a primeira Seccional a desenvolver esse documento inédito, que irá colaborar com o protocolo nacional que está sendo elaborado pelo CFOAB.

 

Danniel Costa I

“Montamos o protocolo a partir de uma escuta sensível desenvolvida pela OAB/SE. Este trabalho foi protagonizado, sobretudo, por mulheres, que levaram a sua percepção para que o documento final fosse acolhedor e não permitisse uma revitimização de quem já passou por um grande trauma. Infelizmente, somos o 5º país do mundo em número de mortes de mulheres por questões de gênero. Todas essas mortes e os outros tipos de violência que assolam as mulheres têm o mesmo cerne: o machismo enraizado na sociedade”.

 

Danniel Costa II

“A nossa Seccional quer contribuir mais ativamente para construir uma sociedade mais segura para cada brasileira”, destacou Danniel. O documento foi entregue ao presidente do Conselho Federal, Beto Simonetti, que destacou que o protocolo vem para corroborar com o trabalho que o Conselho vem desenvolvendo no combate à violência contra as mulheres.

 

Mitidieri em BSB

A convite do ministro de Estado da Educação, Camilo Santana, o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, estará em Brasília, nesta terça-feira (28), para participar de uma importante reunião sobre o Compromisso Nacional da Criança Alfabetizada. 

 

Agenda com ministro

O Compromisso Nacional da Criança Alfabetizada é um pacto firmado entre todos os estados brasileiros com o objetivo de eliminar o analfabetismo das crianças nas escolas públicas que, recentemente, alcançou o índice de cerca de 63%. Diante dessa realidade, o papel do Governo Federal será o de coordenar a ação, oferecendo apoio técnico, financeiro e estabelecendo metas em articulação com os entes federativos, almejando promover um crescimento expressivo e sustentável nos índices de alfabetização nos próximos anos.

 

Fábio Mitidieri

“Em Sergipe, estamos firmemente comprometidos com a alfabetização de nossas crianças, e estamos trabalhando incansavelmente para garantir que cada uma delas tenha acesso à educação de qualidade e às oportunidades que merecem para um futuro digno. Juntos, em parceria com o Governo Federal e demais governadores, venceremos essa problemática que ainda assola nosso país”, destacou o governador Fábio.

 

Yandra Moura I

A pré-candidata a prefeita de Aracaju, deputada federal Yandra Moura (União), apresentou, durante entrevista de rádio nessa segunda-feira (27), diversas propostas que está elaborando com os depoimentos que ouviu das pessoas através do projeto “Novos Caminhos para Aracaju’, e que serão apresentadas em seu plano de governo, com destaque para a construção de um novo hospital para atender os moradores da Zona de Expansão, e também para o projeto ‘Cidades Esponjas’ para conter alagamentos nos bairros de Aracaju.

 

Yandra Moura II

A deputada propôs soluções práticas para os problemas crônicos de alagamento em Aracaju. “Não podemos ficar dando essa desculpa de que Aracaju foi construída abaixo do nível do mar. Tem como resolver os problemas de alagamentos, sim. Iremos apresentar o projeto ‘Cidades Esponjas’, que utiliza de vegetação específica para absorver o excesso de água. Já identificamos 15 locais em Aracaju que podem adotar este projeto. Estamos estudando soluções viáveis já aplicadas em outras cidades para conter os alagamentos que deram certo”, explicou Yandra.

 

Yandra Moura III

Yandra destacou a importância de um hospital que esteja aberto após às 18h para atender os moradores da Zona de Expansão. “As pessoas que moram nos bairros mais afastados não podem nem adoecer depois das 18h, senão tem que pegar um transporte e percorrer até 40 minutos para chegarem aos hospitais das Zonas Sul e Norte. Eu assumo aqui o compromisso de construir um hospital 24h na Zona de Expansão”, garantiu Yandra.

 

Zona Norte

Durante a entrevista, Yandra enfatizou ainda a escolha do Bairro 18 do Forte, na Zona Norte, para o pré-lançamento de sua campanha como um gesto de gratidão. “Foi um agradecimento ao povo da Zona Norte que sempre nos acolheu tão bem e também uma demonstração que temos um olhar especial com todas as comunidades. Estamos fazendo uma nova história em Aracaju”, disse.

 

Emília Corrêa I

Durante reunião com moradores do bairro Santa Maria, a pré-candidata a prefeita de Aracaju, Emília Corrêa (PL), anunciou a implantação do primeiro Hospital da Mulher na capital. A unidade funcionará no mesmo espaço da Maternidade Lourdes Nogueira, localizada no bairro 17 de Março, na mesma região. 

 

Emília Corrêa II

“Precisamos de um cuidado especial e humanizado com as mulheres de Aracaju, que hoje sofrem com a falta e demora na realização de consultas, exames e cirurgias. Por isso, dentro do nosso Plano de Governo, iremos implementar o primeiro Hospital da Mulher”, disse. 

