Prefeitura de Itabaiana lançará aplicativo inovador para proteger mulheres em situação de risco de violência doméstica

Redação, 28 de Maio , 2024 - Atualizado em 28 de Maio, 2024

O município de Itabaiana dará mais um grande passo em direção à proteção da mulher. Na tarde desta segunda-feira, 27, o prefeito Adailton Sousa participou de uma reunião com a Coordenadora da Coordenadoria da Mulher, a Juíza de Direito Dra. Jumara Porto Pinheiro, para alinhar os últimos detalhes para a assinatura do convênio com o sistema SOS Maria da Penha.

 

Disponível para os sistemas IOS e Android, o aplicativo oferece uma gama de recursos projetados para garantir a segurança e o suporte necessário às mulheres em situação de violência física, moral, patrimonial, psicológica ou sexual. O aplicativo foi desenvolvido em parceria com a empresa de tecnologia 3Tecnos, destinada a fornecer praticidade e ampliar a capacidade de monitoramento das vítimas.

O acesso à ferramenta é simples: basta baixá-la na loja de aplicativos do celular e realizar um cadastro, informando dados pessoais básicos, como nome completo, CPF, data de nascimento, e-mail, número de telefone e endereço residencial, além de criar uma senha segura.

Uma vez dentro da plataforma, as usuárias têm à disposição diversas funcionalidades essenciais. Elas podem solicitar a presença de um guardião pressionando o botão de emergência, bem como conversar de forma segura e sigilosa através do chat, receber apoio, acessar podcasts relacionados ao tema e muito mais. O aplicativo também oferece orientações sobre como solicitar medidas protetivas, detalhando todo o processo e indicando a delegacia mais próxima da vítima.

Outro aspecto crucial é a possibilidade de realizar denúncias diretamente pelo aplicativo. Com apenas alguns cliques na opção “Denúncia”, as usuárias podem relatar o ocorrido de forma anônima, protegendo sua identidade. É importante fornecer detalhes precisos da ocorrência, incluindo data, horário e quaisquer provas disponíveis, o que agiliza a resposta da equipe que terá acesso aos dados e à localização em tempo real da vítima.

Ele funcionará em conjunto com outras políticas públicas de proteção à mulher, como a Patrulha Maria da Penha, da Guarda Municipal, e com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram).

Por: Secom Itabaiana


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT