Novo tratamento pretende transformar covid-19 em resfriado forte

Jose Costa, 20 de Janeiro , 2021

Pesquisadores do Instituto Butantan estão desenvolvendo uma vacina de cheirar contra pneumonia.

 

Pneumonias diferentes

 

Um dado que já ficou claro nesse quase um ano de luta contra a pandemia é que a pneumonia da covid-19 é significativamente diferente da pneumonia causada por outras causas.

 

Em vez de infectar rapidamente grandes regiões do pulmão, o vírus SARS-CoV-2 se instala em várias pequenas áreas do pulmão. Em seguida, ele sequestra as próprias células imunológicas dos pulmões e as usa para se espalhar por todo o pulmão, durante um período de alguns dias ou até semanas, como vários incêndios florestais menores se espalhando por uma floresta.

 

À medida que a infecção se move lentamente pelo pulmão, ela deixa danos em seu rastro e continuamente alimenta a febre, baixa pressão sanguínea e danos aos rins, cérebro, coração e outros órgãos dos pacientes com covid-19.

 

Transformar a covid-19 em resfriado forte

 

As complicações graves da covid-19, em comparação com outras pneumonias, parecem estar relacionadas justamente a esse longo curso da doença, em contraposição a uma doença mais aguda.

 

A boa notícia é que um grupo de cientistas da Universidade Northwestern (EUA) acaba de descobrir um alvo para o tratamento da pneumonia da covid-19, e um alvo tão promissor que eles já iniciaram um ensaio clínico para avaliar o tratamento.

 

"Nosso objetivo é tornar a covid-19 leve, em vez de grave, tornando-a comparável a um forte resfriado," disse o Dr. Scott Budinger, membro da equipe.

 

Impedindo o sequestro do sistema imunológico

 

Ao analisar células imunológicas dos pulmões de pacientes com pneumonia da covid-19 de uma maneira sistemática, os pesquisadores identificaram alvos críticos para diminuir os danos causados ao pulmão.

 

Os alvos são as células imunológicas: Os macrófagos e as células T. O estudo sugere que os macrófagos - células normalmente encarregadas de proteger o pulmão - podem ser infectados pelo SARS-CoV-2 e podem contribuir para disseminar a infecção pelo pulmão.

 

 

Eles então desenvolveram uma droga experimental para tratar esses alvos. A droga, que já começou a ser testada, "acalma" a resposta inflamatória dessas células do sistema imunológico, permitindo assim o início do processo de reparo no pulmão lesado.

 

Convivendo com a covid-19

 

A análise da equipe, e de vários outros especialistas, é que é muito improvável que a covid-19 desapareça, mesmo que grande parte da população seja vacinada.

 

Em vez disso, a doença deverá se transformar em "endêmica", o que significa que ela estará presente entre a população. Contudo, conforme mais pessoas desenvolvem imunidade mais cedo na vida, será cada vez mais improvável que ela atinja estágios graves, como se vê agora durante a pandemia.

 

"Os pesquisadores da Universidade Northwestern e de outros lugares já estão prevendo mecanismos pelos quais esse vírus de RNA, que sofre mutação rapidamente, escapará das vacinas atuais. Este estudo nos ajudará a desenvolver tratamentos para reduzir a gravidade do covid-19 naqueles que a desenvolverem," disse Dr. Ben Singer, coordenador da equipe.

 

Checagem com artigo científico:

 

Artigo: Circuits between infected macrophages and T cells in SARS-CoV-2 pneumonia

Autores: Rogan A. Grant, Luisa Morales-Nebreda, Nikolay S. Markov, Suchitra Swaminathan, Melissa Querrey, Estefany R. Guzman, Darryl A. Abbott, Helen K. Donnelly, Alvaro Donayre, Isaac A. Goldberg, Zasu M. Klug, Nicole Borkowski, Ziyan Lu, Hermon Kihshen, Yuliya Politanska, Lango Sichizya, Mengjia Kang, Ali Shilatifard, Chao Qi, Jon W. Lomasney, A. Christine Argento, Jacqueline M. Kruser, Elizabeth S. Malsin, Chiagozie O. Pickens, Sean B. Smith, James M. Walter, Anna E. Pawlowski, Daniel Schneider, Prasanth Nannapaneni, Hiam Abdala-Valencia, Ankit Bharat, Cara J. Gottardi, G. R. Scott Budinger, Alexander V. Misharin, Benjamin D. Singer, Richard G. Wunderink

Publicação: Nature

DOI: 10.1038/s41586-020-03148-w

 

Fonte: https://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=novo-tratamento-pretende-transformar-covid-19-resfriado-forte&id=14522 - Redação do Diário da Saúde - Imagem: Tumisu/Pixabay

O que você está buscando?