 

Emília Corrêa III

Segundo Emília, o hospital terá capacidade para atender o público feminino, em toda a sua linha de cuidado: desde a infância (a partir dos 10 anos de idade) até a terceira idade. "Sou mãe, avó, e sei o quanto é importante garantir esse acesso para as mulheres da nossa capital, com uma atenção especial, fornecendo atendimento especializado e focado em doenças e condições que afetam, predominantemente, as mulheres”, afirmou a pré-candidata. 

 

Reduzir filas

Com o Hospital da Mulher, Emília entende que será possível reduzir filas e tempos de espera; promover prevenção e diagnóstico precoce; além de cuidados personalizados e adaptados às necessidades específicas das mulheres, como programas de saúde materna e neonatal, e suporte para vítimas de violência doméstica.

 

Exclusiva!

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) anunciou através das suas redes sociais, a decisão da Justiça Federal que determina que a Prefeitura de Aracaju faça novas audiências públicas sobre o Plano Diretor e diz que a cidade não se desenvolveu porque a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira não fez o que deveria ter sido feito.

 

Ricardo Marques

“Em todas as audiências, nós alertamos da necessidade de se discutir mais a revisão do Plano Diretor, inclusive incluir mais bairros da capital. Infelizmente a Prefeitura de Aracaju não nos ouviu. O prefeito Edvaldo Nogueira não fez o óbvio durante todo esse tempo de gestão e agora, nos últimos meses para entregar o cargo, está sendo obrigado pela justiça a fazer o que já deveria ter sido feito há muitos anos. A mesma coisa acontece com a licitação do transporte coletivo que só deve acontecer porque a justiça estadual determinou”, disse Ricardo Marques.

 

Bomba!

Nessa segunda-feira, 27 de maio, uma decisão da juíza titular da 1ª Vara Federal de Sergipe, Telma Maria Santos Machado, determinou que a revisão do PDDU só poderá ser encaminhada à Câmara Municipal após a realização de consultas prévias, livres e informadas à comunidade do Quilombo da Maloca, às Catadoras de Mangaba e a outros grupos tradicionais eventualmente existentes no município.

 

Transparência

A sentença também exige que a revisão do PDDU assegure a todos os aracajuanos, ampla e efetiva participação popular, com transparência, publicidade dos atos e realização de audiências públicas proporcionais à quantidade de bairros da cidade, com participação virtual e sem limite de caracteres, o que também garantirá o direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado.

 

Alô Lagarto!

Depois de ser aclamado pelo povo da sua cidade, o ex-prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (Podemos), comunicou oficialmente que irá colocar o seu nome à disposição do povo lagartense como pré-candidato a prefeito. O seu desejo surgiu depois de ser colocado em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais.

 

Valmir Monteiro I

Com quatro mandatos como deputado estadual e dois mandatos como prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro tem uma história política bastante ligada ao seu povo. Ele sempre buscou manter uma relação pessoal com os seus eleitores. Esse perfil fez com que ele se tornasse um político bastante popular, acessível e confiável. Foi essa confiança que gerou o clamor dos lagartenses de ser, mais uma vez, prefeito da sua cidade.

 

Valmir Monteiro II

Segundo Valmir Monteiro, a sua pré-candidatura é o resultado da vontade do povo. “A oposição está fazendo de tudo para desarticular a nossa pré-candidatura, mas eles não estão conseguindo. Todas as pesquisas nos colocam em primeiro lugar. Pela vontade do povo nós temos a maioria no município de Lagarto. Ainda não é o momento de campanha eleitoral, hoje estou cuidando da minha saúde para que amanhã eu possa cuidar do povo da minha cidade”, ressalta.

 

Valmir Monteiro III

“Eu não preciso me apresentar. O povo já me conhece. É por isso que, nas pesquisas, nos colocam em primeiro lugar. A minha história política faz com que o povo me queira de volta.  O meu desejo de voltar é pela vontade do meu povo que confia em mim e no meu trabalho”, finaliza.

 

Olha a Funcap!

A Funcap divulgou na última sexta-feira (24), o resultado final da fase de mérito cultural do edital da Lei Paulo Gustavo - Tarcísio Duarte, voltado para o setor audiovisual. O resultado está disponível no site da Funcap (www.se.gov/funcap), na seção Editais. A entrega de documentação segue até o dia 3 de junho. Dos R$ 33 milhões destinados a Sergipe pela Lei Paulo Gustavo (LPG), R$ 22,8 milhões, foram investidos especificamente no audiovisual sergipano. Na quinta-feira (23), a Funcap já havia divulgado o resultado final dos contemplados no Edital de Premiação Araripe Coutinho, realizado com recursos também da LPG, num investimento total de R$ 630 mil. 118 agentes culturais de Sergipe tiveram seus trabalhos premiados.

