Políticos suspendem réveillon e carnaval no Brasil, mas e as eleições de 22?

Habacuque, 01 de Dezembro, 2021

Quando todos nós estávamos com os corações arrefecidos com a diminuição dos registros de novos infectados e mortos pelo coronavírus (Covid-19), eis que aparece a variante ômicron da África, apresentando um número de mutações muito maior que a variante Delta, já “conhecida” da população brasileira e extremamente combatida com a campanha de vacinação nacional. O risco de uma elevação nos registros de infectados ascendeu uma “luz amarela” para os gestores públicos brasileiros, como também para cientistas e pesquisadores.

Mesmo sem registros de novos infectados e/ou novas mortes, alguns prefeitos e governadores brasileiros se apressaram em anunciar logo algumas providências, dentre elas o monitoramento dos aeroportos pela Anvisa, além de promoverem o uso de máscara e continuarem incentivando o distanciamento social. Algumas das principais cidades do Brasil, dentre elas, a nossa querida Aracaju, conforme anúncio da própria administração, sobre a não realização de grandes eventos públicos para celebrar a passagem do réveillon.

Outra grande preocupação é com o risco do contágio voltar a crescer com a realização do Carnaval. A “festa momesca” também está sendo descartada em vários pontos do País. Eventos tradicionais como em Salvador (BA), Recife (PE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e tantos outros estão ameaçados. Vale dizer que, a preservação das vidas da população, deve ser sim uma prioridade para qualquer gestor público, seja ele quem for.  E que, para evitar o risco de mais mortes em 2022, que cancelem os festejos de réveillon e Carnaval sem maiores problemas...

Mas não podemos também agir “friamente”! Cancelar um evento deste porte não é como desligar um interruptor! Isso gera inúmeras consequências, em especial, no aspecto econômico. O impacto desses cancelamentos para cidades turísticas, que já se preparam para receber bem os visitantes, é enorme! E aqui a coluna vai muito além do grande artista que foi contratado com antecedência para se apresentar no final do ano ou mais adiante em cima de um trio-elétrico. E como ficam os seus funcionários? E as pessoas que seriam contratadas, na montagem das estruturas, por exemplo?

Mas é preciso ir além do contexto “festa” e pontuar que os cancelamentos afetam hotéis, pousadas, agências de turismo, bares, restaurantes, lanchonetes, taxistas e motoristas de aplicativos, guias turísticos, autônomos que investem em mercadorias e/ou equipamentos...enfim, toda uma cadeia produtiva que depende dos eventos, que movimentam e aquecem a economia. As vidas estão em primeiro lugar, é evidente, mas há muita coisa em jogo e que deve ser considerada antes de se tomar qualquer decisão. Também não podemos viver sob “achismos”! Tudo tem que ser bem calculado...

Agora, se tudo isso parece razoável para você que está lendo esse comentário, algo que não convence este colunista é o cancelamento de eventos como o réveillon e o carnaval, para evitar aglomerações e, ainda em 2022, permitir tranquilamente a realização de campanhas políticas, com comícios, carreatas e “reuniões” e, consequentemente, uma eleição! Você permitir que toda uma cadeia produtiva sofra, que a economia seja impactada, com muita gente passando fome e dificuldade, e ter um “peso diferenciado” para a política, é algo que o povo não aceita. Cenas dos próximos capítulos...

 

Veja essa!

O voto do senador Rogério Carvalho (PT) a favor do orçamento secreto no Congresso Nacional “azedou” de vez a relação do político com um grupo de petistas em Sergipe que não desejavam sua candidatura a governador. A turma joga com o descumprimento a uma orientação da Executiva nacional e uma “ajuda” para o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

 

E essa!

Já há quem defenda que o Partido dos Trabalhadores em Sergipe recue de uma pré-candidatura própria e busque a reconciliação com o governador Belivaldo Chagas (PSD). Como pré-candidato natural da situação, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) “amola o dentes” e, por essa, nem o “galeguinho” contava...

 

“Pancadão”

O voto a favor do Orçamento Secreto, segundo Rogério Carvalho (e ele tem, como legislador, o direito de votar como bem entender) o colocou em uma situação desconfortável, em especial perante a “grande mídia” que a todo custo tenta atacar o presidente da República. Desta vez, Rogério deixou de ser “pedra”, virou “vidraça”...

 

Sem Valmir e o PL

Pior é que, um dia após o polêmico voto a favor do orçamento secreto, Rogério Carvalho se viu cada vez mais distante do PL (agora o partido do presidente Jair Bolsonaro) e do ex-prefeito Valmir de Francisquinho e seu grupo, que não demonstram interesse em deixar a legenda. Como a política é dinâmica, não? Há cerca de um mês Rogério estava em total evidência no final dos trabalhos da CPI da Pandemia. A “nuvem ganhou outra forma”...

 

Segue favorito

Este colunista já falou sobre isso e vai antecipar algo bem antes de muita gente que “lá na frente” vai sair dizendo: “eu acertei”, “eu antecipei”, “eu disse primeiro”...o pré-candidato a governador da base aliada, seja lá quem for o “escolhido”, vai caminhar até outubro como “franco favorito” e, dificilmente, o “galeguinho” Belivaldo Chagas não fará seu sucessor em Sergipe. A oposição segue em frangalhos. Só não vê, quem não quer...

 

Olha a Renascer!

Mais um escândalo na Fundação Renascer! Desta vez trata-se de uma empresa (MASTERSERV EMPREENDIMENTOS EIRELI ME, MASTERSEV) que realiza serviços sem qualquer previsão contratual e sem nenhum escrúpulo (método praticado constantemente pela atual gestão do órgão) ainda relata no corpo da fatura (Nota Fiscal), que os serviços prestados sem cobertura contratual estão em analise e serão faturados posteriormente! Um absurdo!

 

Na sombra da mangueira

Outro agravante é um (a) fiscal atestar um processo desses para pagamento! Segundo uma fonte, a fiscalização desse contrato está sob a responsabilidade da mesma pessoa que atesta as faturas da ANKORA, aquela empresa que recebe por alguns serviços que não são prestados de acordo com o contrato celebrado. A fonte ainda esclareceu que todo esse “bolo” foi causado por uma senhorita, bem conhecida de todos, ganha um picolé de manga quem adivinhar...

 

Sempre elas

A “senhorita”, mesmo recebendo recomendações da Secretaria de Estado da Transparência, continua com as “velhas práticas”, confiando na “sombra da mangueira”. Num passado recente a fiscal que atestou o contrato gerou um prejuízo à Fundação Renascer por negligência em descumprimento de prazo, algo que estranhamente teria sido “abafado” com a garantia de “relevantes serviços” seriam prestados em contrapartida. Oscar, Oscar! Em breve você terá que correr para se defender de possíveis “improbidades” que tendem a cair nos seus ombros, outra prática antiga no órgão...

 

Luciano na fita

Pré-candidato a deputado federal, o deputado estadual Capitão Samuel (PSC) defende, abertamente, o nome do colega Luciano Bispo (MDB) como melhor opção para disputar o governo do Estado em 2022. Samuel entende que o presidente da Alese é quem mais agrega aliados para vencer a eleição. Luciano, por sua vez, mantém o discurso de homem de grupo e que vai acompanhar a decisão do coletivo.

 

Bomba!

Chega a informação que a Comissão de Licitação do município de Ilha das Flores estaria sendo denunciada, formalmente, junto aos órgãos de controle e fiscalização por supostos descumprimentos dos princípios básicos da legislação. A coluna está apurando os fatos...

 

Exclusiva!

Em Ilha das Flores são fortes os rumores de supostos favorecimentos de licitantes com proximidade a membros da própria administração. Pessoas que, segundo informações, estão “atuando” em outros municípios do Estado. Já existe uma “turma” de “olhos abertos” para essas operações...

