Tragédia: Adolescente mata família no interior de São Paulo

Ele ligou para a Polícia e confessou o crime

Redação, 20 de Maio , 2024
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na noite deste último domingo (19), um adolescente de Jundiaí (SP) ligou para a Polícia Militar e confessou ter assassinado sua família. Segundo o depoimento do jovem, ele utilizou a arma de seu pai, Isac Tavares Santos, que é Guarda Municipal na cidade.

De acordo com o relato do adolescente, que é filho adotivo, o crime foi motivado após seus pais o terem chamado de "vagabundo" e retirado seu celular, que seria usado em uma apresentação escolar. Sentindo-se injustiçado, ele furtou a arma do pai, testou-a e planejou os homicídios.

O jovem relatou que primeiro matou o pai, Isac, após ele ter retornado de buscar a filha na escola. O barulho dos tiros chamou a atenção da irmã, Letícia Gomes Santos, de 16 anos, que foi morta em seguida.

Horas depois, a mãe, Solange Aparecida Gomes, de 50 anos, chegou em casa e encontrou o marido caído na cozinha. Ao se virar, também foi baleada pelo filho, morrendo no local. No dia seguinte, o adolescente ainda colocou uma faca no corpo da mãe.

Após cometer os crimes, o jovem seguiu sua rotina normalmente. Ele foi à academia e fez compras em uma padaria, tentando manter a aparência de normalidade. A arma utilizada nos assassinatos foi encontrada na cena do crime, junto com os corpos das vítimas.

O caso foi registrado como ato infracional por homicídio, feminicídio, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e vilipêndio de cadáver. A comunidade de Jundiaí está chocada com a tragédia, e as investigações continuam para esclarecer todos os detalhes do caso.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT