Em Sergipe, esqueceram os Idosos. (Por Antonio Samarone)

Antonio Samarone, 05 de Fevereiro, 2021 - Atualizado em 05 de Fevereiro, 2021

 

A vacinação se arrasta a passos de tartaruga na Província. Foram vacinados apenas 25 mil pessoas em quinze dias, 1% da população. Sergipe utilizou apenas 33% das doses recebidas, segundo o mapa do G1.

Esse ritmo atende as conveniências da politicagem local.

A vacina está sendo ofertada em Aracaju, como um privilégio concedido. Em cada local visitado para a vacinação, ocorre uma solenidade, para se exaltar a diligência da autoridade.

Sergipe ainda não anunciou quando começará a vacinação dos idosos. Uma afronta ao grupo mais vulnerável, com maior mortalidade. Senhores, isso é uma perversidade burra.

O Governador da Bahia ingressou com uma ação no Supremo, solicitando autorização para o Estado comprar a vacina russa, a Sputnik V. Ele sabe que o Governo Federal está empurrando com a barriga. Bolsonaro é abertamente contra a vacinação.

Os Sanitaristas calculam que precisamos atingir a cobertura de 70%, para atingirmos o patamar da imunidade coletiva e estancarmos o contágio. Sergipe chegou a 1% em quinze dias.

Nesse ritmo, chegaremos à cobertura necessária em 1050 dias, ou seja, às vésperas da próxima eleição.

Na parte do enfrentamento coletivo da Pandemia, entre as ações de Saúde Pública adotadas, Sergipe anunciou ontem medidas cosméticas, irrelevantes e, mesmo assim, de boca para fora. Nada será fiscalizado.

O Negacionismo venceu? Acorda Sergipe!

Antonio Samarone (médico sanitarista)

O que você está buscando?