André Moura fala ao Portal 93 Notícias do trabalho político que realizou e adia conversas sobre o futuro para 2022

Redação, 30 de Março , 2021

Na noite desta segunda-feira, 29, o presidente estadual do PSC, André Moura, participou de entrevista do Portal 93 Notícias, no quadro Live de Segunda, com um apanhado de questionamentos sobre sua vida pública desde o início, passando pelas leis que conseguiu elaborar no Legislativo Federal, até os recursos que ainda continuam a chegar nos municípios sergipanos.

O facilitador da entrevista, Danilo Cardoso, relembrou que André foi um destaque político quando administrou o município de Pirambu por dois mandatos consecutivos, ainda quando jovem, e saiu do Executivo pirambuense com 86% de aprovação, deixando a cidade como referência em turismo tanto no cenário sergipano quanto no nacional.

Voltando o tema para as ações mais recentes de André, o jornalista também questionou os recursos viabilizados para os municípios sergipanos, sobretudo Aracaju com obras em diversos bairros. "O prefeito Edvaldo Nogueira está executando, com os recursos que consegui viabilizar após nossa parceria administrativa em 2017, obras estruturais, pavimentação e drenagem de locais com problemas históricos, a exemplo do Japãozinho e do Santa Maria.

André falou ainda sobre outros locais. "A avenida Euclides Figueiredo, por exemplo, já não tem mais alagamentos. E além disso, os diversos corredores viários já melhoraram o trânsito de nossa capital".

Danilo relembrou também a liberação de trechos da BR-101, que iniciou a duplicação há mais de 20 anos. "Vários trechos foram duplicados depois de décadas se arrastando; a ponte que liga Sergipe e Alagoas, inaugurada há pouco tempo pelo presidente Jair Bolsonaro, tudo foi construído com recursos que obtivemos junto ao então ministro dos Transportes. Infelizmente, sem articulação política, agora os demais trechos estão parados", explicou André.

Sobre o futuro na política e a "corte" que alguns partidos estão lhe fazendo, visando as eleições estaduais em 2022, André Moura respondeu que, "embora existam conversas, o momento é de focarmos no presente, para vencermos essa segunda onda da COVID-19 e deixar 2022 para 2022", concluiu.

Fonte: AssCom/AM

O que você está buscando?