Existe um “preconceito velado” contra candidaturas femininas em Aracaju

Habacuque, 23 de Setembro, 2020 - Atualizado em 23 de Setembro, 2020

Aracaju terá três candidatas mulheres para a disputa pelo comando da Prefeitura Municipal na eleição de 2020 contra oito postulantes masculinos. É bem verdade que, apesar de ainda desigual, percebemos que a própria mudança na legislação tem incentivado uma participação maior da mulher na política. Contudo, há de se reconhecer também a existência de uma espécie de “preconceito velado”, “arraigado”, um pensamento, inclusive, ultrapassado para os dias atuais, contra as candidaturas femininas na capital.

Para alguns setores dentro da própria política, inclusive da imprensa, as delegadas de polícia, Danielle Garcia (Cidadania) e Georlize Teles (DEM) talvez não estejam preparadas para comandarem a Prefeitura de Aracaju; talvez por não acreditarem que a também candidata Gilvani Santos (PSTU) possua densidade eleitoral para vencer a eleição, apenas a colocam em “esquecimento”. A sensação é que, para estas pessoas, a cidade deve continuar sendo gerida por um homem que, supostamente, teria mais “competência” para resolver os problemas.

Mas após todos esses anos, nem mesmo os “homens” conseguiram mudar a realidade de Aracaju, transformá-la em uma cidade moderna e preparada para o futuro. Nos últimos 20 anos, em especial, ela cresceu sim, mas de forma desordenada, sem qualquer planejamento, com um plano diretor cuja revisão, se a Justiça não tivesse intervindo, era o “sonho de consumo” das empresas da construção civil. Era uma grande “manipulação”, que felizmente foi “travada” em um passado recente e que, até hoje em dia, jamais voltou à pauta...

Por mais que esses mesmos setores não se manifestem, não digam o que realmente pensam, publicamente, quem conhece os bastidores da política percebe esse “ranço”; sobre Danielle e Georlize, especialmente, avaliam que elas são “bem intencionadas”, “fichas-limpas”, “se destacaram em suas funções”, “mas, não são políticas”, “não conhecem os problemas da cidade”. Justiça seja feita, tem muito “homem” que diz conhecer as dificuldades do aracajuano e que nunca fez nada para transformar esta realidade...

Esse mesmo “preconceito velado” existia com a vereadora Emília Corrêa (Patriota), que recuou do projeto de disputar a Prefeitura de Aracaju para tentar a reeleição na Câmara Municipal, em sintonia com os demais membros de seu partido. Até sobre a forma de Emília reivindicar, se manifestar em relação ao poder público, pela forma incisiva que cobrava do prefeito de Aracaju, até o jeito de falar era criticado por aqueles que parecem não aceitar, não entender ou concordar que uma mulher pode sim recolocar Aracaju na rota do desenvolvimento!

Quando pensou em escrever este comentário, este colunista parou e refletiu: “em que tempo estamos”? “será que a sociedade lá fora, também não evoluiu, como esses setores da política e da imprensa”? A resposta destes questionamentos nós teremos durante a campanha eleitoral que se aproxima; e caso uma “mulher” não seja eleita prefeita de Aracaju, fica desde já a torcida para que, pelo menos, esse “preconceito velado” e esses “conceitos antigos” sejam superados! Existem sim, homens preparados, mas isso não tem relação com “cor” e nem “gênero”! Quem discorda é por pura ignorância...

 

Veja essa!

Os deputados estaduais se reúnem, ainda em ambiente misto por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), nesta quinta-feira (24), quando irão apreciar o decreto do governador Belivaldo Chagas (PSD) de intervenção estadual no Município de Canindé de São Francisco, em cumprimento à decisão do Poder Judiciário.

 

E essa!

Coube ao governador indicar para gerir a cidade até o dia 31 de dezembro o economista Edgar Simeão da Motta Neto, com passagens por diversos órgãos públicos, mais recentemente pela própria Assembleia Legislativa e pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Os deputados estaduais vão apreciar e votar se aprovam ou não o processo de intervenção estadual na Prefeitura de Canindé do São Francisco.

 

Alô Canindé!

A intervenção atende a um pedido do Ministério Público de Sergipe, pelo prazo de 180 dias, acatado de forma unânime pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). A Representação foi formulada pelo procurador-geral de Justiça Eduardo Barreto d’Avila Fontes, no final do ano passado, após identificados transtornos de ordem fiscal, contábil, administrativa, funcional e operacional na Administração Pública do município.

 

Olha a faca!

Na manhã do domingo (20), um homem tentou esfaquear uma mulher na feira do Bugio, durante forte discussão. Graças a intervenção do vereador de Aracaju, Seu Marcos (PDT), felizmente o pior não ocorreu. Mais um lamentável registro de violência contra a mulher. Parabéns ao parlamentar pela coragem e pelo gesto que amenizou o conflito e salvou vidas.

 

Olha a PF aí!

A Polícia Federal deflagrou nessa quarta-feira (23) a 75ª Fase da Operação Lava Jato, “batizada” como “Operação BOEMAN”. Cerca de 50 policiais federais estão cumprindo 25 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo e em Sergipe. Além disso foram expedidas ordens para bloqueio de valores até o limite dos prejuízos identificados até o momento.

 

Delação premiada

As medidas, requeridas pelo Ministério Público Federal, são decorrentes do acordo de colaboração premiada de lobistas que atuavam junto a funcionários da PETROBRAS e agentes políticos com influência na estatal, realizado junto ao MPF. Segundo relatos e provas apresentadas por esses colaboradores, teriam sido praticados crimes de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro durante o processo bilionário de contratação pela PETROBRAS do fornecimento de navios lançadores de linha (PLSV). 

 

Informações privilegiadas

Durante a apuração, verificou-se que a um dos investigados coube a obtenção indevida de informações privilegiadas junto a setores técnicos da PETROBRAS para a formulação das propostas vencedoras do certame licitatório. Por outro lado, aos colaboradores recaiu o encargo de garantir, por meio de contatos políticos, que as empresas estrangeiras viessem a ser incluídas no processo competitivo.

 

Holandeses investigando

Paralelamente às investigações, obtiveram-se, através de cooperação jurídica internacional, informações de que autoridades holandesas também conduziam investigações de fatos que teriam também origem nas ilicitudes perpetradas para o fornecimento dos navios lançadores de linha (PLSV). As empresas estrangeiras vencedoras da licitação, posteriormente, subcontrataram uma companhia holandesa para execução do serviço licitado, a qual era representada por um dos empresários brasileiros investigado, e que, em virtude dos acertos espúrios, também realizou pagamentos ilícitos aos envolvidos.

 

“Bicho-Papão”

As medidas judiciais cumpridas na presente data buscam, dentre outros objetivos, fazer cessar a atividade delitiva, aprofundar o rastreamento dos recursos de origem criminosa (propina) e a conclusão da investigação policial em todas as suas circunstâncias, inclusive com autorização para compartilhamento dos seus resultados com as autoridades da Holanda. A investigação policial recebeu o nome de OPERAÇÃO BOEMAN, cuja etimologia se refere à criatura mítica da Holanda popularmente conhecida como “bicho-papão”.

 

Bomba!

Em Sergipe, foram dois mandados de busca e apreensão: um em Aracaju e outro na Barra dos Coqueiros. Um deles nos escritórios da Celse (Centrais Elétricas de Sergipe), mas a empresa não possui nenhuma relação com os fatos investigados. Ela só foi alvo porque um dos investigados é conselheiro dessa empresa e queriam ter acesso aos computadores dele.

 

A turma se treme...

Quando amanhece para um novo dia e estoura, em Sergipe, qualquer Operação Policial, em especial quando se trata da Polícia Federal, tem uma “turma” por aqui que se “treme” toda! É um desespero sem fim! As pessoas precisam se conscientizar que “os tempos são outros” e que tem muita gente na “mira”, que “brincou durante a pandemia” e que breve pode receber essas “visitas ilustres”. É colocar café no bule...

 

Exclusiva!

Um político de Sergipe com mandato, que não honrou e nem pagou ainda os compromissos firmados e deixados da eleição de 2018, está disposto a disputar o comando de uma Prefeitura Municipal. Só que este colunista recebeu uma informação que, quem ficou no prejuízo no passado recente, não está gostando nem um pouco dos “novos projetos” e avisa: já está emitindo a fatura! Quem “bate” pode até esquecer, mas quem “apanha”, não esquece nunca...

 

Olho neles!

Na próxima coluna este jornalista trará o “desenho” de uma articulação, em uma prefeitura do interior, que passa por uma autoridade do judiciário, que envolve recursos públicos e que, se cair no ouvido das pessoas certas, podemos ter uma “megaoperação” em Sergipe. Detalhe: alguns dos “envolvidos” nessa “trama” já estão sendo devidamente monitorados...

 

Errata

Este colunista cometeu um erro grosseiro, semana passada, quando errou o nome do candidato a vice-prefeito de Aracaju pelo DEM: trata-se do coronel Péricles, da Polícia Militar, que vem ao lado da candidata Georlize Teles. Foi dito aqui que era o Coronel Anselmo! A coluna não só reconhece, como desfaz o equívoco e pede desculpas aos citados.

 

Sucessão 2022

Segundo a pesquisa recente do PODER 360, mesmo sob fortes ataques da “grande mídia” e de setores da oposição desde Março, Bolsonaro lidera todos os cenários para a sucessão em 2022, só não teria “folga” contra o ex-presidente Lula, processado, condenado e completamente inelegível, ou seja, fora de combate.

 

Pesquisa I

Segundo a pesquisa realizada pelo PoderData, Bolsonaro lidera com 35% das intenções de voto contra 21% do ex-presidente Lula; o ex-ministro Sérgio Moro foi citado por 11% dos entrevistados; outros 11% votariam nulo ou em branco. A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 16 de setembro, com 2,5 mil entrevistas em 459 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Pesquisa II

Repetindo o embate de 2018 contra o petista Fernando Haddad, em um segundo turno, Bolsonaro venceria com 45% contra 38%; em um confronto com Moro o presidente segue na frente com 40% contra 37%; contra Ciro Gomes (PDT), Bolsonaro venceria mais fácil com 48% a 33%; e contra o tucano João Dória outra vitória do presidente: 45% a 32%.

 

Só discurso, não!

Agora não quer dizer que só o fato do candidato falar que “é ligado ou apoiador” de Bolsonaro vai decidir a eleição. É preciso convencer ao eleitor que aquele nome poderá atrair investimentos e recursos federais em monta em benefício dos aracajuanos. Só o discurso não basta! Tem que convencer...

 

Edvaldo não foi

Não custa lembrar que, em recente visita do presidente da República a Sergipe, quando uma multidão o aguardava no aeroporto de Aracaju, e quando o governador Belivaldo Chagas (PSD) reconheceu seu apoio e compromisso com Sergipe, Edvaldo foi “partidário” e perdeu mais uma chance de buscar uma parceria administrativa com o governo federal. Ou se “escondeu” ou sua “agenda de compromissos estava cheia”...

 

Fundação Renascer

Denúncia que chega do sindicato dos servidores da Fundação Renascer revela que o órgão está servindo de “acomodação” para os parentes e aliados do presidente Wellington Mangueira. Segundo os denunciantes é nítida uma certa “dissimulação” do comandante que, quando acuado, traz à tona a velha história de “perseguição ao regime comunista”, uma “prosa” que nem os mais próximos suportam escutar...

 

Galeguinho, galeguinho...

Segundo um dos denunciantes, o presidente da Fundação vem desde 1986 mantém esse discurso “melancólico e oportunista” e “se beneficiando da máquina pública”, tanto que saindo do discurso e entrando na prática, ser exercer mandato, sua folha de pagamento (cheia de apadrinhados) faz inveja a qualquer político com expressão e densidade eleitoral. “Quem trabalha lá, é tratado a pão e água; já a turma do dendê e os familiares de Wellington Mangueira são regados a pão de ló!”. Com a palavra a Fundação, os órgãos fiscalizadores e até o “galeguinho” Belivaldo Chagas...

 

Alô Aquidabã!

Chega a informação que um servidor do município de Aquidabã, representado essa semana junto a um órgão fiscalizador do Estado, com seus interesses contrariados, começou a fazer “exigências enérgicas”, esquecendo das “demandas e propostas” feitas, pessoalmente e através do telefone, coisas nada recomendáveis, inclusive porque estamos tratando de recursos públicos. Em breve, cenas dos próximos capítulos...

 

Alô Laranjeiras!

Mesmo diante da concentração de forças para a disputa da prefeitura de Laranjeiras, sem muitos recursos, mas com respaldo popular e o discurso de mudança, Zé Budega (Cidadania) não só foi confirmado como candidato a prefeito, como também se diz disposto a levar seu projeto adiante. Tem ficado bem colocado nos levantamentos realizados e prometer que será a “surpresa” dessa eleição. É esperar para ver...

 

Alô Indiaroba I

Em atendimento a pedido de medidas cautelares formulado pelo Ministério Público de Sergipe, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o Poder Judiciário determinou a suspensão do exercício da função pública, com o consequente afastamento do cargo, do prefeito do Município de Indiaroba. O Gaeco notificou pessoalmente o gestor da decisão nessa terça-feira (22).

 

Alô Indiaroba II

O prefeito e as empresas All Serv Empreendimentos e Serviços Ltda, WMC Empreendimentos Ltda, Universal Service Ltda e Ramac Empreendimentos Ltda são investigados em procedimento conduzido pela 11ª Procuradoria de Justiça Criminal, com apoio do Gaeco, por supostos desvios de recursos públicos na prestação do serviço de coleta de lixo e limpeza urbana, com dispensa irregular e burla à lei de licitações, causando um prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 5.871.305,04.

 

Acesso proibido

O Judiciário também determinou a proibição de acesso ou frequência, pelo prefeito afastado, à Prefeitura, bem como a qualquer órgão da administração direta, indireta, autárquica ou fundacional do Município, exceto hospitais e postos de saúde, quando precisarem de atendimento; a proibição de manter contato com servidores públicos em atividade no Município, independente do vínculo destes com a Administração, e com os demais investigados;

 

Recolhimento domiciliar noturno

Também foi determinado o comparecimento mensal ao Juízo, até o 5º dia útil, para informar e justificar as atividades, até o final da instrução processual; e o recolhimento domiciliar no período noturno, a partir das 21 horas, nos dias úteis, e nos finais de semana e feriados o dia todo, até a conclusão da futura ação penal. Em julho, o Gaeco deflagrou a “Operação Divisa” e cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços residenciais, empresariais e de órgãos públicos em Indiaroba e em outros Municípios de Sergipe e da Bahia.

 

Maria Mendonça I

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) participou da sessão mista da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (22), quando anunciou que protocolou uma indicação ao governo do Estado no sentido que adote as providências necessárias para estruturação do Batalhão do Corpo de Bombeiros do município de Itabaiana. A parlamentar explicou que a unidade é responsável pela cobertura de 20 municípios sergipanos e que é carente de efetivo e de equipamentos.

 

Maria Mendonça II

A parlamentar lembrou que o Batalhão em questão faz a cobertura dos municípios desde Canindé do São Francisco até Itabaiana. Ela lembrou do incêndio registrado em uma loja de móveis, em seu município, semana passada. “Tivemos um incêndio de grandes proporções, infelizmente, e o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado, mas só chegou uma hora depois, porque se encontrava em Canindé. E quando a equipe chegou não tinha a estrutura necessária e só depois de oito horas que conseguiram debelar o incêndio”.