 

70 anos do Pio Décimo

A quarta-feira (29) será marcada por uma série de celebrações sobre o aniversário de 70 anos do Grupo Pio Décimo, que fez história e é referência no segmento educacional em Sergipe. Às 10 horas tem uma Missão de Ação de Graças e às 11 horas uma apresentação da Banda Marcial do Colégio Pio Décimo. Os dois eventos ocorrem do prédio da instituição que fica localizado na Rua Estância, 262, na região Central de Aracaju.

 

Templos religiosos

A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) sediou uma Audiência Pública para debater a “Dispensa e Licenciamento Ambiental dos Templos Religiosos”. A iniciativa foi conduzida pelo vereador Pastor Diego (União), que propôs a alteração do Código de Proteção Ambiental do Município, visando reforçar a essencialidade da atividade religiosa, apoiado nas garantias constitucionais da Liberdade de Crença e Liberdade Religiosa.

 

Pastor Diego

O parlamentar defendeu que o município deveria simplificar os procedimentos para o licenciamento ambiental dos templos religiosos, especialmente àqueles que utilizam som, considerando que não se tratam de atividades comerciais comuns. “Opinamos pela alteração da lei municipal que trata sobre o licenciamento ambiental, a fim de conceder procedimentos diferenciados para a Licença Simplificada de Templos Religiosos que utilizam som, considerando não se tratar de atividade comercial comum, além das suas contribuições para nossa sociedade", afirmou Pastor Diego.

 

Apóstolo Paulo

A audiência contou com a participação de diversos líderes religiosos e representantes de instituições públicas, que apresentaram suas visões sobre o tema. O Apóstolo Paulo Fonseca ressaltou a importância das revisões legais, afirmando que a Igreja precisa ser reconhecida e contemplada de forma justa. “Nós precisamos, acima de tudo, de um entendimento de que há uma parcela que está sendo englobada como o secular. E não é, nós somos uma entidade de atividade paralela, somos uma Igreja. Então, nosso ato de fé precisa ser contemplado com este suporte", declarou. Para ele, o debate e a união das religiões em torno desse interesse são essenciais não só para a fé, mas principalmente para a sociedade.

 

Eduardo Matos

O Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Sergipe (MP/SE), Eduardo Matos, enfatizou a necessidade de construir uma legislação específica para templos religiosos, diferenciando-os de estabelecimentos comerciais como bares e casas de show. “Tem que ser construído, no diálogo, uma legislação específica. A utilização dos templos é distinta, tanto em horários quanto em periodicidade”, disse. Ele ainda reforça que “a construção dessas normas deve envolver todos os atores do processo e seguir as recomendações do Conselho Municipal do Meio Ambiente, sempre respeitando a liberdade de crença dos cidadãos”.

 

Julival Rebouças

Por fim, o Promotor de Justiça do MP/SE, Julival Rebouças, ressaltou a importância de garantir a igualdade de todas as religiões no processo legislativo. "Todas as religiões serão contempladas nos projetos de lei elaborados com o intuito de revisar e atualizar a legislação", assegurou Rebouças, promovendo um ambiente de equidade e respeito. A audiência pública demonstrou um esforço conjunto para adaptar a legislação ambiental às necessidades específicas dos templos religiosos, promovendo um debate democrático e inclusivo que busca equilibrar a proteção ambiental com a liberdade religiosa.

 

Higor Trindade I

O jornalista Higor Trindade, amplamente conhecido por suas opiniões incisivas e análises políticas, fez sua estreia no Jornal da Mega 1ª edição, transmitido pela rádio Mega FM 101,5. Trindade, que traz consigo um olhar perspicaz sobre os bastidores do Poder em Sergipe, agora compartilha sua expertise com um público ainda maior.

 

Higor Trindade II

Com uma carreira de oito anos dedicada ao jornalismo político, Higor Trindade construiu uma trajetória sólida. Atuou como colunista em diversos sites e portais antes de assumir a posição de editor-chefe do HT Notícias, um portal que leva suas iniciais e reflete seu estilo jornalístico único. Reconhecido por várias premiações, Trindade também carrega um legado familiar na comunicação sergipana: ele é neto do saudoso Carlos Trindade Mancha (in memoriam), que, junto ao irmão Luiz Trindade (in memoriam), desbravou o campo televisivo no estado, sendo Luiz o primeiro apresentador da televisão sergipana.

 

Higor Trindade III

Sobre a nova etapa em sua carreira, Higor Trindade expressou sua gratidão: "Agradeço primeiramente a Deus por esta oportunidade e à direção da emissora por confiar no meu trabalho. É um privilégio fazer parte de uma equipe tão talentosa e comprometida com a informação de qualidade”. Com a entrada de Higor Trindade, a expectativa é que o Jornal da Mega 1ª edição ganhe ainda mais relevância e profundidade nas análises políticas, refletindo o compromisso da rádio Mega FM 101,5 com a excelência jornalística e a informação de qualidade para seus ouvintes.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT