Conflito familiar explode na política de Itabaiana com desabafos de Jéssica Cunha

O cenário político de Itabaiana, geralmente tumultuado, viu um novo capítulo de tensões familiares e políticas nesta semana. Jéssica Cunha, sobrinha de figuras proeminentes na política local, Agnaldo de Verso e Nenê de Verso, concedeu uma entrevista ao apresentador Aélio Santos no “Jornal da Manhã” da FM Itabaiana que ecoou fortemente no município. Suas declarações trouxeram à tona um misto de desabafo pessoal e crise de apoio familiar, criando uma tempestade de repercussões no meio político.

Jéssica abriu seu coração, revelando a falta de apoio de sua própria família em sua caminhada política. “Sobre a desistência da candidatura, hoje eu não tenho interesse nenhum em desistir,” disse ela. “Ainda ontem eu estava com o pensamento de muita tristeza e contrariedade diante dos fatos que vêm acontecendo,” declarou Jéssica.

O impacto das palavras de Jéssica Cunha foi amplificado pelos áudios vazados de seu pai, Gilson Cunha. Em um desabafo sincero, Gilson expôs os bastidores da briga política entre Agnaldo e Valmir, aconselhando sua filha a não se envolver no que ele chamou de “briga de cachorro grande”. “Por causa dele que Jéssica não tá conseguindo trabalho, por causa do Agnaldo,” afirmou Gilson.  Agnaldo, que é vice na chapa do pré-candidato, Edson Passos, foi duramente criticado por Gilson, que ressaltou a falta de cumprimento de promessas e a consequente divisão familiar.

Apesar das adversidades, Jéssica Cunha mantém seu foco e mencionou o apoio do Deputado Estadual Luciano Bispo e do Governador Fábio Mitidieri. “Eu já venho buscando o acordo há uns 5 meses, tentando sempre o bem comum,” disse Jéssica. Ela pretende avançar com sua candidatura de forma independente.

Agora resta a expectativa sobre como esses acontecimentos irão influenciar a campanha eleitoral e quais serão as implicações para todos os envolvidos.

REDES SOCIAIS

Mais Lidas

CATEGORIAS

Notícias Relacionadas