 

Risco de incêndio

Maria Mendonça externou ainda a preocupação dos demais comerciantes do centro comercial de Itabaiana que estavam preocupados com o risco de mais focos de incêndio se proliferarem. “Com o pequeno contingente infelizmente a loja ficou totalmente destruída. Graças a Deus que não atingiu as demais lojas vizinhas. A gente sabe que nós temos 10 ou 11 postos de gasolina instalados na nossa cidade, várias fábricas de carrocerias que exportam por todo o Brasil, temos um Distrito Industrial e um comércio pujante com tantas lojas e produtos inflamáveis, mas precisamos resolver isso porque a população fica submetida a essa falta de estrutura”.

 

Sem estrutura

Por fim, a deputada lamentou que o município não tem uma escada magirus e que Itabaiana possui vários prédios com cinco andares e que, em caso de um grande incêndio, vai ser muito difícil promover a evacuação ou salvar vidas. “A gente espera que o governo priorize essa situação que é muito delicada. Estamos falando de um batalhão que cobre 20 municípios”, disse, lembrando que apresentou uma indicação chamando 130 profissionais aprovados no concurso de bombeiros e defendendo a necessidade de garantir tranquilidade para a população.

 

Rodrigo Valadares

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) participou da sessão mista da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (22), quando anunciou que protocolou um projeto de lei na Casa com o objetivo de proteger ainda mais as famílias e crianças vítimas da violência sexual, criando um Cadastro Público de Pedófilos. “Precisamos proteger o ambiente familiar e saber com quem estamos convivendo. Existe um projeto de lei semelhante em São Paulo e queremos nos basear nele para que seja aprovado aqui em Sergipe também.

 

Alese I

Os deputados estaduais voltam a se reunir, em ambiente misto, na manhã desta quarta-feira (23) em mais uma sessão remota, por conta do novo coronavírus (COVID-19). Na tarde dessa terça-feira (22), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), em entendimento entre os líderes da situação e da oposição, definiu a pauta de votação para a sessão deliberativa.

 

Alese II

Durante a sessão desta quarta-feira os parlamentares vão apreciar e votar uma Moção de Aplausos de autoria da deputada Maria Mendonça (PSDB) aos que integram a Polícia Militar de Sergipe, por intermédio do Coronel Marcony Cabral Santos, Comandante Geral, pela técnica e o empenho demonstrados durante a ocorrência realizada por alguns integrantes do Cavaleiros de Aço do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam), dia 30 de julho do ano em curso, no centro da capital sergipana.

 

Alese III

Também de autoria de Maria Mendonça será apreciada uma Moção de Apelo à bancada sergipana no Congresso Nacional, por intermédio do seu coordenador, o deputado federal Fábio Reis, requerendo que a mesma rejeite a Medida Provisória n. 995, que foi publicada no dia 7 de agosto de 2020.

 

Doutor Samuel

De autoria do deputado Doutor Samuel (Cidadania) será apreciada uma Moção de Apelo ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para que tome as medidas necessárias para a votação e aprovação do projeto de lei 6.407/13 que dispõe sobre medidas para fomentar a indústria de gás natural e altera a lei nº 11.909, de 4 de março de 2009.

 

Luciano Bispo

E de autoria do deputado e presidente Luciano Bispo (MDB) será apreciada uma Moção de Apoio ao projeto de lei da câmara nº 72/2012 (projeto de lei nº 4.261/2004, na casa de origem), de autoria da deputada federal Gorete Pereira, que “inclui os profissionais fisioterapeuta e terapeuta ocupacional no programa saúde da família – PSF”.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com  e habacuquevillacorte@hotmail. com

O que você está buscando?

google.com, pub-6631948018904522, DIRECT, f08c47fec0942fa0