Polícia Civil elucida roubo a motorista de aplicativo e prende autor do crime

Redação, 23 de Fevereiro , 2021

A Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) elucidou o roubo praticado contra um motorista de aplicativo que ocorreu no dia 7 de janeiro, na região do bairro Jardins, na Zona Sul de Aracaju. O veículo foi recuperado dias após o crime no conjunto Marcos Freire, em Nossa Senhora do Socorro. Nessa segunda-feira, 22, um dos autores da investida criminosa foi preso e o segundo envolvido no roubo do veículo também já foi identificado pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado Kassio Viana, dois homens armados surpreenderam o motorista de aplicativo no momento em que ele estava estacionado próximo a uma escola particular da localidade. “Os dois homens anunciaram o assalto com arma de fogo e o veículo foi roubado. No dia 10 de janeiro recuperamos o veículo. As investigações também buscaram a identificação dos autores do crime, com a divulgação de imagens veiculadas na imprensa”, detalhou.

Diante das imagens, ainda conforme o delegado, a Polícia Civil recebeu informações por meio do Disque-Denúncia. “Recebemos a informação de quem teria sido o autor, tendo a compatibilidade entre as imagens e o autor do roubo. Focamos a investigação nessa autoria. O autor já tinha sido preso duas vezes, todas elas com arma de fogo. Conseguimos outras provas materiais, que não deixam dúvidas quanto à autoria do crime”, complementou Kassio Viana.

O procedimento investigativo também chegou à identidade do segundo envolvido no roubo do veículo do motorista de aplicativo. "Identificamos o segundo suspeito que participou do roubo, também reconhecido pela vítima. Pedimos a prisão temporária de ambos. Nessa segunda-feira, 22, conseguimos cumprir o mandado de prisão de um deles. Depois de preso, ele preferiu se manter em silêncio e falar apenas em juízo. Nós temos provas materiais, colhidas no veículo, que vinculam a ele a prática criminosa, além das imagens e do reconhecimento da vítima”, ressaltou o delegado.

A Polícia Civil também reitera que a população pode contribuir com a prisão de suspeitos de crimes e a elucidação de ações criminosas. Informações e denúncias sobre práticas delitivas podem ser repassadas à Polícia Civil por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181. A ligação é anônima e o sigilo do denunciante é garantido.

Fonte: SSP/SE

O que você está buscando?