 

PDES na CMA I

A Assembleia Legislativa de Sergipe promoveu mais uma audiência do Fórum Itinerante do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe (PDES), no final da tarde dessa terça-feira (30), em Aracaju, no plenário da Câmara Municipal, com uma exposição para os vereadores e empresários da capital. O presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), falou da satisfação em promover uma discussão sobre o futuro de Sergipe.

 

PDES na CMA II

O PDES é uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Sergipe em parceria com a Fundação dom Cabral, ouvindo mais de 70 atores da cadeia produtiva do Estado, para a elaboração do Plano, tanto do setor privado quanto do serviço público. O Plano de Desenvolvimento detalhou a necessidade de se conhecer o passado e o presente para projetar o futuro, pontuando a importância para o crescimento de Sergipe, quanto à geração de emprego e renda. 

 

Luciano Bispo I

Por iniciativa do deputado estadual Luciano Bispo (MDB), as audiências do PDES estão sendo realizadas nas Câmaras Municipais para que os políticos e empresários do Estado possam conhecer os problemas e potencialidades de suas respectivas regiões. Luciano agradeceu o apoio do presidente Nitinho e disse que “como presidentes de Casas Legislativas temos que ter o espírito democrático e saber que comandamos as Casas dos Iguais”.

 

Luciano Bispo II

“Todos temos nosso lado político, mas temos que respeitar as opiniões contrárias. Quando sou consultado por Associações e Sindicatos deixo bem claro que sou governo, mas sou um homem que gosta de ouvir, tanto que escutei do empresário Geraldo Magela e não tirei da cabeça que Sergipe precisava de um Plano de Desenvolvimento”, completou Luciano, garantindo que em breve pretende fazer uma discussão maior.

 

Luciano Bispo III

O presidente da Alese disse que o sucesso das audiências do Fórum Itinerante do PDES é tão grande que outros seis municípios já manifestaram interesse em promover a discussão e destacou que o prefeito de São Domingos gostou tanto da iniciativa que quer aperfeiçoá-lo produzindo uma cartilha. “Se fosse apenas um Plano frio, certamente ele seria engavetado. Agradecemos a recepção em Aracaju e precisamos apoiar e ampliar esse grande debate. Nosso técnicos estão à disposição para dúvidas e sugestões.

 

Nitinho I

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju, vereador Joenito Vitale (PSD), o “Nitinho”, enalteceu a postura de Luciano Bispo e sua iniciativa de procurar a Fundação Dom Cabral, estabelecer uma parceria e promover um estudo tão aprofundado sobre os problemas e potencialidades do Estado. “Este é um plano fundamental, dentro do meu entendimento, ainda mais agora, quando estamos vivendo um momento de retomada econômica no pós-pandemia”.

 

Nitinho II

Nitinho lembrou que 2022 será um ano de disputas eleitorais e que este Plano será ainda mais relevante porque projeta o Estado até 2030. “Estamos discutindo o desenvolvimento sustentável de Sergipe, para que todos se unam, prefeitos, da capital e do interior, e o próprio governo do Estado. A intenção de todos aqui é garantir a geração de emprego e renda, garantir oportunidades para o nosso povo”.

 

Debate

Em seguida, coube ao coordenador do PDES, Marcelo Barberino iniciar a apresentação técnica do Plano, externando, dentre outras coisas, o processo de desinvestimento que estávamos vivenciando ainda por conta dos efeitos da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Marcelo registrou ainda que foram ouvidos mais de 70 atores da cadeia produtiva do Estado para a elaboração do Plano, tanto do setor privado quanto do serviço público.

 

Marcelo Barberino

“Nós identificamos os problemas e as potencialidades dentro do nosso território. Nosso apontamento revela e mostra o direcionamento para o futuro, revelando qual a grande necessidade que temos e explica onde queremos chegar. A grande vantagem é que nós podemos mapear tudo isso de olho em novos investidores, detalhando cada um dos setores. Hoje não estamos mais no escuro, temos um norte, uma luz. Por isso esse PDES representa uma espécie de divisor de águas”, avalia Barberino.

 

Fernando Carvalho I

Por sua vez, o também assessor técnico e economista Fernando Carvalho, explica que entre as principais dificuldades encontradas pelo Plano nos municípios são os precatórios e restos a pagar; a autonomia limitada; a deficiente prestação de serviços públicos; a falta de capacitação de quadro técnico; e a dependência financeira. “Diferente do setor privado, o público só pode fazer aquilo que a lei determina e o cidadão sente muito quando precisa da prestação dos serviços do setor”.

 

Fernando Carvalho II

Fernando defendeu uma Reforma Tributária mais justa, pontuando que os problemas são sentidos e registrados nos municípios que detém apenas 10% do bolo tributário, com 20% para os Estados e 70% para a União. “Aí todos os anos nós vemos aquela procissão de políticos em Brasília com pires nas mãos buscando emendas, caso contrário, não conseguem produzir nada de mais em seus municípios”.

 

Fernando Carvalho III

Por fim, Fernando defendeu a inovação e modernização das gestões, com uma melhor relação com o setor produtivo, sem qualquer discriminação com as relações formalizadas entre o público e o privado. “Essa relação precisa ser azeitada! O serviço público não pode ser a principal fonte de renda dos municípios. Não há emprego para todo mundo e não dá para aceitar mais este tipo de dependência. Precisamos de mais cidades inteligentes, cidades digitais”.

 

Janier Mota I

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a deputada estadual Janier Mota (PL) participou da inauguração de mais uma etapa da reestruturação do Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG) de Itabaianinha. A parlamentar já destinou quase meio milhão de reais em emendas parlamentares (2020 e 2021) para a unidade hospitalar filantrópica, que completou 80 anos de existência.

 

Janier Mota II

Na solenidade, foi inaugurado, oficialmente, o novo hall e a nova recepção do São Luiz Gonzaga, que foram reformados graças a recursos oriundos de convênio com o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), através do Juízo de Direito da Comarca de Itabaianinha.

 

Janier Mota III

“A inauguração desta etapa do nosso São Luiz Gonzaga é um marco muito importante para Itabaianinha. É um presente muito especial que a população recebe. O nosso velho, quase centenário, hospital, que presta um relevante papel na história de nossa cidade, está repaginado e lindo para atender aos pacientes que o procuram”, afirmou a deputada.

 

União de forças

Janier Mota ressaltou que toda a evolução do HSLG, além de seus esforços como deputada, se deve também aos esforços da atual gestão e dos parceiros. “Voluntários; o nosso juiz Roberto Alcântara, que cumpre o seu papel lindamente em nossa cidade; a interventora do São Luiz Gonzaga, Glícia Fontes, e toda sua equipe, que com maestria e profissionalismo toca essa unidade; o prefeito Danilo Carvalho, um grande parceiro; e ao Governo do Estado, que prometeu ajudar o hospital naquilo que pudesse quando assumi meu mandato de deputada”, elencou.

 

Novos equipamentos

Ainda na solenidade, também foi celebrada a chegada de novos equipamentos hospitalares adquiridos pelo São Luiz Gonzaga por meio de emenda parlamentar 2020 de Janier Mota, no valor de R$ 125 mil: dois monitores multiparâmetros, um desfibrilador bifásico/monitor, seis poltronas reclináveis para nebulização e duas camas automáticas.

 

Mais R$ 350 mil

Durante o seu discurso na inauguração, Janier Mota informou ao público presente que o HSLG receberá, em breve, após a finalização dos trâmites legais por parte do Governo do Estado, mais R$ 350 mil referente à emenda parlamentar de 2021. Com este recurso, será possível o hospital adquirir um aparelho de ultrassonografia, um aparelho de Raio-X e implementar um Laboratório de Análises Clínicas.

