I Encontro Pedagógico do Senac em Tobias Barreto aborda saúde mental e alinhamento pedagógico

Redação, 27 de Fevereiro , 2024

Abrindo as comemorações dos 30 anos de fundação do Senac Tobias Barreto, o Centro de Educação Profissional Josafá Ribeiro de Almeida realizou nos dias 22 e 23 de fevereiro, o I Encontro Pedagógico, que reuniu todos os integrantes da equipe. A abertura do evento, que teve como tema central "A importância da saúde mental e alinhamento pedagógico no ambiente organizacional", contou com a participação do presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac, Marcos Andrade, e do diretor Regional do Senac, Marcos Sales. 

“Tivemos no início deste mês a Jornada Pedagógica, que foi avaliada por todos que participaram, como excelente. Ficamos muito gratos com esse resultado e satisfeitos por vocês, aqui de Tobias Barreto, estarem agora realizando este encontro, para juntos alinharem as ações pedagógicas. Queremos superar todas as metas estabelecidas para este ano e avançar, inovando, acolhendo as pessoas e transformando a vida delas”, destacou Marcos Sales. 

O presidente Marcos Andrade, que é natural de Tobias Barreto, destacou a alegria de ver a equipe reunida, dialogando sobre a importância do trabalho em conjunto. 

“Temos uma história aqui no Senac de Tobias Barreto, onde fui professor, e depois na unidade de Aracaju, onde fiz o curso de Rádio e TV. E agora, como presidente, o nosso desafio é modernizar a unidade. Já garantimos a construção de uma nova sede, do Senac e do Sesc, onde teremos uma escola profissionalizante. A nossa pretensão é gerar 500 vagas para alunos do 6º ano até o ensino médio, através do Sesc, e os que quiserem se profissionalizar, após concluírem o fundamental, farão o profissionalizante no Senac. Avançamos em 2023 e com o apoio de vocês, vamos crescer mais ainda, pois onde levamos os cursos e o nome do Senac, estamos levando excelência, com qualificações e capacitações reconhecidas pelo MEC. Como presidente, queremos ser o melhor para as nossas entidades. A minha mensagem é: faça além do comum, porque o normal todo mundo faz”. 

Durante os dois dias foram realizadas palestras e dinâmicas de grupo com o objetivo de alcançar as metas pedagógicas definidas para 2024. A gerente do NDIE, Cristiane Tavares falou sobre a importância da inteligência emocional no desenvolvimento de competências. 

“É preciso unir os conhecimentos, que é o saber, com as habilidades, que é o saber fazer, com as atitudes, que é o querer fazer. Não basta apenas ter a formação, mas também a experiência, o domínio teórico para ter atitudes compatíveis com as atribuições que o cargo exige”, destacou, convidando a todos a para a dinâmica da Roda da Vida, na qual cada um pontuou como se sente e se cuida em diversos aspectos da vida. “É preciso ter equilíbrio entre todos esses aspectos”. 

Ela destacou ainda que é necessário estar se atualizando constantemente para enfrentar os desafios que surgirem. “Temos que estar sempre nos renovando, isso faz parte do compromisso de quem educa. Para ensinar é preciso primeiro aprender, e assim oferecer um serviço cada vez melhor para os alunos. Estamos sempre em busca de novidades, com foco na aprendizagem, por que se o aluno não aprendeu será que teve ensino?”. 

A analista Sílvia Conceição retomou o encontro, à tarde, convidando a todos para uma dinâmica de integração, mostrando o quanto é importante a vivência entre todos, inclusive para manter a saúde mental, no ambiente do trabalho. 

“Todos passamos estresses, mas não devemos deixar que se tornem problemas que afetem o dia a dia e comprometam a saúde mental e física. Existem alguns fatores de risco que devem ser observados, como os abusos sofridos em casa e as relações disfuncionais que podem desencadear outros problemas, como o uso excessivo de álcool e outras drogas, ou simplesmente afetam o sono, tão necessário para preservar a nossa saúde mental. É preciso estar atento aos sinais e tratar”. 

O segundo dia do encontro foi dedicado ao debate sobre o Modelo Pedagógico Senac (MPS), com o alinhamento de ações a serem desenvolvidas este ano. 

“No primeiro dia, tivemos momentos de aprendizado, interdisciplinaridade e práticas de vivência muito importantes, sobre a inteligência emocional e a saúde mental no ambiente de trabalho. No segundo dia, demos sequência com um treinamento sobre o Modelo Pedagógico Senac, os documentos e as normas, dedicamos de fato ao alinhamento pedagógico que nós precisamos, que nós planejamos”, enfatizou a analista educacional, Mayara Silva Souza. 

O I Encontro Pedagógico do Centro de Educação Profissional Josafá Ribeiro de Almeida, trouxe ainda para discussão o levantamento feito ao longo dos últimos três anos pela gerente da unidade, Eline Barreto. 

“A partir desse levantamento, e da última Jornada Pedagógica do Senac, pensamos em propor um momento em que pudéssemos reunir toda a equipe e trabalhar um pouco fora do nosso cotidiano, abordando temas relevantes como saúde mental, condução diária na sala de aula. Foram momentos de partilha, troca de conhecimento e reflexão, de preparação para encarar 2024 de forma mais leve e com o olhar da inclusão, dentro do ambiente educacional. No segundo dia, enfatizamos o alinhamento pedagógico, a preparação dos projetos integradores para que possamos alcançar nossas metas, oferecendo sempre o melhor para os nossos alunos”, ressaltou Eline Barreto.

“Participar deste encontro foi uma experiência incrível. Depois da jornada, agora o nosso encontro pedagógico para unir toda a equipe no propósito de alinhar todo o planejamento pedagógico. O que estou aprendendo, aplicarei em sala de aula, inclusive sobre a importância de preservar a saúde mental, e também levarei para a minha vida pessoal. Foi um encontro proveitoso”, destacou a instrutora do CEP Tobias Barreto, Tainah Santos.

“O encontro fortaleceu essa prática de coletividade e eu defendo que sejam realizados dois por ano. Quando nos sentamos todos juntos, ouvimos os demais instrutores e percebemos os problemas que enfrentamos em sala de aula, debatemos como resolver e melhorar o ambiente pedagógico. Precisamos deste amparo para termos inteligência emocional e manter a saúde mental para atuar junto aos alunos, em sala de aula. O tema escolhido foi excelente”, finalizou o instrutor de educação profissional, Orestes Cruz.

O Sistema S do Comércio é composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio em Sergipe. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

Senac SE


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc api.clevernt.com/3ed9a8eb-1593-11ee-9cb4-cabfa2a5a2de/ google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc UA-190019291-1 google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc