Empresa dá calote de R$ 380 mil em 60 formandos

Redação, 14 de Janeiro, 2020

Faltando apenas quatro dias para iniciar a tão desejada formatura, cerca de 60 formandos do curso de Direito procuraram nesta terça-feira, 14, a 1ª Delegacia de Polícia Metropolitana para prestarem um boletim de ocorrência (B.O) contra a empresa contratada para organizar a festa. Ao todo, a comissão de formatura alega que foram pagos R$ 380 mil a empresa.

Os estudantes descobriram, às vésperas do desejado sonho, que empresa KGB não pagou os fornecedores inviabilizando a realização das celebrações que iniciariam na próxima segunda-feira, 20. A empresa contratada seria responsável pela organização da missa, do culto ecumênico, aula da saudade, a colação de grau e o baile de formatura.

A representante da comissão dos formandos, Luciana Costa, chegou a ser encaminhada ao hospital junto com sua mãe ao ter ciência da ocorrência. Segundo a formanda, o calote transcende a questão financeira. “Não é só o dinheiro, é um sonho que a empresa tirou de todo nossa família. Tem uma formanda que vem 40 pessoas de Recife, já estão com a passagem comprada, não tem como cancelar. Queremos nossa formatura, só que até agora nada”.

O que você está buscando?