 

Emendas

“Como bem disse em meu discurso, me sinto com o dever cumprido, pois a lição de casa tenho feito. Estou muito feliz em poder contribuir com o desenvolvimento do São Luiz Gonzaga e de Itabaianinha como um todo, destinando a maior parte de minhas emendas parlamentares”, ressaltou a deputada.

 

Hospital São Luiz Gonzaga

A direção do Hospital São Luiz Gonzaga reconhece toda ajuda dada pela deputada. “Janier Mota merece toda nossa gratidão e reconhecimento por todo o trabalho prestado à saúde do Estado e, em especial, a cidade de Itabaianinha. Nós, que fazemos parte do HSLG, encontramos uma amiga que acreditou nesse projeto de mudança desde o início. O nosso hospital já é um idoso, tem 80 anos. Mas, apesar dessa idade longeva, por meio desta nova gestão, vem se tornando cada dia mais jovem, belo e ativo”, se posicionou, em nota, a unidade de Saúde.

 

Gustinho e Lira I

O deputado federal Gustinho Ribeiro e a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro, receberam o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; o ministro da Cidadania, João Roma Neto e o sub-procurador Geral da República, Luiz Augusto. Eles vieram a Sergipe para participar do leilão que arrecadou fundos para o Hospital de Amor em Lagarto.

 

Gustinho e Lira II

Antes do início do leilão, foi realizada uma confraternização no haras da família Ribeiro. Em seguida, no Parque das Palmeiras, aconteceu o Leilão do Amor. De acordo com Jonatas Dantas, vice-presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Quarto de Milha (ABQM) e idealizador do evento, o leilão arrecadou mais de R$ 1,5 milhão. Todo o valor será destinado para ajudar na construção do hospital de Amor, que será referência para o nordeste brasileiro em tratamento do câncer.

 

Gustinho e Lira III

“Gostaria de agradecer a todas as pessoas envolvidas neste leilão. Ao senhor Henrique Prata, a Geraldo Magela e a todos os criadores de Quarto de Milha em nome de Caco Auricchio. Este evento é um evento de amor ao próximo. Ele será muito significativo na vida dos sergipanos. Poder contribuir com a construção desse hospital é um marco em nossas vidas”, afirmou Gustinho Ribeiro.

 

João Daniel I

O deputado federal João Daniel (PT/SE) é autor do projeto de lei 3337/2021, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), para dispor sobre o vínculo empregatício entre as empresas operadoras de aplicativos e os trabalhadores que exercem as atividades de transporte de passageiros ou entrega de mercadorias. Para o parlamentar, essa medida é essencial para a proteção dos trabalhadores que prestam serviço por meio de aplicativos, seja no transporte de passageiros ou na entrega de alimentos e mercadorias.

 

João Daniel II

“E essa proteção se dá a partir do reconhecimento da existência do vínculo empregatício e dos direitos trabalhistas dele decorrentes”, destaca. Segundo João Daniel, há alguns anos já se observa no Brasil o crescimento da prestação de serviços por meio de aplicativos, especialmente os de transporte de passageiros (Uber e outros) e entrega de mercadorias (Uber Eats, iFood, Rappi, etc). “Essas empresas operadoras dos aplicativos lucram cada vez mais com a ampliação desse mercado. Entretanto não temos visto melhorias no que se refere às condições de trabalho dos motoristas e entregadores. Ao contrário, a tendência é de precarização do trabalho, especialmente ainda mais agora durante a pandemia”, diz.

 

Maria e o 14º

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) é favorável ao pagamento do chamado 14º salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “Principalmente, nesse momento em que muitos aposentados e pensionistas que tinham renda extra, acabaram tendo dificuldade de mantê-la em virtude da pandemia, passando a contar apenas com os vencimentos”,

 

Dobra o pagamento

O Projeto de Lei (PL) 4367/2020 foi aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. De autoria do deputado federal Pompeo de Mattos (PDT/RS), a propositura dobra o pagamento do 13º salário nos anos de 2020 e 2021, instituindo, na prática, o pagamento de um 14º salário emergencial, em decorrência dos impactos econômicos da pandemia da Covid-19.

 

Fábio Mitidieri

Relator do Projeto de Lei na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) informou que a concessão do benefício em dobro tem como objetivo amenizar o impacto econômico causado pela pandemia da Covid-19 entre os segurados, principalmente os de baixa renda. Agora, o PL segue para a análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, e sendo aprovado, seguirá para o Senado Federal.

 

Anseio grande

A propositura, segundo Maria do Carmo Alves, materializa um anseio de milhões de pessoas que tiveram a antecipação das parcelas do 13º salário para os meses de abril e maio de 2020. “No final do ano essas pessoas não terão mais os valores do 13º para auxiliar nas despesas que se apresentam em maior quantidade nesta época, como IPTU, entre outros”, observou.

 

Impacto social

A senadora lembrou que o adiantamento do 13º salário dos aposentados e pensionistas teve um impacto social muito importante neste período de pandemia, pois muitas famílias se socorreram desses benefícios pagos pelo INSS para sobreviveram. De acordo com o PL 4367/2020, o abono será limitado ao valor de até dois salários mínimos e as parcelas serão pagas no mês de março dos anos de 2022 e 2023. 

 

Iran Barbosa I

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) esteve na Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), acompanhando lideranças de associações dos Territórios Quilombolas de Brejo Grande, para dialogar com o secretário Zeca da Silva sobre problemas que têm afetado as comunidades quilombolas daquela região, especialmente os relacionados a execuções do Projeto Dom Távora, do governo do Estado de Sergipe, em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, que está em fase de conclusão.

 

Iran Barbosa II

“São muitos os problemas nas comunidades daquele Território, especificamente, alguns remanescentes da execução do Projeto Dom Távora, que está praticamente sendo concluído, mas deixou algumas pendências que precisam ser resolvidas. E, óbvio, aproveitando a presença do secretário, outras demandas daquelas comunidades também foram apresentadas”, detalhou o parlamentar.

 

Visita in loco

Iran Barbosa agradeceu a atenção do secretário Zeca da Silva às demandas apresentadas e destacou que foi feito o convite para que o titular da Seagri pudesse visitar as comunidades e verificar “in loco” os problemas apontados pelas lideranças quilombolas, alguns dos quais, de solução relativamente simples; mas também, para conhecer de perto os vários potenciais da região.

 

Coopanest

A Cooperativa dos Anestesiologistas de Sergipe (Coopanest-SE) fez mais uma entrega de materiais e insumos à título de doação, para o recém-inaugurado Hospital da Criança Dr. José Machado de Souza, localizado no bairro José Conrado de Araújo, na zona oeste de Aracaju.

 

Roberto Santos Menezes

De acordo com o presidente da Cooperativa, Dr. Roberto Santos Menezes, a ação é de contribuição ao trabalho realizado pelos médicos anestesiologistas e de responsabilidade social. “Esse trabalho faz parte do compromisso de nossa gestão em ajudar a criar meios e condições que facilitem a atuação, não só do médico anestesiologista, mas também da equipe e, principalmente, que resultem em benefício para a população”, declarou.

 

Renata Valadares

Para a diretora administrativa do Hospital da Criança, Renata Carvalho Valadares, a doação vai acelerar a abertura do Centro Cirúrgico do Hospital. “Nós estamos precisando abrir o Centro Cirúrgico o mais rápido possível para que a gente possa atender as crianças a nível de cirurgia de urgência e cirurgias eletivas também, pra isso a gente está precisando de uma grande quantidade de materiais para anestesia e cirurgias e, graças a Deus, contamos com a ajuda dos anestesistas, que se disponibilizaram a nos doar esses materiais”, explicou.

