Quem foi Dona Jovem? (por Antonio Samarone)

Antonio Samarone, 02 de Janeiro, 2021

Quem foi essa “Dona Jovem”, que a Prefeitura de Aracaju insiste em homenageá-la, dando o seu nome a uma importante Unidade de Saúde em Aracaju?

Em 17 outubro de 1959, o (Posto de Puericultura Dona Jove) atual Unidade de Saúde da Família Dona Jovem, no bairro Industrial, estava em festa pelo encerramento da Semana da Criança, patrocinada pela Nestlé.

Presentes às festividades o Governador Luiz Garcia, o Diretor do Departamento de Saúde Pública, Dr. João Batista Lima, e o Diretor da Unidade, Dr. José Machado de Souza e Prefeito da Capital, José Conrado de Araújo.

Esse Posto de Saúde, vinculado à época ao Departamento de Saúde Pública do Estado, foi totalmente construído (1957) com recursos (cerca de um milhão de cruzeiros) do Comendador Ariston Azevedo, sergipano de Nossa Senhora das Dores, importante empresário no campo da indústria têxtil em São Paulo.

O terreno foi doado por Joaquim Ribeiro, proprietário da Fábrica Confiança.

O nome do Posto é uma justa homenagem a genitora do Comendador, Dona Joventina Azevedo.

Gente rude, vocês mudaram o nome da homenageada. Dona Joventina Azevedo (Jove), nunca se chamou Dona Jovem.

Senhor Prefeito Edvaldo Nogueira, não custa nada restituir a memória da Saúde Pública em Aracaju.

“Unidade de Saúde da Família Dona Jove”.

Antonio Samarone (médico sanitarista)

O que você está buscando?