Por unanimidade, Supremo mantém prisão inafiançável do deputado Daniel Silveira

Redação, 17 de Fevereiro , 2021 - Atualizado em 17 de Fevereiro, 2021

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17), por unanimidade, manter a decisão do ministro Alexandre de Moraes que determinou a prisão em flagrante e por crime inafiançável do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).
 
A prisão foi determinada na noite desta terça (16), depois que Silveira, investigado por participação em atos antidemocráticos, divulgou um vídeo com discurso de ódioatacando ministros do Supremo e no qual faz apologia do AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar (leia mais abaixo).

Por: Globo.com

O que você está buscando?