 

Mulheres de Peito I

A Associação Mulheres de Peito promoveu um ato no Ministério Público de Sergipe (MPE/SE) com o intuito de cobrar uma solução para as constantes negativas de cintilografias para pacientes oncológicos pela Secretaria Municipal de Saúde. Na oportunidade, foi protocolado um pedido de reunião com o promotor responsável pela área com a participação da secretária.

 

Mulheres de Peito II

“É um exame essencial para a detecção de metástase que precisa ser feito trimestralmente e quem tem que dizer isso é o médico e não a secretaria de Saúde. Por isso protocolamos este pedido no MPE de que será marcada uma reunião com a secretaria para que tome uma providência urgente quanto a isso”, detalhou a vice-presidente da Associação, Sheyla Galba.

 

Sheyla Galba

Ao protocolar o documento, o MPE/SE garantiu que será marcada uma reunião com a secretaria. “E assim que tiver o resultado entra em contato com as Mulheres de Peito. Seguiremos lutando até que este problema seja resolvido, porque a vida vale à pena e essas mulheres precisam fazer a cintilografia com urgência”, salientou Sheyla Galba.

 

Senac/Glória I

O Centro de Educação Profissional do Senac em Nossa Senhora da Glória está com turmas abertas para cursos de diversas áreas, dentre eles um que foi uma solicitação dos moradores da cidade: o curso técnico em Rádio e TV. Para atender a esta demanda, o Senac construiu e equipou dois modernos estúdios de rádio e de televisão na maior unidade pedagógica do sertão sergipano, inaugurada no dia 14 de outubro. 

 

Senac/Glória II

Para a primeira turma de Rádio e TV do Senac Glória foram abertas 20 vagas, das quais restam apenas algumas matrículas disponíveis. As aulas terão início na próxima quinta-feira, 02 de dezembro, e acontecerão de segunda a sexta-feira no turno da noite, totalizando 800h de carga horária.  No mercado de trabalho, o profissional de Rádio e TV pode atuar em emissoras de rádio e televisão apresentando, produzindo, dirigindo e editando programas. Também é comum encontrar estes profissionais em empresas de publicidade ou trabalhando como autônomos, desenvolvendo projetos sob demanda dos clientes. 

 

Priscila Felizola I

Diretora regional do Senac, Priscila Felizola reforça a tradição do curso de Rádio e TV ofertado pela instituição de ensino profissionalizante. “Este curso é um dos carros-chefes do nosso portfólio. Sempre que abrimos turmas em Aracaju, todas as vagas são preenchidas em pouco tempo, formando até lista de espera. E nós não poderíamos deixar de levar este curso para o Senac Glória, até mesmo para atender a uma demanda dos moradores da região”, disse a diretora.  

 

Priscila Felizola II

“O curso técnico em Rádio e TV do Senac é reconhecidamente um curso de alto nível, responsável por formar profissionais realmente capacitados para o mercado de trabalho. É possível encontrar vários egressos nossos trabalhando nos veículos de comunicação de todo o Estado, e isso nos enche de orgulho”, completou Priscila. 

 

Outros cursos I

Além do curso técnico em Rádio e TV, o Senac Glória está com turmas abertas para títulos nas áreas de Beleza, Informática, Saúde, Gestão e Negócios e Gastronomia e Produção de alimentos. Com carga horária de 18h a 40h, as aulas acontecerão presencialmente nas novas e modernas instalações da unidade educacional. Na área da Beleza, ainda é possível se matricular em Corte e escova, Penteados, Design de sobrancelhas e Técnicas de esmaltação. Já no segmento de Informática, está aberta a turma de Formatação de computadores, instalação de sistema operacional e aplicativos, além de Informática básica. 

