Incrições da Educação Profissional e Tecnológica abrem esta terça, 9

A Educação Profissional e Tecnológica (EPT) é uma modalidade educacional prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), cuja finalidade é preparar o alunado para o exercício de profissões, contribuindo para que o cidadão possa se inserir e atuar no mercado de trabalho e na vida em sociedade. De 149.446 alunos matriculados na rede pública estadual de ensino, 8.481 estão cadastrados na Educação Profissional e Tecnológica de Sergipe. Aos interessados, o período de inscrições ficará aberto de 9 a 16 de julho, por meio do Portal da Matrícula da Seduc. (https://matriculaonline.seduc.se.gov.br/).

Atualmente, a rede pública estadual conta com 59 instituições de Educação Profissional e Tecnológica (ETP), das quais 14 são Centros de Excelência em Educação Profissional. A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc) oferta 41 cursos em 14 eixos tecnológicos distribuídos nessas unidades de ensino. Os principais são os de Enfermagem, Nutrição e Dietética, Segurança do Trabalho, Informática e Redes, Administração e Automação Industrial. Também estão sendo ofertados os cursos de Petróleo e Gás, Saúde Bucal, Cuidador de Idosos, Modelagem do Vestuário, Gerência em Saúde, Energias Renováveis, Agroecologia, entre outros.

O diretor do Serviço de Educação Profissional da Seduc, Francisco de Assis, informa que no segundo semestre deste ano serão disponibilizadas vagas em Educação Profissional e Tecnológica (EPT) somente na modalidade Subsequente. “São alunos portadores de certificado do Ensino Médio já egressos da rede ou de outras instituições ou até de outro curso técnico”, explica.

Na avaliação do aluno do curso Técnico de Agente Comunitário de Saúde, no Centro de Excelência em Educação Profissional José Figueiredo Barreto, Wladimy Dias, de 26 anos, morador de Itaporanga d’Ajuda, realizar um curso de ensino profissionalizante tem um significado importante. “Por meio do curso de EPT estou adquirindo habilidades e conhecimentos necessários para ingressar no mercado de trabalho e conquistar oportunidades que somente com o nível médio seriam bem mais difíceis. A formação técnica fornecida pelo curso me permitirá não apenas conseguir um emprego, mas também me destacar e crescer profissionalmente, como uma carreira sólida”, enfatiza.

Mercado de trabalho

A Educação Profissional e Tecnológica pode ser oferecida de diferentes formas. No ensino médio, por exemplo, pode ser integrada na mesma instituição de ensino, concomitante em matrículas diferentes para nível médio e técnico; e Subsequente realizado após a conclusão do ensino médio. Essa modalidade educacional pode ser ofertada tanto no ensino médio quanto no ensino superior.

Na prática, a Educação Profissional e Tecnológica pode oferecer benefícios para jovens e adultos, como unir a prática no processo de aprendizado; incentivar o início da carreira e da formação contínua; e permitir o autoconhecimento sobre as habilidades.

O aluno egresso do curso Técnico em Nutrição, e atual aluno do Técnico de Cuidador de Idosos, do Instituto de Educação Rui Barbosa (IERB), Luan Ferreira de Brito, 34, residente em Nossa Senhora do Socorro, comenta que nos dias de hoje o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exigente. “Os cursos técnicos surgem como uma excelente opção para aqueles que desejam ingressar rapidamente no mercado de trabalho com habilidades práticas especializadas. Além disso, esses cursos são acessíveis, muitas vezes gratuitos, e preparam os alunos para atender às demandas específicas da economia local, impulsionando o desenvolvimento regional”, finaliza.

Fonte: Governo de Sergipe

REDES SOCIAIS

Mais Lidas

CATEGORIAS

Notícias Relacionadas