 

Outros cursos II

Na área da Saúde, as opções são: Primeiros socorros, Assistência de Enfermagem com paciente ostomizado e Assistência de Enfermagem materno-infantil. No eixo Gestão e Negócios, estão abertas as turmas de Desenvolvimento de equipes, E-Commerce: vendendo no comércio eletrônico, e A arte de se comunicar e vender mais. Em Gastronomia, está disponível o curso de Preparo de bolos e tortas. 

 

Matrículas

As matrículas podem ser feitas no site www.se.senac.br ou presencialmente no Senac Glória, localizado à Rua Manoel Francisco de Andrade, nº 100 Bairro Silo, das 8h às 22h. “É importante ressaltar que esta programação abrange os últimos meses de 2021, a partir da inauguração do Senac Glória no mês de outubro. No próximo ano a unidade contará com uma programação nova e mais recheada, contendo uma diversidade maior de cursos e uma quantidade maior de turmas”, reforçou Priscila Felizola. 

 

Onco Hematos I

A clínica Onco Hematos encerra o mês de novembro alertando à população para a importância do diagnóstico precoce aos diversos tipos de câncer. Este mês de novembro, além da Campanha Novembro Azul, para conscientizar os homens sobre o câncer de próstata, foi também o mês de alerta para o combate ao câncer infanto-juvenil. No dia 23 de novembro, foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-juvenil, e no dia 27 foi comemorado o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Câncer, além do Dia Nacional de Luta contra o Câncer de Mama.

 

Onco Hematos II

A Onco Hematos mantém o seu papel de incentivar à sociedade para procurar um médico e realizar consultas e exames regularmente. “Agora, com a flexibilização da pandemia da covid-19, a população precisa retomar a realização dos exames periódicos que são essenciais para o diagnóstico de diversas doenças, inclusive do câncer”, alerta o oncologista da Onco Hematos, Miguel Tenório.

 

Ferreira Costa I

Receber presentes de Natal no final de ano já faz parte da tradição de muitas famílias, mas é exatamente nesta época que as crianças em situação vulnerável se sentem mais desamparadas. Pensando nisso, a Ferreira Costa promove em suas lojas mais um Natal Solidário. Todos os anos, Home Center realiza a ação de arrecadação de brinquedos para crianças carentes. Para participar, basta escolher uma das cartinhas da nossa árvore de Natal, comprar o brinquedo que a criança escolheu e entregar na loja até o dia 10 de dezembro. 

 

Ferreira Costa II

As árvores estarão na entrada das lojas da Imbiribeira, Tamarineira, Garanhuns, Caruaru, João Pessoa, Aracaju e Salvador, e as crianças contempladas ficam em instituições próximas a essas localidades. Os presentes podem ser entregues na própria loja. A Ferreira Costa se encarregará de entregar todas as contribuições nas instituições beneficiadas até o dia 18 de dezembro. Em Aracaju serão presentadas 120 crianças do Instituto CUFA - SERGIPE.

 

Alô Monte Alegre!

No último dia 24 aconteceu o Festival de Arte e Cultura no Município de Monte Alegre, com apresentações Culturais de Quadrilha Junina, Grupo de teatro, Grupo de capoeira, Grupo de escritores, Feira do artesanato, Grupos das Cavalgadas e aboiadores, além de comidas típicas e apresentações de cantores gospel e outros grupos musicais. A presidente da Fundação de Saúde Parreiras Horta, Luciana Déda Chagas estava prestigiando ao lado da Presidente da Funcap, Conceição Vieira, e outras autoridades.

 

Emancipação Política

Os eventos fazem parte dos 68 anos de Emancipação Política da cidade. No dia seguinte houve cortejo com a Banda Filarmônica Padre Manoel Araújo e hasteamento da bandeira do Município. Nesse domingo (28) foi realizado um Torneio de Futebol com várias equipes da cidade, com premiação do 1° ao 4° lugar, com a arbitragem da Federação Sergipana de Futebol.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com  e habacuquevillacorte@hotmail. com

 

 

 

O que você está buscando?